1. Comissão de Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica do CNS planeja ações para 2020

    A Comissão Intersetorial de Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica (Cictaf), do Conselho Nacional de Saúde (CNS), reuniu-se, na segunda-feira (18/11), com a intenção de definir seu planejamento estratégico para 2020. Na programação, Jorge Bermudez, pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz e membro do Painel de Alto Nível do Secretário-geral das Nações Unidas em Acesso a Medicamentos, discorreu sobre o tema "Apresentação da Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica no contexto atual da saúde pública". O encontro, que também discute as ações realizadas pela comissão entre 2015 e 2018, segue nesta terça-feira.

  2. Mudanças climáticas prejudicam saúde de crianças no mundo

    As mudanças climáticas que o mundo inteiro tem enfrentado já estão prejudicando a saúde de crianças e apontam consequências para toda a vida de uma geração inteira, de acordo com a contagem regressiva da Lancet para a Saúde e Mudanças Climáticas (Lancet Countdown on Health and Climate Change). O estudo – que reúne pesquisas de 35 instituições de abrangência global, incluindo a Fiocruz - foi lançado no Brasil nesta segunda-feira (18/11), durante evento realizado na Universidade de São Paulo (USP). A pesquisadora Sandra Hacon, da Escola Nacional de Saúde Pública, foi co-autora do documento que traz as recomendações políticas para o Brasil.
     

  3. OMS publica nova classificação sobre diabetes

    Em 14 de novembro comemora-se o Dia Mundial do Diabetes. Em 2019, a Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou uma nova classificação revisada da doença. Desde 1965, a OMS atualiza e divulga periodicamente orientações sobre tal classificação, cujo objetivo é esclarecer sobre o atendimento clínico, orientar os profissionais de saúde na escolha de tratamentos adequados no momento do diagnóstico do diabetes e ainda fornece orientações práticas aos médicos quanto a atribuição do tipo de diabetes no momento do diagnóstico. A publicação está disponível na íntegra em inglês, no site da OMS.

  4. ENSP debate o enfrentamento e a resistência diante da crise

    Nos dias 30 e 31 de outubro, o Seminário de Ensino da ENSP abordou a Formação e Avaliação como campos de disputa e resistência. As discussões do primeiro dia do evento trouxeram os desafios da formação em saúde pública num contexto de suspensão dos repasses e cortes de bolsas de estudo. A abertura do seminário foi conduzida pela vice-presidente de Educação Informação e Comunicação da Fiocruz, Cristiani Vieira Machado, pela vice-diretora de Ensino da ENSP, Lúcia Dupret, pelo diretor da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), Hermano Castro, e pela representante docente da turma de 2019/2021 de mestrado em Saúde Pública, Priscilla Vilella.

  5. Laboratório da ENSP é habilitado como Referência Nacional de Tuberculose e Micobacterioses não Tuberculosas

    O Laboratório de Referência Nacional da Tuberculose e de Micobacterioses Angela Maria Werneck, do Centro de Referência Professor Hélio Fraga da ENSP/Fiocruz (CRPHF), recebeu pontuação máxima no edital de Habilitação dos Laboratórios de Referência Nacional (LRN) e Regional (LRR) para a tuberculose (TB) e micobacterioses não tuberculosas (MNT), no âmbito da Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Pública. O primeiro lugar lhe conferiu a certificação de Laboratório de Referência Nacional. 
     

  6. Laboratório da ENSP é habilitado como Referência Nacional de Tuberculose e Micobacterioses não Tuberculosas

    O Laboratório de Referência Nacional da Tuberculose e de Micobacterioses Angela Maria Werneck, do Centro de Referência Professor Hélio Fraga da ENSP/Fiocruz (CRPHF), recebeu pontuação máxima no edital de Habilitação dos Laboratórios de Referência Nacional (LRN) e Regional (LRR) para a tuberculose (TB) e micobacterioses não tuberculosas (MNT), no âmbito da Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Pública. O primeiro lugar lhe conferiu a certificação de Laboratório de Referência Nacional. 
     

  7. Fiocruz promove 1º Encontro de Saúde do Trabalhador

    No próximo dia 8 de novembro, será realizada a abertura do Primeiro Encontro de Saúde do Trabalhador da Fiocruz (1º Fio-Ensat). Toda a comunidade Fiocruz está convidada a participar do debate na mesa temática O Estado brasileiro e a saúde dos trabalhadores da Fiocruz. O evento acontecerá das 9h às 12h, no salão internacional da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz).

  8. Violência armada, políticas de segurança e impactos na saúde será o tema do próximo Ceensp

    O Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos (Ceensp/ENSP), marcado para quarta-feira, 6 de novembro, às 13h30, apresentará o tema Violência armada, políticas de segurança e impactos na saúde. Sob a coordenação da pesquisadora da ENSP, Mayalu Matos da Silva,  a atividade, aberta a todos os interessados, acontecerá no salão internacional da Escola e não necessita de inscrição prévia.