1. Relatório final e carta à sociedade são aprovados na 14ª CNS

    A 14ª Conferência Nacional de Saúde terminou no domingo (4/12), em Brasília, com a aprovação, pelos mais de quatro mil participantes, do relatório e uma Carta da Conferência voltada à sociedade brasileira. O documento que sintetiza o debate desenvolvido no evento, que durou quatro dias. Os principais pontos da carta envolvem temas como democracia e desenvolvimento; equidade; atenção básica; financiamento; educação em saúde; participação social, entre outros. As conferências de saúde são um marco do controle e participação social do Sistema Único de Saúde, reunindo mais de 4.000 delegados de todo o país, eleitos em seus estados e municípios ao longo deste ano em conferências locais.

  2. Rumos da saúde pública em definição na 14ª CNS

    O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, abriu oficialmente as atividades da 14ª Conferência Nacional de Saúde, nesta quinta-feira (1°/12). Com o tema Todos usam o SUS! SUS na seguridade social, política pública, patrimônio do povo brasileiro, Brasília recebe até o dia 4 de dezembro mais de quatro mil representantes dos segmentos de usuários, trabalhadores e gestores/prestadores de serviço em saúde para discutir os caminhos da saúde pública para os próximos anos. "A 14ª CNS visa melhorar a atenção básica de saúde no país e a qualidade do atendimento à população. Os usuários do SUS estão em primeiro lugar sempre", afirmou Padilha em sua fala inicial. A Conferência Nacional de Saúde está sendo transmitida ao vivo pela internet, através do Canal Saúde/Fiocruz.

  3. Site da Agenda Estratégica ganha fóruns e página de vídeos

    O site da Agenda Estratégica para a Saúde do Brasil está de cara nova! Cada uma das diretrizes ganhou um fórum para estimular o debate e acolher as contribuições de todos os interessados em participar da construção do documento. A página oferece também um espaço para divulgar vídeos sobre temas relacionados com o Sistema Único de Saúde e as cinco diretrizes da Agenda. Participe! Deixe a sua contribuição e entre em contato para sugerir novos vídeos.

  4. Participe do fórum virtual da 14ª Conferência Nacional de Saúde

    O Fórum da 14ª Conferência Nacional de Saúde é uma ferramenta de apoio para fomentar discussões e para esclarecer eventuais dúvidas dos participantes relacionadas ao evento. A conferência é o maior fórum do país voltado para o debate de políticas públicas em saúde e acontece em três etapas: nos âmbitos municipal, estadual/Distrito Federal e nacional.

  5. CNS lança publicação sobre relatórios da 12ª e 13ª Conferências de Saúde

    As Conferências de Saúde representam hoje um dos principais espaços para avaliação e construção de políticas públicas de saúde. São nelas que representantes de usuários, gestores, prestadores e trabalhadores de saúde se reúnem em diferentes etapas nos municípios e estados, consolidando propostas, levadas posteriormente para o âmbito nacional. Desde sua criação na década de 30 do século XX foram realizadas 13 Conferências Nacionais de Saúde.

  6. Lançado site da 14ª Conferência Nacional de Saúde

    De 30 de novembro a 4 de dezembro, acontecerá a 14ª Conferência Nacional de Saúde, com o tema Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social, Política Pública, patrimônio do Povo Brasileiro. Os debates acontecerão em torno da política de saúde na seguridade social, da participação da comunidade e controle social e da gestão do SUS (financiamento; pacto pela saúde e relação público-privado; gestão do sistema, do trabalho e da educação em saúde). O regimento interno da 14ª CNS já está disponível para consulta. O site da 14ª CNS pode ser acessado a style="color:blue" href="http://www.conselho.saude.gov.br/14cns/index.html" target="_blank">aqui.

  7. Convocada a 14ª Conferência Nacional de Saúde

    De 30 de novembro a 4 de dezembro acontecerá a 14ª Conferência Nacional de Saúde, com o tema Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social, Política Pública, patrimônio do Povo Brasileiro. Os debates acontecerão em torno da política de saúde na seguridade social, da participação da comunidade e controle social e da gestão do SUS (financiamento; pacto pela saúde e relação público-privado; gestão do sistema, do trabalho e da educação em saúde).