1. Profissionais de saúde são estratégicos para enfrentar violência doméstica

    Trabalhar com profissionais de saúde, considerados recursos estratégicos no enfrentamento da violência doméstica, de modo que eles tenham uma abordagem diferenciada e saibam lidar com esta violência invisível são os objetivos da pesquisa-ação Violência Doméstica e Gravidez de Alto Risco: Qualificando o Atendimento, coordenada pela pesquisadora Karen Giffin (DCS/ENSP) e pela doutoranda Sônia Dantas Berger. O projeto visou gerar conhecimento para elaboração e implantação de um modelo de detecção e acolhimento qualificado para casos de violência doméstica em um hospital de Niterói, no Rio de Janeiro.

  2. Edição de abril do Cadernos de Saúde Pública está disponível na web

    O volume 25 (fascículo 4) do Cadernos de Saúde Pública já está disponível. O editorial trata dos 20 anos do Sistema Único de Saúde e os avanços e desafios para a saúde bucal. O artigo de Revisão é sobre os efeitos do estresse psicológico no aumento da pressão arterial. A publicação conta ainda com artigos de pesquisa sobre os seguintes temas: saúde bucal, saúde da criança e do adolescente, gestão e planejamento, serviços de saúde; saúde mental, doenças transmissíveis, entre outros.

  3. Exposição sobre tuberculose de volta ao Museu da Vida

    Baseada em extensa pesquisa desenvolvida pela Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), com o apoio do Centro de Referência Professor Hélio Fraga/ENSP/Fiocruz, a exposição Imagens da Peste Branca. Memória da Tuberculose, que traça um panorama da doença no Brasil do início do século até hoje, está de volta ao Museu da Vida com entrada franca.