1. Mulheres precisam de mais qualidade de vida

    A edição de segunda-feira (30/03) do jornal O Globo trouxe mais uma matéria referente a iniciativa Rio Como Vamos (RCV), que pretende monitorar a gestão municipal na cidade do Rio de Janeiro através dos indicadores de educação, saúde, segurança pública, meio ambiente, entre outros. Desta vez, o jornal apresentou um estudo que mostra que a qualidade de vida das mulheres cariocas precisa melhorar. Entre as especialistas ouvidas na matéria está a doutoranda em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP, Adriane Reis Sabroza.

  2. Lixo e falta de água: vilões para a procriação

    A edição de 27 de março do jornal Diário de Pernambuco trouxe um especial sobre como a ubrnização acelerada, a produção de lixo e falhas do abastecimento de água contribuem para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela dengue. Entre os especialistas ouvidos está o pesquisador da ENSP, Paulo Sabroza, do Departamento de Endemias Samuel Pessoal.

  3. Novas perspectivas para gestão do SUS

    O pesquisador da ENSP/Fiocruz Pedro Barbosa escreveu artigo, para a edição de 26/03 do Jornal do Brasil, destacando a necessidade de maiores investimentos financeiros para o SUS, de forma a melhorá-lo e aperfeiçoá-lo e, consequentemente, aumentar a atenção e a gestão hospitalar brasileira.

  4. Jornal Nacional: guia da ENSP ensina a reduzir contaminação em alimentos

    Na terça-feira (24/03) o Jornal Nacional, da Rede Globo, apresentou uma reportagem sobre pesquisa realizada na ENSP/Fiocruz, que resultou na criação de uma página eletrônica com material multimídia ensinando a reduzir a contaminação em alimentos. As imagens mostram que não adianta comprar produtos expostos à sujeira e limpar depois. O trabalho é coordenado pelo pesquisador da ENSP William Weissmann.

  5. Cuidados com os alimentos

    A pesquisa desenvolvida pela ENSP que alerta a população para as doenças transmitidas por alimentos foi tema de uma reportagem na edição de sexta-feira (20/3) da Folha de São Paulo. O texto destaca a página eletrônica criada para a pesquisa, que tem a intenção de suprir a carência de informações sobre higiene e segurança alimentar e evitar doenças transmitidas por meio da alimentação.

  6. Saúde mental: lobby e preconceito dificultam novo modelo

    Em entrevista ao Jornal do Brasil desta segunda-feira (9/3), o pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, Paulo Amarante, criticou o forte lobby pela manutenção do modelo antigo de atenção à saúde mental. Passados mais de 20 anos do início da reforma anti-manicomial no Brasil, ainda existe um confronto ideológico no meio da psiquiatria sobre o modelo a ser implementado.

  7. Busca de dados sobre doenças na internet preocupa especialistas

    O estudo que analisa de que forma a busca sobre informações na internet modifica a relação médico-paciente foi tema de uma reportagem no jornal O Estado de São Paulo, nesta quinta-feira (5/03). O estudo foi feito por pesquisadores da ENSP e da Casa de Oswaldo Cruz, da Fiocruz, e publicada no periódico Interface - Comunicação, Saúde, Educação.