1. I Colóquio Latinoamericano debate a formação em Saúde Pública

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), o Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags/Unasul) e o Instituto Nacional de Higiene, Epidemiologia e Microbiologia (Inhem/Cuba) promoveram, de 8 a 10 de maio, o I Colóquio de Latino-Americano de formação em Saúde Pública e III Colóquio Brasil-Cuba de formação em Saúde Pública. Em sua primeira edição, o Colóquio Latino-Americano foi pensado de maneira mais abrangente para facilitar não somente o diálogo entre instituições brasileiras e cubanas, mas também incorporar as experiências e os desafios de outras instituições vizinhas, responsáveis pela formação e a qualificação de quadros estratégicos para os sistemas de saúde da região. Durante três dias, professores, dirigentes e alunos de instituições formadoras do Brasil, Cuba e diversos outros países latino-americanos discutiram experiências, oportunidades e desafios relacionados à formação em saúde pública e o papel das instituições formadoras no aprimoramento da governança e da gestão dos serviços, programas e sistemas de saúde regionais.

  2. Evento incentiva ações de proteção das políticas de saúde contra os interesses da indústria do tabaco

    Durante o Seminário de Cooperação Sul-Sul e Triangular para Implementação do Artigo 5.3 da CQCT/OMS, promovido pelo Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde (Cetab/ENSP), em parceria com o Secretariado da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT/OMS) e apoio da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec), representantes de dez países reuniram-se com o objetivo de unir esforços, promover agendas multilaterais de desenvolvimento, aprender e agregar novas práticas de cooperação para a efetivação de um dos mais importantes artigos do primeiro tratado internacional de saúde pública da história da Organização Mundial da Saúde; a Convenção-Quadro para Controle do Tabaco (CQCT). A iniciativa é um dos objetivos do projeto "Cooperação do Brasil com países do hemisfério Sul para a interferência da indústria do tabaco nas políticas de saúde pública", coordenado pela pesquisadora Silvana Rubano Turci.

  3. ENSP realiza I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública

    Desde o ano de 2014, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) desenvolve diferentes tipos de cooperações com instituições formadoras em Saúde Pública de Cuba, com vistas a fortalecer a capacidade de governança dos sistemas de saúde de ambos os países. Como fruto dessa relação, a ENSP realizou, em 2015, o I Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública, considerado um sucesso. Sua segunda edição ocorreu no ano seguinte em Cuba. Para 2017, como não poderia ser diferente, a Escola está preparando novamente um grande encontro. No entanto, ele será mais abrangente e, portanto, intitulado I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, cujo principal objetivo é possibilitar o intercâmbio de experiências exitosas de formação em saúde pública. A ideia é estreitar o diálogo e o crescimento conjunto de instituições-chave do Brasil e de Cuba, as quais, cotidianamente, enfrentam o desafio de qualificar recursos humanos para seus sistemas de saúde. O encontro acontecerá de 8 a 10 de maio na ENSP. Faça sua inscrição, participe! Acompanhe aqui a programação preliminar. 

  4. ENSP realiza I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública

    Desde o ano de 2014, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) desenvolve diferentes tipos de cooperações com instituições formadoras em Saúde Pública de Cuba, com vistas a fortalecer a capacidade de governança dos sistemas de saúde de ambos os países. Como fruto dessa relação, a ENSP realizou, em 2015, o I Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública, considerado um sucesso. Sua segunda edição ocorreu no ano seguinte em Cuba. Para 2017, como não poderia ser diferente, a Escola está preparando novamente um grande encontro. No entanto, ele será mais abrangente e, portanto, intitulado I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, cujo principal objetivo é possibilitar o intercâmbio de experiências exitosas de formação em saúde pública. A ideia é estreitar o diálogo e o crescimento conjunto de instituições-chave do Brasil e de Cuba, as quais, cotidianamente, enfrentam o desafio de qualificar recursos humanos para seus sistemas de saúde. O encontro acontecerá de 8 a 10 de maio na ENSP. Faça sua inscrição, participe! Acompanhe aqui a programação preliminar. 

  5. I Seminário Internacional Zika, Ciências Sociais e Humanidades acontece nesta quinta-feira (29/3)

    Nesta quinta-feira, a partir das 9h, acontecerá, no auditório térreo da ENSP/Fiocruz, o I Seminário Internacional Zika, Ciências Sociais e Humanidades. O evento integra a agenda do consórcio ZikAlliance, organização que mantém o compromisso com 52 parceiros mundiais, coordenada pelo Instituto Nacional Franês de Saúde e de Pesquisa Médica (INSERM). O ZikAlliance investiga aspectos clínicos, ambientais e sociais da infecção pelo virus.

