1. Prêmio de Incentivo em C&T para o SUS 2014: inscrições até 10/8

    As inscrições para o Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS 2014 foram prorrogadas até o dia 10 de agosto. O pemio é outorgado pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos, e visa à obtenção de trabalhos científico-tecnológicos de pesquisadores e profissionais de saúde ou de qualquer área do conhecimento em nível de pós-graduação concluída, com temática voltada para a área de ciência e tecnologia em saúde, e potencial de incorporação pelo SUS e serviços de saúde.

  2. Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais no IOC

    Em 28 de julho é comemorado o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. Para marcar a data, o IOC/Fiocruz promoverá uma série de atividades, como testes rápidos para hepatites B e C, teste para sífilis e HIV, vacinação para hepatite B e aconselhamento. Será nos dias 28 e 29 de julho, das 9h às 16h, no ambulatório de hepatites virais do IOC. Participe!
     

  3. GT da ONU propõe 17 novos objetivos para a Agenda Global de Desenvolvimento Pós-2015

    Na última e décima terceira sessão da Assembleia Geral, realizada em 19 de julho, em Nova Iorque, um grupo de trabalho aberto sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável propôs uma série de objetivos que consideram importantes nas dimensões econômicas, sociais e ambientais para melhorar a vida das pessoas e proteger o planeta para as gerações futuras. Os 17 objetivos propostos serão considerados como parte da agenda global de desenvolvimento Pós-2015, que será adotada pelos líderes mundiais em setembro de 2015.

  4. Artigo avalia estrutura das farmácias hospitalares do RJ

    O serviço de farmácia hospitalar é responsável por diversas atividades com forte impacto na assistência à saúde. As variadas necessidades dos pacientes requerem que as mesmas desempenhem uma série de atividades de modo organizado. As funções do farmacêutico hospitalar, por sua vez, exigem comprometimento com os resultados dos seus serviços e não somente com o fornecimento de medicamentos. Com o intuito de avaliar os serviços de farmácia de seis hospitais estaduais do Rio de Janeiro, as pesquisadoras do Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP Cláudia Garcia Serpa Osório-de-Castro e Maria Auxiliadora Oliveira, em parceira com pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e da Faculdade de Farmácia da UFF, realizaram uma pesquisa, cujo resultado demonstra que o armazenamento é atualmente um dos piores problemas destes locais.

  5. Canal Saúde alerta para artigo sobre o uso do sildenafil e mortes no RJ

    O Jornal da Saúde, programa que traz as principais notícias da área da saúde em todo o Brasil, produziu reportagem a respeito do artigo que associa a ocorrência de morte súbita ao uso de medicamentos para disfunção erétil nos motéis do Rio de Janeiro. O artigo é de autoria dos pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Álvaro Nascimento e Suely Rosenfeld. A reportagem destaca o consumo recreativo do medicamento por jovens na busca de uma melhor performance sexual. Assista a reportagem completa na página do Canal Saúde.

  6. Novo boletim do Cecovisa já está disponível on-line

    A nova edição do boletim do Centro Colaborador em Vigilância Sanitária da ENSP já está disponível on-line. A publicação informa que o Senado volta a discutir a liberação de inibidores de apetite, além de citar que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou o projeto de decreto legislativo que suspende resolução da Anvisa e, assim, autoriza o uso de certos inibidores de apetite no país. O boletim do Cecovisa traz ainda a atualização do regulamento sanitário para serviços relacionados ao ciclo produtivo do sangue e aponta desafios da nanotecnologia para a vigilância sanitária de medicamentos. Confira a última edição do boletim. 

  7. Nanotecnologia: medicamentos precisam de regulação

    No Brasil, o desenvolvimento de medicamentos nanotecnológicos eficazes, seguros e com alta relação custo/benefício é estratégico para a saúde coletiva. No entanto, a falta de informações requer uma regulação sanitária voltada à proteção da saúde e do ambiente. Para discutir este tema, as pesquisadoras da ENSP Vera Pepe e Ariane de Jesus Batista publicaram o artigo Os desafios da nanotecnologia para a vigilância sanitária de medicamentos. No texto, elas apontam que a grande questão da regulação consiste na conscientização de todos os atores envolvidos - pesquisadores, trabalhadores, reguladores, produtores e consumidores. O objetivo da pesquisa foi identificar o estágio de desenvolvimento e o marco regulatório dos medicamentos nanotecnológicos e seus desafios no Brasil, enfatizando a segurança sanitária.

  8. Educação é estratégica para Reforma Psiquiátrica

    Pioneira na formação de quadros para a reforma psiquiátrica brasileira e na construção de conceitos e políticas para essa área, a ENSP é uma referência nacional quando se fala em Saúde Mental e Atenção Psicossocial no país. Tendo em uma de suas linhas de pesquisas esta temática, seja no stricto ou no lato sensu, a instituição sempre colaborou na produção de livros, revistas e artigos científicos. Este pioneirismo rendeu mais um fruto, a coletânea lançada pela Editora Fiocruz Políticas e Cuidado em Saúde Mental: contribuições para a prática profissional, organizada pelos pesquisadores Marco Aurélio Soares Jorge e Maria Cecilia de Araujo Carvalho, ambos da EPSJV/Fiocruz, e Paulo Roberto Fagundes da Silva, da ENSP/Fiocruz.

  9. Revista Visa em Debate recebe trabalhos científicos até 30/8

    A Anvisa apoia o lançamento da chamada pública para seleção de trabalhos científicos para serem publicados na edição Vigilância Sanitária e a Promoção da Alimentação Adequada e Saudável: Impasses, Desafios e Perspectivas, da revista Visa em Debate. O objetivo dessa edição é apresentar os trabalhos científicos que contribuam com a reflexão e o debate sobre a interface entre a temática alimentar e a vigilância sanitária, na perspectiva da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional da promoção da saúde e das demais políticas públicas.