1. Ceensp debaterá resíduos de agrotóxicos nos alimentos e doenças crônicas

    Nesta quarta-feira (25/5), às 14 horas, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos da ENSP colocará em pauta a discussão sobre os agrotóxicos no Brasil. Com o tema Resíduos de agrotóxicos nos alimentos e Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), a atividade terá participação da Diretora da Secretaria Executiva da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional, Patricia Chaves Gentil, do produtor de alimentos orgânicos Alcimar Espírito Santo e do pesquisador Luiz Claudio Meirelles (ENSP/Fiocruz). O diretor da ENSP, Hermano Castro, coordenará o Centro de Estudos, que é aberto ao público, e não necessita de inscrição prévia. "Pretendemos esclarecer a real situação do uso dos agrotóxicos no Brasil e informar sobre o impacto do pesticida no consumo da água e dos alimentos. É importante que todos compreendam a dimensão do problema e, a partir do debate, entendam a necessidade de mecanismos de controle mais efetivos e mudanças no modelo. Essa transformação implica na atuação conjunta do setor saúde, das organizações que atuam na defesa do consumidor, na saúde do trabalhador, agroecologia e da própria sociedade", destacou Meirelles.

  2. Ceensp debaterá resíduos de agrotóxicos nos alimentos e doenças crônicas

    Nesta quarta-feira (25/5), às 14 horas, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos da ENSP colocará em pauta a discussão sobre os agrotóxicos no Brasil. Com o tema Resíduos de agrotóxicos nos alimentos e Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), a atividade terá participação da Diretora da Secretaria Executiva da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional, Patricia Chaves Gentil, do produtor de alimentos orgânicos Alcimar Espírito Santo e do pesquisador Luiz Claudio Meirelles (ENSP/Fiocruz). O diretor da ENSP, Hermano Castro, coordenará o Centro de Estudos, que é aberto ao público, e não necessita de inscrição prévia. "Pretendemos esclarecer a real situação do uso dos agrotóxicos no Brasil e informar sobre o impacto do pesticida no consumo da água e dos alimentos. É importante que todos compreendam a dimensão do problema e, a partir do debate, entendam a necessidade de mecanismos de controle mais efetivos e mudanças no modelo. Essa transformação implica na atuação conjunta do setor saúde, das organizações que atuam na defesa do consumidor, na saúde do trabalhador, agroecologia e da própria sociedade", destacou Meirelles.

  3. Centro de Estudos reflete sobre atuação da Vigilância Sanitária nas Olimpíadas

    Debater as questões relacionadas à Vigilância Sanitária no Rio de Janeiro no contexto dos Jogos Olímpicos de 2016 foi o objetivo do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos realizado em 27 de abril. Durante o evento, foi lançando o jogo educativo Vigilância Sanitária nos Eventos de Massa, desenvolvido pelo Centro Colaborador em Vigilância Sanitária (Cecovisa/ENSP), em parceria com a Coordenação de Educação a Distância (EAD/ENSP) e a Secretária Municipal de Saúde (SMS/RJ), e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). O material lúdico é destinado a todos que podem se beneficiar com a identificação do risco de ameaça na vigilância sanitária e apresenta riscos no qual a Visa tem atuação nos eventos de massa. Para refletir sobre a atuação da vigilância, o Ceensp recebeu Cláudio Maierovitch, diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Arnaldo Lassance, subsecretário de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa/RJ), e Rodolfo Nunes, representando a Gerência Geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A atividade foi coordenada por Vera Pepe, responsável pelo Cecovisa.

  4. ENSP aborda conjuntura das políticas de saúde no país

    O Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos da ENSP, realizado em 20 de abril, marcando o lançamento do número especial da Revista Saúde em Debate, debateu a conjuntura das políticas de saúde no Brasil. Com o tema Políticas, planejamento e gestão em saúde, a publicação foi editada pelo Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) e coordenada, na ENSP, pelas pesquisadoras Vera Lucia Luiza e Luciana Dias de Lima. O suplemento expressa os dilemas e conquistas do SUS no contexto político e econômico do país. Diante desse cenário, o Ceensp recebeu Ligia Bahia, do Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva da UFRJ, e Mario Roberto Dal Poz, do Instituto de Medicina Social da Uerj, para uma discussão sobre a atual conjuntura. A atividade foi coordenada pelo pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nilson do Rosário Costa.

