1. Novo modelo de desenvolvimento sustentável em debate

    Passado um ano da Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, esteve na ENSP/Fiocruz na segunda-feira (12/8) para a conferência Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: Agenda pós-2015. Na ocasião, a ministra apresentou o legado da Rio+20 para o planeta e seus desdobramentos, destacando, ainda, as cinco linhas de ação que deverão compor o documento Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Tais objetivos passarão a valer a partir de 2015, em substituição aos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM) da Organização das Nações Unidas (ONU). Confira, também, o vídeo da palestra da ministra Izabella Teixeira no canal de vídeos da ENSP no YouTube.

  2. Pesquisador da ENSP fala sobre resultados da Rio+20

    Ary Miranda, pesquisador do Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), afirmou, em entrevista ao site Saúde Rio+20, que é cético em relação às decisões políticas oriundas de grandes conferências mundiais sobre meio ambiente. Para ele, as metas dificilmente serão alcançadas enquanto os Estados nacionais funcionarem na lógica dos interesses do capital.

  3. Artigos aprofundam relação entre saúde e meio ambiente

    Apesar de ter como foco central a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável, além da erradicação da pobreza, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), realizada em junho de 2012, explorou pouco um campo que cresce cada vez mais: a relação entre saúde e ambiente. O tema, que mobiliza representantes da saúde pública e coletiva, foi amplamente abordado nos textos científicos reunidos no volume 17, número 6, da revista Ciência & Saúde Coletiva, da Abrasco, que tem como editora a pesquisadora da ENSP Maria Cecília Minayo. Pesquisadores da Escola que participaram da Rio+20 em conferências, atividades culturais, campanhas e stands, expondo as pesquisas da instituição nas áreas de saúde pública e meio ambiente, representam mais da metade dos artigos (17 dos 27) publicados nessa edição, trazendo contribuições de diversos saberes disciplinares e interdisciplinares aos debates propostos para a conferência.

  4. Fiocruz repudia assassinatos de pescadores da Baía de Guanabara e se solidariza com movimentos sociais

    A Presidência da Fiocruz torna público o seu veemente repúdio pelos brutais assassinatos dos pescadores e ativistas João Luiz Telles Penetra (Pituca), de 40 anos, e Almir Nogueira de Amorim, de 45 anos, que morreram na madrugada do sábado passado (23/6) na Baía de Guanabara. Ambos tiveram pés e mãos amarrados e morreram afogados. João Luiz e Almir integravam a Associação Homens e Mulheres do Mar (Ahomar) e militavam no movimento ambientalista da baía. Em 18 de junho, durante a Cúpula dos Povos, no Aterro do Flamengo, os dois participaram de uma atividade da Tenda Saúde, Ambiente e Sustentabilidade, organizada pela Fiocruz.

  5. ENSP promove discussão sobre resultados da Rio+20

    Está disponível para consulta e discussão virtual, no blog Saúde em Pauta da ENSP, o documento final (em inglês e espanhol) da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Intitulado O futuro que queremos e aprovado por chefes de Estado e de governo, o documento foi oficialmente adotado por mais de 190 países. O texto destaca a criação de um fórum político dentro da ONU para debater o desenvolvimento sustentável e a necessidade de os países acabarem com a pobreza, este o maior desafio do planeta. O documento também defende uma legislação para proteger os oceanos em águas internacionais, com a preservação da biodiversidade.

  6. Livro analisa entendimento da população sobre o meio ambiente

    Reunir textos científicos e de saber popular com a finalidade de entender, com a leitura do conjunto dos textos, como o meio ambiente é percebido. Esse foi o principal objetivo do livro O ambiente entre nós, organizado pelos especialistas em Engenharia Ambiental Elmo Rodrigues da Silva e Luiz Carlos De Martini Junior. Lançada após a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), a publicação suscita a reflexão sobre os resultados da conferência por meio de quatro eixos temáticos: Gestão, Governança e Responsabilidades, Mudanças Climáticas e Auditoria Ambiental. O livro está disponível para download gratuito aqui.

  7. Exposição Biomas do Brasil agora disponível na internet

    Com o objetivo de valorizar e conservar as espécies de plantas e animais e difundir a importância da biodiversidade brasileira, está disponível na internet a exposição digital Biomas do Brasil. Lançada na ocasião da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, a exposição foi desenvolvida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Em parceria com o Era Virtual, a exposição foi digitalizada em um site interativo, em que os visitantes podem acessar todas as imagens e vídeos dos biomas brasileiros.

  8. Mapa de conflitos ambientais integra painel na Cúpula dos Povos

    A tecnologia de sistemas de informação pode ser um instrumento de luta e articulação social. Essa é a premissa dos pesquisadores e ativistas que trabalham com o mapeamento de territórios, tema discutido na quinta-feira (21/6) na Cúpula dos Povos pelo Espaço Saúde Ambiente e Sustentabilidade, uma articulação entre a Fiocruz, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes). O painel Mapas, resistências e movimentos por justiça ambiental, economia solidária e agroecologia, mediado pelo pesquisador Marcelo Firpo, do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Cesteh/ENSP/Fiocruz), apresentou iniciativas de mapeamentos que realizam diagnósticos importantes do território brasileiro e internacional, trazendo o ponto de vista das comunidades e abordando desde a geografia e a história dos conflitos ambientais até iniciativas de economia solidária.

  9. Pesquisador recebe Medalha Pedro Ernesto na Cúpula dos Povos

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública Hermano Albuquerque de Castro foi condecorado com a Medalha Pedro Ernesto, na segunda-feira (18/6), no Espaço Saúde, Ambiente e Sustentabilidade, na Cúpula dos Povos da Rio+20, como reconhecimento pelos serviços médicos prestados à população de Santa Cruz que vive ao redor da Siderúrgica TKCSA.