1. Violência contra idosos fica fora das estatísticas

    A pesquisa Análise Diagnóstica de Sistemas Locais de Saúde para Atender aos Agravos Provocados por Acidentes e Violências contra Idosos realizada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e que contou com participação das pesquisadoras da ENSP Edinilsa Ramos e Suely Deslandes foi destaque na edição de 15 de abril do jornal Gazeta do Povo, do Paraná.

  2. Tecnologia a serviço da saúde pública

    O jornal O Dia de quarta-feira, 15 de abril, traz matéria sobre o Núcleo de Desenvolvimento de Jogos que usa softwares para simplificar a programação de jogos e difundir informações sobre questões de saúde pública. O projeto é desenvolvido pelo grupo Moleque de Ideias em parceria com o Laboratório Territorial de Manguinhos, da ENSP/Fiocruz.

  3. Cai mortalidade por doenças cardiovasculares

    Estudo que analisou dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde, de 1980 a 2003, que teve entre seus pesquisadores Cynthia Cunha (Demqs/ENSP) foi destaque na edição de 11 de abril, do jornal O Estado de São Paulo. No período, a taxa de mortes a cada 100 mil habitantes passou de 287,3 para 161,9, com um decréscimo anual de 3,9% - embora o número absoluto de óbitos tenha aumentado e siga essa tendência nos próximos anos, à medida em que a população brasileira cresce e envelhece.

  4. Relação médico/paciente na Era da internet

    A edição de domingo (12 de abril) do jornal O Globo traz uma matéria sobre o aumento da busca por informações sobre saúde na internet, gerando uma nova forma de relação entre médicos e pacientes. O estudo foi realizado por Helena Beatriz da Rocha Garbin, doutoranda da ENSP, Maria Cristina Rodrigues Guilam, pesquisadora da ENSP, e pelo historiador André de Faria Pereira Neto, da Casa de Oswaldo Cruz (COC).

  5. Cabeça quente e arma na mão

    Matéria publicada na edição de 08/04 na Revista Isto é abordou a questão da má qualidade do atendimento psicológico aos policiais brasileiros e citou resultados de uma pesquisa realizada pelo Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP/Fiocruz) feita com 1.300 policiais militares.

  6. Agente tóxico altera DNA de espermatozoide

    O jornal Folha de S. Paulo publicou, em 26 de março de 2009, uma reportagem sobre o impacto do PCB (policloretos de bifenilas) na saúde humana. Segundo estudos, a ação deste e de outros poluentes afetam a fertilidade humana. Entre os especialistas ouvidos na matéria está a doutoranda da ENSP Gerusa Gibson, responsável por um estudo sobre a diminuição no número de nascimentos de indivíduos do sexo masculino conforme a exposição demasiada e o consumo elevado de agrotóxicos.

  7. Problema na saúde é de gestão, diz pesquisador

    A edição de terça-feira (7/04) da Tribuna Digital traz uma matéria revelando que o principal problema na saúde no Brasil está ligado à gestão. Essa é a visão do pesquisador da ENSP/Fiocruz, Walter Mendes, do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde. Segundo Walter "O modelo de gestão dos hospitais públicos brasileiros é arcaico. Não é nada profissional".

  8. Medicamentos de marca podem ser mais caros

    A edição on-line do Correio Lageano traz matéria informando que os preços máximos fixados pelo governo ficam muito acima do que é praticado pelo mercado, de acordo com pesquisa do Idec com 164 medicamentos. A pesquisadora da ENSP/Fiocruz Vera Lucia Luiza explica, no texto, que a regulação dos preços é praticado pela Anvisa.

  9. Mulheres precisam de mais qualidade de vida

    A edição de segunda-feira (30/03) do jornal O Globo trouxe mais uma matéria referente a iniciativa Rio Como Vamos (RCV), que pretende monitorar a gestão municipal na cidade do Rio de Janeiro através dos indicadores de educação, saúde, segurança pública, meio ambiente, entre outros. Desta vez, o jornal apresentou um estudo que mostra que a qualidade de vida das mulheres cariocas precisa melhorar. Entre as especialistas ouvidas na matéria está a doutoranda em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP, Adriane Reis Sabroza.