1. Relatório revela aumento de políticas de controle do tabaco que podem salvar vidas

    O último relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a epidemia mundial de tabagismo, publicado na quarta-feira, 19 de julho de 2017, revela um aumento no número de países que implementaram políticas de controle do tabaco, que vão desde proibições de publicidade até áreas livres do fumo. Aproximadamente 4,7 bilhões de pessoas - 63% da população mundial - estão protegidas por ao menos uma medida integral de controle do tabaco, número que quadruplicou desde 2007, quando só um bilhão de pessoas (15% da população mundial) estavam protegidas. As estratégias para aplicar essas ações têm salvado milhões de pessoas de uma morte prematura. No entanto, a indústria do tabaco continua prejudicando os esforços dos governos para implementar plenamente as intervenções de vida e de economia de custos, de acordo com o novo relatório da OMS sobre a epidemia mundial de tabaco 2017.

  2. Roda de Conversa aborda a prevenção de acidentes de trabalho

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) promoverá, nesta sexta-feira, 28 de julho, mais uma atividade do projeto Roda de Conversa. Dessa vez, a discussão será em torno da prevenção de acidentes de trabalho, em alusão ao Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, lembrado em 27 de julho. O intuito é que o debate motive os trabalhadores a conhecer mais sobre a data e a legislação de segurança do trabalho. Em sua 32ª edição, o projeto Roda de Conversa busca enriquecer e ampliar as discussões sobre ambiente, saúde e trabalho. O encontro, marcado para as 8h30 na sala de espera do Ambulatório do Cesteh, contará com a presença dos trabalhadores em processo de avaliação de saúde no Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e será aberto a todos os interesssados no tema. Para participar da atividade, não é necessária a inscrição prévia.

  3. Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador promove aula aberta nesta quinta-feira (27/7)

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) promoverá, no dia 27 de julho, aula aberta do Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador com o tema Estratégias de Vigilância em Saúde do Trabalhador relacionadas ao amianto, silíca e benzeno: Por onde caminhamos? A atividade contará com a participação de Regina Dal Castel Pinheiro, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Santa Catarina (Cerest/SC), Fátima Sueli Neto Ribeiro, professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e Simone Alves do Santos, diretora técnica da Divisão de Saúde do Trabalhador, do Centro de Vigilância Sanitária e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest/SP). A atividade, marcada para às 13h30, no salão internacional da ENSP, é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia. O pesquisador do Cesteh/ENSP Luiz Carlos Fadel mediará o debate, que será coordenado pelas pelas também pesquisadoras do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador, Ana Maria Cheble Braga e Simone Oliveira. 

  4. Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador promove aula aberta nesta quinta-feira (27/7)

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) promoverá, no dia 27 de julho, aula aberta do Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador com o tema Estratégias de Vigilância em Saúde do Trabalhador relacionadas ao amianto, silíca e benzeno: Por onde caminhamos? A atividade contará com a participação de Regina Dal Castel Pinheiro, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Santa Catarina (Cerest/SC), Fátima Sueli Neto Ribeiro, professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e Simone Alves do Santos, diretora técnica da Divisão de Saúde do Trabalhador, do Centro de Vigilância Sanitária e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest/SP). A atividade, marcada para às 13h30, no salão internacional da ENSP, é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia. O pesquisador do Cesteh/ENSP Luiz Carlos Fadel mediará o debate, que será coordenado pelas pelas também pesquisadoras do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador, Ana Maria Cheble Braga e Simone Oliveira. 

  5. Fiocruz promoverá IV Seminário Nacional de Saúde, Ambiente e Sustentabilidade

    O Programa Institucional de Saúde e Ambiente, da Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS/Fiocruz), promoverá o VI Seminário Nacional de Saúde, Ambiente e Sustentabilidade entre os dias 31 de julho e 3 de agosto. O seminário tem por objetivo avaliar os progressos alcançados pela instituição, identificar lacunas e definir estratégias para o enfrentamentos dos desafios futuros. "A relações entre saúde, ambiente e desenvolvimento acompanham a trajetória da Fiocruz desde sua origem. No contexto da Rio-92, esse campo incorporou o conceito de sustentabilidade resultando no fortalecimento da produção técnico científica da instituição", explica Guilherme Franco Netto, assessor em Ambiente da VPAAPS, no texto de apresentação do evento. Em sua abertura, a atividade contará com a participação da presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, do vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, Marco Menezes, e do diretor da ENSP, Hermano Castro. O seminário será dividido em dois blocos, que compreenderão mesas-redondas, exposições, debates e oficinas de trabalho. Os interessados em participar do seminário devem se inscrever on-line.

