1. Periferias e pandemia: Plano de Emergência, já!

    A integrante do Conselho Consultivo da ENSP e pesquisadora do Centro de Estudos Estratégicos (CEE/ENSP), Sonia Fleury, e o ex-presidente da Fiocruz e coordenador do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), Paulo Buss, alertam, em artigo publicado no site Outras Palavras, para a necessidade de ações especiais a serem levadas à frente em combate ao coronavírus, nas comunidades, onde mora a maior parte dos brasileiros. Eles destacam que a ação do Estado precisa respeitar autonomia local. "As favelas sofrem com um conjunto de carências, mas possuem enorme potência, no sentido de uma cultura de solidariedade, bem como um conjunto de organizações e atores: comunicadores, igrejas, templos e centros, associações de moradores, empresas locais e serviços, grupos musicais, coletivos de artistas e poetas", escrevem. Confira!
     

  2. Coronavírus, saúde mental e o que levar em conta no isolamento

    As experiências dos países aonde o coronavírus chegou, antes de alcançar o Brasil, mostram uma série de medidas públicas corretas que devem imediatamente ser adotadas aqui. Como a de que as pessoas, na medida do possível, trabalhem em casa, as universidades mudem para aulas virtuais, reuniões bem como atividades culturais e esportivas sejam canceladas, para ficarmos com alguns exemplos. Essas são estratégias-chave para impedir a transmissão e/ou diminuir a sua velocidade no seio da população. No entanto, tais medidas podem ter um custo social e de saúde mental muito significativo.

  3. Transtornos mentais durante a gravidez e pós-parto esbarram em estigma, mostram pesquisadoras

    Saúde mental perinatal exige maior atenção, conforme debateu o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos, da ENSP. Os resultados de revisões sistemáticas de 20 países de renda média e baixa  mostraram que a depressão, na gravidez e no pós-parto é altamente prevalente, e afeta uma em cada quatro mulheres durante algum momento da gravidez e uma em cada cinco mulheres após o parto. Os dados mundiais disponíveis são condizentes com os resultados encontrados no estudo Nascer no Brasil. Desconhecimento sobre o tema e medo de ser considerada uma mãe ruim são barreiras na busca de tratamentos por mulheres. Transtorno do Estresse Pós-traumático pode aparecer em mulheres que sofrem violência obstétrica, aponta pesquisadora britânica convidada. 
     
     

  4. Transtornos mentais durante a gravidez e pós-parto esbarram em estigma, mostram pesquisadoras

    Saúde mental perinatal exige maior atenção, conforme debateu o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos, da ENSP. Os resultados de revisões sistemáticas de 20 países de renda média e baixa  mostraram que a depressão, na gravidez e no pós-parto é altamente prevalente, e afeta uma em cada quatro mulheres durante algum momento da gravidez e uma em cada cinco mulheres após o parto. Os dados mundiais disponíveis são condizentes com os resultados encontrados no estudo Nascer no Brasil. Desconhecimento sobre o tema e medo de ser considerada uma mãe ruim são barreiras na busca de tratamentos por mulheres. Transtorno do Estresse Pós-traumático pode aparecer em mulheres que sofrem violência obstétrica, aponta pesquisadora britânica convidada. 
     
     

  5. Ceensp debaterá transtornos mentais durante a gravidez e o pós-parto

    No próximo dia 12 de fevereiro, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos se debruçará na busca de estratégias direcionadas à prevenção e ao acolhimento dos transtornos mentais que ocorrem durante a gravidez e o pós-parto. “Saúde mental perinatal, desafios e perspectivas” será o tema do evento que terá participação da pesquisadora Mariza Theme, da ENSP, da professora Ana Cunha, da UFRJ e da pesquisadora Susan Ayers, do Reino Unido. O Ceensp acontecerá no auditório da Fiotec, na Expansão do Campus Fiocruz, às 9h. A atividade é aberta ao público.
     

  6. Descolonização e reinvenção da Saúde Coletiva será tema de debate na ENSP

    As Estratégias para descolonizar e reinventar a Saúde Coletiva serão tema de evento promovido pelo Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos (Ceensp) no dia 12 de fevereiro. O encontro será realizado das 9h às 17h, no auditório localizado no térreo do prédio da ENSP. Coordenado pelo pesquisador do Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde (Neepes/ENSP), Marcelo Firpo, o evento vai contar com duas mesas redondas. O evento será aberto ao público e não é necessário fazer inscrição.

  7. Ceensp debaterá transtornos mentais durante a gravidez e o pós-parto

    No próximo dia 12 de fevereiro, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos se debruçará na busca de estratégias direcionadas à prevenção e ao acolhimento dos transtornos mentais que ocorrem durante a gravidez e o pós-parto. “Saúde mental perinatal, desafios e perspectivas” será o tema do evento que terá participação da pesquisadora Mariza Theme, da ENSP, da professora Ana Cunha, da UFRJ e da pesquisadora Susan Ayers, do Reino Unido. O Ceensp acontecerá no auditório da Fiotec, na Expansão do Campus Fiocruz, às 9h. A atividade é aberta ao público.
     

  8. Descolonização e reinvenção da Saúde Coletiva será tema de debate na ENSP

    As Estratégias para descolonizar e reinventar a Saúde Coletiva serão tema de evento promovido pelo Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos (Ceensp) no dia 12 de fevereiro. O encontro será realizado das 9h às 17h, no auditório localizado no térreo do prédio da ENSP. Coordenado pelo pesquisador do Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde (Neepes/ENSP), Marcelo Firpo, o evento vai contar com duas mesas redondas. O evento será aberto ao público e não é necessário fazer inscrição.

  9. Ceensp debaterá transtornos mentais durante a gravidez e o pós-parto

    No próximo dia 12 de fevereiro, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos se debruçará na busca de estratégias direcionadas à prevenção e ao acolhimento dos transtornos mentais que ocorrem durante a gravidez e o pós-parto. “Saúde mental perinatal, desafios e perspectivas” será o tema do evento que terá participação da pesquisadora Mariza Theme, da ENSP, da professora Ana Cunha, da UFRJ e da pesquisadora Susan Ayers, do Reino Unido. O Ceensp acontecerá no auditório da Fiotec, na Expansão do Campus Fiocruz, às 9h. A atividade é aberta ao público.