1. Imprensa divulga pesquisa da ENSP sobre álcool e câncer

    O jornal O Estado do Maranhão publicou reportagem, em 4 de fevereiro, sobre a pesquisa da ENSP que trata da relação entre o consumo de álcool, alimentos gordurosos e o desenvolvimento do câncer de mama. Motivada pelo aumento do número de casos de câncer no Brasil e no mundo, Rita de Cássia Albuquerque decidiu estudar o tema durante o doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente da ENSP. 
     

  2. Pesquisa sobre idosos e planos de saúde repercute na imprensa

    O site Exame.com publicou matéria sobre a dissertação de mestrado do aluno da ENSP Wilson Marques Vieira Junior, intitulada Idosos e planos de saúde no Brasil: análise das reclamações recebidas pela Agência Nacional de Saúde SuplementarSegundo ele, os idosos foram o conjunto demográfico que, de forma proporcional, teve mais queixas (60,8 contra 25,5/10 mil beneficiários).

  3. Pesquisa sobre reclamação de idosos na ANS repercurte na imprensa

    A dissertação de mestrado 'Idosos e planos de saúde no Brasil: análise das reclamações recebidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, pelo especialista em Regulação de Saúde Suplementar da ANS', apresentada na ENSP por Wilson Marques Vieira Junior, repercutiu em diversos meios de comunicação na quarta-feira (29/1). A pesquisa foi divulgada nos portais R7, Uol, Bol, Saúde Web e Clica Brasília. O estudo conclui que os idosos apresentam mais reclamações que os demais grupos etários na ANS, reforçando a ideia de que são os mais afetados pela atual configuração do setor privado de saúde e pelas restrições impostas pelas operadoras de saúde.

  4. Estudo sobre certificação de sites ganha destaque na imprensa

    A pesquisa Uma proposta de critérios de avaliação da qualidade para sites de saúde, defendida pela analista de sistemas e tecnologista da Coordenação de Comunicação Institucional da ENSP, Ana Paula Bernardo de Mendonça, ganhou destaque no Portal IG, na seção Saúde. A reportagem, intitulada Pesquisa sugere critérios para medir qualidade de sites sobre saúde, aborda a recente prática de se buscar na internet informações sobre sua própria condição de saúde, a facilidade de acesso à rede e a quantidade de informações nela disponível. O estudo aponta que as iniciativas para tentar ajudar o usuário a escolher fontes de informação são quase inexistentes no Brasil.

  5. Comissão da Verdade agora para a Saúde

    No dia 26 de janeiro, o jornal O Globo publicou matéria, na seção País, sobre a Comissão da Verdade da Reforma Sanitária. O texto traz contribuições de Anamaria Tambellini, José Ruben Bonfim, Modesto da Silveira e Ana Costa. A Comissão é organizada pela Abrasco e pelo Cebes e tem o apoio irrestito da Direção da ENSP. 

  6. 36% dos brasileiros sofrem com dores nas costas

    Na sexta-feira (24/1), o jornal Diário do Litoral, da cidade de Santos, publicou a reportagem 'Saiba como manter uma boa postura', na qual citou o estudo coordenado pelo pesquisador da ENSP Alberto Najar, que indica a porcentagem de brasileiros que sofrem com dores nas costas. O texto traz uma série de recomendações para se manter uma postura correta e evitar o problema que acomete cerca de 36% da população brasileira.

  7. Pesquisador aponta problemas devido ao lixo deixado nas praias

    "Pelo menos 70% do lixo nas praias é composto de algum tipo de plástico, que, no mar, pode causar graves problemas ambientais. Tartarugas, aves e até golfinhos comem o plástico, que acaba por matá-los. Além disso, a decomposição solta produtos tóxicos na água", afirmou o pesquisador da ENSP/Fiocruz Salvatore Siciliano, em entrevista publicada na edição impressa do jornal O Globo de quarta-feira (22/1).

  8. Pesquisador comenta a questão dos riscos hospitalares no país

    Em entrevista à Rádio CBN, o pesquisador da ENSP Walter Mendes comentou a pesquisa 'Revisão dos estudos de avaliação da ocorrência de eventos adversos em hospitais', da qual é coordenador, e afirmou que a cultura do 'não-diálogo' entre o médico e paciente deve ser vencida. A matéria abordou a questão dos riscos hospitalares no Brasil.

  9. Medicina precisa mudar com aumento da expectativa de vida

    A pesquisadora do Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP), Edinilsa Ramos, opinou sobre os desafios para a medicina e para a sociedade com as acentuadas taxas de envelhecimento da população, em reportagem do Jornal do Brasil, divulgada no dia 4/1. Edinilsa explica que essa nova realidade, que inclui a presença de pessoas extremamente idosas, em um número cada vez maior, pede por uma adaptação dos cursos de medicina e dos serviços de saúde.

  10. Estudo aponta déficit para o abastecimento de água potável

    A dissertação de mestrado defendida na ENSP que analisou os dados disponíveis sobre a cobertura de abastecimento de água potável no Brasil, buscando identificar o tamanho de seu déficit, foi tema de reportagem na página eletrônica do Instituto Humanitas Unisinos (IHU). O farmacêutico José Bento da Rocha, autor do estudo, afirmou que apesar dos investimentos realizados nas últimas décadas, o déficit nacional para o serviço de abastecimento de água potável ainda é da ordem de 10%. O IHU é um órgão transdisciplinar da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos, em São Leopoldo, RS.