  5. Centro de Estudos debate as ações de vigilância do campo da saúde durante os jogos olímpicos

    Uma série de ações em saúde e vigilância sanitária já estão sendo implementadas na cidade do Rio de Janeiro visando os jogos olímpicos, que ocorrerão no mês de agosto. Todo o planejamento é realizado em conjunto com o estado e município do Rio de Janeiro, integrando atendimento e vigilância epidemiológica. O Brasil vai receber visitantes de todas as partes do mundo e cada um traz em sua bagagem também seus vírus e bactérias. Mas será que estamos preparados para fazer esse controle? Nossa Vigilância Sanitária já tomou medidas efetivamente preventivas? O que pode acontecer? Para debater essas e outras questões, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos retorna para mais um encontro, no dia 27 de abril, com o tema A atuação das vigilâncias do campo da saúde nas Olimpíadas de 2016. Marcado para 13h30, no salão internacional da Escola, o Ceensp conta com as participações de Cláudio Henriques (Devit/SVS), Arnaldo Lassance (ENSP/Fiocruz) e Rodolfo Nunes (Anvisa). Na ocasião, ocorrerá o lançamento do jogo educativo Vigilância Sanitária nos Eventos de Massa.

  6. Centro de Estudos debate as ações de vigilância do campo da saúde durante os jogos olímpicos

    Uma série de ações em saúde e vigilância sanitária já estão sendo implementadas na cidade do Rio de Janeiro visando os jogos olímpicos, que ocorrerão no mês de agosto. Todo o planejamento é realizado em conjunto com o estado e município do Rio de Janeiro, integrando atendimento e vigilância epidemiológica. O Brasil vai receber visitantes de todas as partes do mundo e cada um traz em sua bagagem também seus vírus e bactérias. Mas será que estamos preparados para fazer esse controle? Nossa Vigilância Sanitária já tomou medidas efetivamente preventivas? O que pode acontecer? Para debater essas e outras questões, o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos retorna para mais um encontro, no dia 27 de abril, com o tema A atuação das vigilâncias do campo da saúde nas Olimpíadas de 2016. Marcado para 13h30, no salão internacional da Escola, o Ceensp conta com as participações de Cláudio Henriques (Devit/SVS), Arnaldo Lassance (ENSP/Fiocruz) e Rodolfo Nunes (Anvisa). Na ocasião, ocorrerá o lançamento do jogo educativo Vigilância Sanitária nos Eventos de Massa.

  7. Conjuntura das políticas de saúde do Brasil na pauta do Ceensp

    Cenário atual das políticas de saúde no Brasil estará na pauta do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos da ENSP no dia 20 de abril. A atividade será coordenada pelo pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da ENSP (DCS) Nilson do Rosário Costa e receberá os palestrantes Ligia Bahia, do Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva da UFRJ (Nesc), e Mario Roberto Dal Poz, do Instituto de Medicina Social, do Instituto de Medicina Social da Uerj. O Ceensp, que está marcado para as 14 horas, no salão internacional da ENSP, promoverá o lançamento do número especial (volume 39) da Revista Saúde em Debate, com o tema Políticas, planejamento e gestão em saúde.

  8. Conjuntura das políticas de saúde do Brasil na pauta do Ceensp

    Cenário atual das políticas de saúde no Brasil estará na pauta do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos da ENSP no dia 20 de abril. A atividade será coordenada pelo pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da ENSP (DCS) Nilson do Rosário Costa e receberá os palestrantes Ligia Bahia, do Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva da UFRJ (Nesc), e Mario Roberto Dal Poz, do Instituto de Medicina Social, do Instituto de Medicina Social da Uerj. O Ceensp, que está marcado para as 14 horas, no salão internacional da ENSP, promoverá o lançamento do número especial (volume 39) da Revista Saúde em Debate, com o tema Políticas, planejamento e gestão em saúde.

  9. Zika: vídeos do segundo Centro de Estudos da ENSP sobre o tema já estão disponíveis

    O coordenador da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), Jorge Venâncio, e a pesquisadora da Universidade de Brasília (UNB) Débora Diniz foram os expositores convidados do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos, realizado em 4 de abril, com o tema Zika: a ética em pesquisas e em questões de gênero. O encontro ressaltou que a emergência provocada pela epidemia do vírus zika requer sensibilidade, diálogo e criatividade no que diz respeito à ética em pesquisa, além de uma maior agilidade na concessão de pareceres sobre as pesquisas realizadas nesse tema. Os vídeos das palestras já estão disponíveis no Canal da ENSP, no YouTube.

     

  10. 'O Estado da arte sobre a epidemia do zika vírus': vídeos do Ceensp estão disponíveis ao público

    Realizada em 15 de março, a primeira edição do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos da ENSP teve como tema O Estado da arte sobre a epidemia do zika vírus: o que já sabemos e o que ainda precisamos saber. A atividade reuniu, no auditório térreo da Escola, o diretor da Fiocruz Mato Grosso do Sul, Rivaldo Venâncio da Cunha e as pesquisadoras Patricia Carvalho de Serqueira (IOC/Fiocruz) e Sheila Moura Pone (IFF/Fiocruz). As três exposições já podem ser assistidas no Canal da ENSP, no YouTube.