  6. Cuidado em domicílio: ACS são legítimos mobilizadores sociais, mas não é o suficiente para garantir seu reconhecimento

    Era uma visita domiciliar de rotina. Mas a agente comunitária de saúde Haíla Rangel Pimenta percebeu que o gatinho ao pé da mesa tinha uma grande ferida no olho esquerdo. Durante o café, ela também notou uma lesão no braço da dona da casa, algo como um pequeno furúnculo - pelo menos foi assim que a senhora tentou desconversar naquele dia. Háila não se convenceu e marcou uma consulta da moradora com a médica do Posto de Saúde da Família Maria Cristina, em Mesquita, município da Baixada Fluminense, onde atua desde 2010. O atendimento revelou esporotricose - micose que pode afetar homens e animais, especialmente os felinos. "Voltei à comunidade com o enfermeiro, conversei com o restante da equipe, fizemos pesquisas. No dia seguinte, estávamos com uma palestra pronta. Depois, saímos colando cartazes alertando sobre os cuidados e acabamos descobrindo inúmeros outros casos na região", lembra Háila.

  7. Fiocruz promoverá IV Seminário Nacional de Saúde, Ambiente e Sustentabilidade

    O Programa Institucional de Saúde e Ambiente, da Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS/Fiocruz), promoverá o VI Seminário Nacional de Saúde, Ambiente e Sustentabilidade entre os dias 31 de julho e 3 de agosto. O seminário tem por objetivo avaliar os progressos alcançados pela instituição, identificar lacunas e definir estratégias para o enfrentamentos dos desafios futuros. "A relações entre saúde, ambiente e desenvolvimento acompanham a trajetória da Fiocruz desde sua origem. No contexto da Rio-92, esse campo incorporou o conceito de sustentabilidade resultando no fortalecimento da produção técnico científica da instituição", explica Guilherme Franco Netto, assessor em Ambiente da VPAAPS, no texto de apresentação do evento. Em sua abertura, a atividade contará com a participação da presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, do vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, Marco Menezes, e do diretor da ENSP, Hermano Castro. O seminário será dividido em dois blocos, que compreenderão mesas-redondas, exposições, debates e oficinas de trabalho. Os interessados em participar do seminário devem se inscrever on-line.

  8. Revista 'Saúde em Debate' lançará número temático na ENSP em 24/7

    A relação da saúde com o mundo do trabalho e os processos produtivos tais como se apresentam hoje, bem como com o desequilíbrio e a poluição ambiental, que têm contribuído para a mudança climática, a crise hídrica e o consequente aumento e reincidência de doenças, será analisada no evento de lançamento do número temático Saúde, Trabalho e Ambiente da revista Saúde em Debate, dia 24 de julho, às 10h, no salão internacional da ENSP. O evento busca divulgar a produção do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública relativa a essa temática, por meio da revista, editada pelo Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes). A realização do debate resulta de parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP, o Cebes e o Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz (CEE-Fiocruz), que fará a transmissão on-line pelo blog cee.fiocruz.br.

  9. Experiências bem-sucedidas de trabalho no Sistema Único de Saúde são premiadas

    O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) premiaram cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Feita durante a abertura do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, realizado de 12 a 15 de julho, em Brasília, a homenagem reconheceu iniciativas de cada uma das regiões do Brasil.

  10. PREP no SUS: novo método de prevenção ao HIV começará a ser oferecido na rede pública

    O SUS está diante de um novo desafio na prevenção ao HIV/aids: incorporar o medicamento utilizado na pré-exposição ao vírus, que começa a ser oferecido na rede pública para populações consideradas sob maior risco de contrair o HIV. O método conhecido como Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) consiste no uso diário de um medicamento antirretroviral - o Truvada - para prevenir a infecção pelo vírus. Para entender o impacto que esta nova estratégia terá na política de prevenção à aids no Brasil, Radis conversou com alguns especialistas  e ativistas dedicados ao tema, que apontam que a adoção da PrEP no SUS é um passo importante, mas que ainda precisa ser expandido para toda a população. A utilização da PrEP já vinha sendo estudada e recomendada por especialistas como um método complementar de prevenção ao HIV.