1. Coesão social é um dos focos principais do EuroSocial

    A proposta de um programa voltado para a coesão social na América Latina foi o foco da apresentação do coordenador executivo do projeto EuroSocial Salud, José Jaime de Domingo, na manhã de segunda-feira (16/04), na ENSP. Para o projeto, a coesão social é vista como um tema chave das relações bilaterais entre a Europa e a América Latina, sendo prioridade para o convênio no período de 2007-2013, junto com questões de integração social. Entende-se por coesão social os laços que unem uma sociedade, em que os indivíduos conhecem seus direitos e deveres e os governos são justos, transparentes e responsáveis por suas ações, destaca José Jaime.

  2. EuroSociAL define rumos para 2008

    O Conselho de Direção do EuroSociAL esteve reunido em Orvieto, na Itália, nos dias 21 e 22/11, para definir propostas de intercâmbio para o plano de trabalho de 2008, além da realização do balanço das atividades realizadas até o momento. O diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Antônio Ivo de Carvalho, participou do encontro. O EuroSocial é um programa que busca a coesão social na América Latina e mobiliza cerca de 36 milhões de euros dos quais oito milhões para financiamentos em 48 meses na área de saúde. O programa existe desde 2004 e a ENSP faz parte desde o seu início.

  3. Parceria criará documento sobre Justiça Ambiental

    A preocupação mundial com relação aos problemas de saúde ambiental está fazendo com que a Organização Pan-americana de Saúde (Opas) abra novas linhas de discussão e apoio sobre o assunto. A nova abordagem da Organização acaba de envolver o início de um trabalho de cooperação entre as áreas de Desenvolvimento Sustentável e Gênero, Etnias e Saúde da Opas com Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz). A parceria envolve a construção de um documento de referência sobre Justiça Ambiental e Saúde Pública para as Américas e está sendo realizada através dos doutores Luiz Augusto Galvão, Cristina Torres (Opas) e do pesquisador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP (Chesteh/ENSP/Fiocruz), Marcelo Firpo Porto.

  4. ENSP exportará formação em saúde mental para a Argentina

    A ENSP dá início a elaboração de um termo de cooperação para a área de saúde mental com o coordenador de saúde mental da província de San Luis, na Argentina, Jorge Luis Pellegrini. O médico psiquiatra esteve na ENSP, na segunda-feira (9/07), ministrando uma aula para os alunos do curso de Especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial da ENSP/Fiocruz, que completa 25 anos em 2007. Acompanhado do psicólogo clínico Jose Luis Guzman, Pellegrini apresentou a experiência na província e exibiu o vídeo Adeus manicômio, que narra os resultados do programa Hospital na rua, realizado em San Luis.

  5. Curso sobre radiologia da ENSP é reproduzido no Marrocos

    Tornar o uso da radiologia mais segura nos hospitais de Marrocos é o principal foco do trabalho da pesquisadora Ana Cecília Pedrosa, do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz). O Curso de Proteção Radiológica e Controle de Qualidade em Radiodiagnóstico, ministrado pela pesquisadora na Universidade Mohammed V, está prestes a entrar na segunda etapa, na qual o treinamento dos profissionais para implantar as bases do Programa de Controle e Garantia de Qualidade em Radiodiagnóstico em hospitais marroquinos será avaliado. O curso ministrado no Marrocos é o mesmo oferecido nos Cursos de Inverno da ENSP, com material traduzido para o francês, língua acadêmica do país.

  6. Simpósio aproxima sistemas de saúde de Brasil e Portugal

    O segundo dia do Simpósios sobre Saúde Brasil - Portugal 200 anos (1808-2008) teve como objetivo situar e aproximar os sistemas de saúde dos dois países. O encontro foi realizado, na terça-feira (8/07), no Auditório Térreo da Escola Nacional de Saúde Pública e contou com a presença da ministra da Saúde de Portugal, Ana Jorge; do presidente da Fiocruz, Paulo Buss; do diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho; e da alta comissária da Saúde de Portugal, Maria do Céu Machado. Na mesa de abertura, os participantes falaram das realizações do programa de cooperação em saúde entre Brasil e Portugal para os próximos cinco anos (2008-2013), reunindo os Ministérios da Saúde, Institutos Nacionais de Saúde, Escolas de Saúde Pública e as Academias Nacionais de Medicina do Brasil e de Portugal. Acesse o áudio e as apresentações na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  7. Convênio beneficiará 4.5 milhões na Baixada Fluminense

    Fortalecer a atenção básica na Baixada Fluminense, reestruturar o sistema de saúde da região e capacitar gestores e profissionais são alguns dos objetivos do convênio que envolve o Ministério da Saúde, a ENSP/Fiocruz, o Consórcio Hospitalar da Catalunha (CHC) e o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense (Cisbaf), que deverá beneficiar 4,5 milhões de habitantes. As bases para promover essa capacitação profissional foi o foco da reunião realizada na ENSP, na quarta-feira (28/02), com representantes da coordenação multi-institucional do projeto, a diretora de Consultoria do CHC, Olga Pané, e o diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Antônio Ivo de Carvalho.

  8. EuroSocial Salud: continuidade do cuidado ainda é desafio

    Como aumentar e melhorar a integração dos hospitais à rede de serviços? De que forma as tecnologias de comunicação e informação podem contribuir para o aprimoramento da atenção à saúde dos usuários dos serviços? Quais os grandes desafios a serem superados para garantir a continuidade da atenção? Responder a essas questões foi o principal objetivo da mesa-redonda realizada na quarta-feira (26/09), durante o Seminário EuroSocial APS Integração. Todos os documentos deste evento estão disponíveis na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  9. ENSP levará experiência na formação de recursos humanos em saúde para o Chile

    O Chile vem investindo na melhoria da gestão de recursos humanos no campo da saúde. Para auxiliar nesse processo, a pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ ENSP/Fiocruz), Neuza Moysés, permanecerá 15 dias no país interagindo em diversas atividades relacionadas ao tema. Vou conhecer a realidade in loco do sistema de saúde do Chile, e esse é um bom momento, após o encerramento do curso CIRHUS oferecido por nós, uma vez que levo toda a experiência acumulada da ENSP para ajudá-los, revelou Neuza Moysés.

  10. Rede de Saúde Familiar e Comunitária propõe intercâmbio de docentes e pesquisadores do Brasil e Argentina

    Representantes do Departamento de Ciência Médica, da Universidad Nacional del Sur (UNS), e da Falcultad de Ciencias de la Salud, da Universidad Nacional de Entre Rios (UNER) estiveram na Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), na quarta-feira (13/08), para conhecer a estrutura e os programas de Pós-Graduação da Escola. A visita faz parte do projeto Red para el Fortalecimiento de la Salud Familiar y Comunitaria, que busca fortalecer o programa de intercâmbio de docentes e pesquisadores e explorar os desafios que a saúde familiar e comunitária enfrenta no país vizinho. Acesse as apresentações na Biblioteca Multimídia da ENSP.