  6. Pesquisadora integra comitê do Banco Mundial na área de tuberculose e doença pulmonar ocupacional

    O Banco Mundial nomeou a pesquisadora Margareth Dalcolmo, do Centro de Referência Professor Hélio Fraga, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (CRPHF/ENSP), integrante do Comitê Regional de Apoio a Projetos nas Áreas de Doenças Respiratórias Ocupacionais e Tuberculose para a África Subsaariana. O grupo, que reúne membros de diferentes países, fornece suporte técnico e científico para melhoria da cobertura e qualidade dos serviços de controle da tuberculose e de doença pulmonar ocupacional nos países africanos, além de prover as condições adequadas para submissão de projetos financiados pelo Banco Mundial. A pneumologista da Fiocruz é a primeira brasileira indicada para compor o comitê.

  7. ENSP realiza I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública

    Desde o ano de 2014, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) desenvolve diferentes tipos de cooperações com instituições formadoras em Saúde Pública de Cuba, com vistas a fortalecer a capacidade de governança dos sistemas de saúde de ambos os países. Como fruto dessa relação, a ENSP realizou, em 2015, o I Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública, considerado um sucesso. Sua segunda edição ocorreu no ano seguinte em Cuba. Para 2017, como não poderia ser diferente, a Escola está preparando novamente um grande encontro. No entanto, ele será mais abrangente e, portanto, intitulado I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, cujo principal objetivo é possibilitar o intercâmbio de experiências exitosas de formação em saúde pública. A ideia é estreitar o diálogo e o crescimento conjunto de instituições-chave do Brasil e de Cuba, as quais, cotidianamente, enfrentam o desafio de qualificar recursos humanos para seus sistemas de saúde. O encontro acontecerá de 8 a 10 de maio na ENSP. Faça sua inscrição, participe! Acompanhe aqui a programação preliminar. 

  8. PPGBIOS participa de reunião anual da Cátedra Unesco de Bioética

    Foi realizada, nesta segunda-feira, 20/3, em Limassol, Chipre, a reunião anual das unidades que formam a International Network of the Unesco Chair in Bioethics, do Centro Internacional de Saúde, Direito e Ética da Universidade de Haifa, em Israel. Entre as 154 unidades participantes, de 125 diferentes países, está a Unidade Rio de Janeiro - Brasil, instalada na ENSP. A Escola participa por intermédio do Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS), sob a responsabilidade do pesquisador e coordenador geral do PPGBIOS, Sergio Rego.

  9. ENSP realiza I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública

    Desde o ano de 2014, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) desenvolve diferentes tipos de cooperações com instituições formadoras em Saúde Pública de Cuba, com vistas a fortalecer a capacidade de governança dos sistemas de saúde de ambos os países. Como fruto dessa relação, a ENSP realizou, em 2015, o I Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública, considerado um sucesso. Sua segunda edição ocorreu no ano seguinte em Cuba. Para 2017, como não poderia ser diferente, a Escola está preparando novamente um grande encontro. No entanto, ele será mais abrangente e, portanto, intitulado I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, cujo principal objetivo é possibilitar o intercâmbio de experiências exitosas de formação em saúde pública. A ideia é estreitar o diálogo e o crescimento conjunto de instituições-chave do Brasil e de Cuba, as quais, cotidianamente, enfrentam o desafio de qualificar recursos humanos para seus sistemas de saúde. O encontro acontecerá de 8 a 10 de maio na ENSP. Faça sua inscrição, participe! Acompanhe aqui a programação preliminar. 

  10. ENSP realiza I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública

    Desde o ano de 2014, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) desenvolve diferentes tipos de cooperações com instituições formadoras em Saúde Pública de Cuba, com vistas a fortalecer a capacidade de governança dos sistemas de saúde de ambos os países. Como fruto dessa relação, a ENSP realizou, em 2015, o I Colóquio Brasil-Cuba de Formação em Saúde Pública, considerado um sucesso. Sua segunda edição ocorreu no ano seguinte em Cuba. Para 2017, como não poderia ser diferente, a Escola está preparando novamente um grande encontro. No entanto, ele será mais abrangente e, portanto, intitulado I Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, cujo principal objetivo é possibilitar o intercâmbio de experiências exitosas de formação em saúde pública. A ideia é estreitar o diálogo e o crescimento conjunto de instituições-chave do Brasil e de Cuba, as quais, cotidianamente, enfrentam o desafio de qualificar recursos humanos para seus sistemas de saúde. O encontro acontecerá de 8 a 10 de maio na ENSP. Faça sua inscrição, participe! Acompanhe aqui a programação preliminar.