1. Secretário de C&T do Ministério da Saúde realiza conferência no Isags

    O Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde recebe o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos para a Saúde, do Ministério da Saúde do Brasil, e pesquisador da ENSP/Fiocruz, Carlos Augusto Grabois Gadelha, para a conferência Inovação, acesso e desenvolvimento: perspectiva teórica e política do complexo econômico-industrial da saúde, que será realizada no dia 17/10, às 10 horas. O evento terá transmissão on-line em português, inglês e espanhol.

  2. Secretário de C&T do Ministério da Saúde realiza conferência no Isags

    O Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde recebe o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos para a Saúde, do Ministério da Saúde do Brasil, e pesquisador da ENSP/Fiocruz, Carlos Augusto Grabois Gadelha, para a conferência Inovação, acesso e desenvolvimento: perspectiva teórica e política do complexo econômico-industrial da saúde, que será realizada no dia 17/10, às 10 horas. O evento terá transmissão on-line em português, inglês e espanhol.

  3. Isags debate sistemas universais de saúde

    O Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags-Unasul) receberá, em 21/2, às 12h, a pesquisadora Asa Cristina Laurell para a conferência Sistemas Universais de Saúde: objetivos e desafios. O evento será transmitido pela internet em tempo real e aberto à participação interativa. Os participantes poderão enviar perguntas e comentários pelos endereços www.isags-unasul.org ou http://aovivonaweb.tv/isagstwitter e facebook.

     

  4. Alames e Isags debatem o direito à saúde

    O Centro de Estudos da ENSP de 13 de dezembro reuniu coordenadores da Asociación Latinoamericana de Medicina Social (Alames) e do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags/Unasul) para debater o tema Direitos à saúde na América Latina: barreiras e oportunidades. O diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, destacou o compromisso da Alames, fundada há cerca de 30 anos, com o pensamento crítico, a intervenção e a ação articulada com outras instituições. A coordenadora-geral da Alames, Nila Heredia, ex-ministra da Saúde da Bolívia, elogiou a ENSP pela sua particularidade em toda a América Latina. A coordenação do Ceensp coube ao coordenador adjunto da Alames, José Carvalho de Noronha.

  5. Investimento dos royalties só para educação afetará o SUS

    O ex-ministro da saúde, atual diretor executivo do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags) e pesquisador da ENSP/Fiocruz, José Gomes Temporão, afirmou, em entrevista para o jornal O Globo de 9 de dezembro que, até o ano 2030, o Brasil terá mais velhos para cuidar e menos jovens para educar. Segundo ele, a estagnação da saúde e a iniquidade do Sistema Único de Saúde (SUS) ocorrerão em consequência da concentração total dos recursos dos royalties do petróleo da camada do pré-sal na educação.

  6. Isags lança livro sobre sistemas de saúde na América do Sul

    A publicação Sistemas de Saúde na América do Sul: desafios para a universalidade, a integralidade e a equidade, organizada pelo Instituto de Governo em Saúde da Unasul (Isags), é resultado de trabalho conjunto dos 12 países do bloco e oferece amplo panorama da região. Ligia Giovanella, pesquisadora da ENSP e uma das organizadoras da publicação, destacou, em entrevista ao Isags, que o livro reúne informações valiosas para estudantes, estudiosos e pesquisadores. Substrato precioso, a obra permite análises sobre as diversas dimensões dos sistemas de saúde. A publicação está disponível na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  7. Tecnologias em saúde: experiência do CVSP em debate

    Encerrando as atividades da II Reunião da Rede de Escolas de Saúde Pública (Resp/Unasul), no dia 19/10, a coordenadora da Comunicação Institucional da Escola Nacional de Saúde Pública, Ana Furniel, apresentou a experiência do Campus Virtual em Saúde Pública (CVSP) e a experiência do Nodo Brasil, o qual ela também coordena. O Campus Virtual é um espaço na internet com o objetivo de desenvolver programas de cooperação internacional na área de educação em saúde pública. Em sua apresentação, Ana Furniel abordou os principais componentes do CVSP, citando os repositórios e fóruns de discussão. Sobre o CVSP Brasil, a coordenadora explicou o modelo cooperado do Nodo Brasil. Confira, na Biblioteca Multimídia da ENSP, o áudio do evento.

     

  8. Apresentações da II Reunião da Resp/Unasul disponíveis na internet

    Nos dia 18 e 19 de outubro, ocorreu, no Rio de Janeiro, Brasil, a II Reunião da Rede de Escolas de Saúde Pública (Resp/Unasul). Seus objetivos foram: discutir a governança da formação de recursos humanos para a saúde pelos governos e experiências exitosas no continente sul-americano; conhecer políticas e programas de formação em recursos humanos para a saúde pública na perspectiva dos países; e identificar áreas e temas de cooperação técnica na Resp. O evento aconteceu na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz).

  9. Quanto mais desigualdade social, mais risco democrático

    Conceitos e práticas das Escolas de Governo em Saúde (EGS) foi tema da II Reunião da Rede de Escolas de Saúde Pública no dia 18 de outubro. O encontro foi apresentado pelo diretor do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz e representante do Brasil na coordenação da Unasul Saúde, Paulo Buss. Segundo ele, a conjuntura de democratização da região e a estabilidade política foram favoráveis para a Unasul e a Resp, porque as escolas de governo podem ser um instrumento poderoso para melhorar a governança no setor saúde. "Democracia tem a ver com equidade, com formação de líderes capazes de formular e implementar as políticas públicas, não apenas reproduzi-las, pois são a expressão de ação dos estados. Quanto mais desigual a sociedade, mais risco há para a estabilidade democrática". Confira o áudio na Biblioteca Multimídia da ENSP.