1. Pesquisador alerta sobre jornalismo inconsequente

    Nesta difícil conjuntura mundial, em que as eleições são vencidas com o uso de mentiras e de fake news, manter-se ético, prudente e investigar sempre os fatos é o que buscam cidadãos que ainda não se renderam ao oportunismo, à ganância e ao individualismo. 

  2. Entrevista: pesquisadora fala sobre violência obstétrica

    Melania Amorim, médica e professora de ginecologia e obstetrícia da Universidade Federal de Campina Grande, fala sobre violência obstétrica. O governo decidiu abolir o uso do termo violência obstétrica em notas técnicas e textos oficiais que materializam as diretrizes das políticas públicas. "É uma tentativa de silenciamento e um grande desapontamento, mas não vão nos impedir de falar sobre e de denunciar, muito menos de pesquisar e publicar”, disse a médica à Radis. 

  3. Entrevista: Hugh Lacey reflete sobre ética na ciência

    No atual contexto, em que 239 agrotóxicos são liberados somente em 2019 – o maior volume da história no país –, em que transgênicos (organismos geneticamente modificados) foram introduzidos no país sem se pensar nas alternativas agroecológicas, na saúde e no ambiente, torna-se primordial refletir sobre os princípios que devem guiar cientistas. Em entrevista ao Informe ENSP, o professor emérito de filosofia da Família Scheuer e pesquisador sênior na Swarthmore College (Pennsylvania, EUA), Hugh Lacey, afirma que as questões éticas e científicas são imbricadas.