1. Fiocruz recebe líder da Bloomberg Philanthropies

    A epidemiologista Kelly Henning, representante da Bloomberg Philanthropies, esteve no Brasil para cumprir uma agenda de visitas que engloba países como Vietnã, China, Indonésia, Filipinas, Paquistão, Bangladesh e Índia intencionando observar os sucessos e desafios no enfrentamento às doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs). O "Global Health Checkup" teve início no Inca, veio à Fundação Oswaldo Cruz e contou com presença da presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, e de parceiros, da Johns Hopkins University, da Vital Strategies, da The UNION, além de representantes de instituições nacionais como o Inca, ACTBr e da Fiocruz, tais como Tânia Fonseca, da Coordenação de Vigilância em Saúde e Laboratórios de Referência, Sergio Rabello, da Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz, Valeska Figueiredo, coordenadora do Centro de Estudos Sobre Tabaco e Saúde da ENSP/Fiocruz, Silvana Turci, coordenadora do Observatório sobre as Estratégias da Indústria do Tabaco.

  2. Seminário debate experiências brasileira e francesa de saúde no trabalho e estratégias sindicais nesta quinta e sexta-feira (10 e 11/5)

    Na quinta e sexta-feira, 10 e 11 de maio, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) promoverá o seminário Saúde no trabalho e estratégias sindicais: experiências francesa e brasileira. A atividade, realizada no âmbito da Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, contará com a participação de sociólogos e sindicalista franceses, além de pesquisadores da Fiocruz, para discutir a reestruturação produtiva que afeta o mundo do trabalho desde do final década de 70, trazendo a dessindicalização massiva que afeta todas as centrais sindicais francesas, particularmente a Confederação Geral do Trabalho (CGT). O seminário, aberto aos interessados e sem necessidade de inscrição prévia, é coordenado pela pesquisadora do Cesteh, Simone Oliveira.

  3. Seminário debate experiências brasileira e francesa de saúde no trabalho e estratégias sindicais nesta quinta e sexta-feira (10 e 11/5)

    Na quinta e sexta-feira, 10 e 11 de maio, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) promoverá o seminário Saúde no trabalho e estratégias sindicais: experiências francesa e brasileira. A atividade, realizada no âmbito da Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, contará com a participação de sociólogos e sindicalista franceses, além de pesquisadores da Fiocruz, para discutir a reestruturação produtiva que afeta o mundo do trabalho desde do final década de 70, trazendo a dessindicalização massiva que afeta todas as centrais sindicais francesas, particularmente a Confederação Geral do Trabalho (CGT). O seminário, aberto aos interessados e sem necessidade de inscrição prévia, é coordenado pela pesquisadora do Cesteh, Simone Oliveira.

  4. Seminário debate experiências brasileira e francesa de saúde no trabalho e estratégias sindicais nesta quinta e sexta-feira (10 e 11/5)

    Na quinta e sexta-feira, 10 e 11 de maio, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) promoverá o seminário Saúde no trabalho e estratégias sindicais: experiências francesa e brasileira. A atividade, realizada no âmbito da Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, contará com a participação de sociólogos e sindicalista franceses, além de pesquisadores da Fiocruz, para discutir a reestruturação produtiva que afeta o mundo do trabalho desde do final década de 70, trazendo a dessindicalização massiva que afeta todas as centrais sindicais francesas, particularmente a Confederação Geral do Trabalho (CGT). O seminário, aberto aos interessados e sem necessidade de inscrição prévia, é coordenado pela pesquisadora do Cesteh, Simone Oliveira.

  5. Aula aberta sobre intervenções complexas em saúde pública nesta segunda-feira (7/5)

    O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, de 7 a 9 de maio, o curso de curta duração com abrangência internacional Avaliação de efetividade de intervenções complexas em Saúde Pública. O curso busca discutir metodologias e modelos analíticos para avaliar a efetividade de intervenções complexas em saúde, direcionadas para redução das iniquidades em saúde. Voltado especialmente aos alunos de mestrado e doutorado da Escola, o curso terá aula inaugural aberta, com a presença da professora e pesquisadora do Centro de Desenvolvimento e Avaliação de Políticas e Tecnologias em Saúde Pública da Universidade do Vale, Colômbia, Ligia Malagon de Salazar. A aula será transmitida on-line no Canal da ENSP no Youtube.