1. Colunista divulga curso capacitação da ENSP para controle do tabaco

    A Comunidade de Práticas sobre Controle do Tabaco, criada pelo Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde (Cetab/ENSP) e a Coordenação de Educação à Distância (EAD/ENSP) com o objetivo de padronizar e melhor instrumentalizar os fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o cumprimento da nova regulamentação de controle do tabaco, foi noticiada na coluna do jornalista Ancelmo Gois, no site do O Globo. A iniciativa, que formará mil fiscais da Anvisa, também foi divulgada nos principais jornais de Sergipe e Alagoas. 

  2. Perfil da enfermagem: jornais enfocam insegurança no trabalho

    A situação de violência e insegurança vivenciada pelos profissionais da enfermagem no local de trabalho, relatada na pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil, foi noticiada em diversos jornais do país. Coordenado pela pesquisadora da ENSP Maria Helena Machado, o estudo aponta insegurança nos locais de trabalho (70%), situações de violência (20%) e desgaste profissional (66%). Acesse as reportagens publicadas na Folha de S. Paulo, Bom dia Brasil, Jornal da Record, Bandnews e SBT Repórter.

  3. Pesquisadora opina sobre selo que confere salubridade dos imóveis

    No domingo (7/6), a Folha de S. Paulo divulgou reportagem sobre a criação do Selo Casa Saudável, iniciativa que tem como objetivo avaliar as construções segundo seu impacto na saúde dos usuários. A pesquisadora da ENSP Simone Cynamon disse, em entrevista ao jornal, que a iniciativa é válida, mas também alertou para o impacto da certificação no valor dos imóveis. "É preciso cuidado para que a certificação não dificulte ainda mais o acesso a habitações saudáveis para as classes mais pobres e até médias". Confira a reportagem completa.
     

  4. Alzheimer: colunista do O Globo destaca estudo da ENSP sobre aumento da mortalidade

    O colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, noticiou, na edição de domingo (31/5), pesquisa realizada pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) que relata evolução na mortalidade por doença de Alzheimer. Segundo o estudo, para o conjunto das capitais do país, o grupo etário de pessoas com 80 anos ou mais apresentou, no período de 2000 a 2009, aumento da mortalidade de 15,5% entre as mulheres e 14% entre os homens. Já na faixa de 60 a 79 anos, o crescimento foi de 8,4% e 7,7%, respectivamente. O estudo, desenvolvido pela pesquisadora Jane Blanco Teixeira, foi publicado no Cadernos de Saúde Pública.
     

  5. Série de reportagens aponta os fatores que contribuem para aumentar a obesidade infantil

    Na sexta-feira, o jornal Zero Hora publicou uma série de reportagens sobre obesidade infantil, e a nutricionista Sueli Rosa Gama, do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF), da Escola Nacional de Saúde Pública, comentou os fatores que contribuem para o aumento desta condição nas crianças. “Vivemos em um ambiente mais tecnológico que facilita a saúde em determinados aspectos e dificulta em outros. Todos estão sofrendo as consequências do estilo de vida atual”, afirmou Sueli. Ela ainda apresentou um estudo realizado pelo CSEGSF e a Clínica da Família Victor Valla que revela a porcentagem de crianças que bebem refrigerantes e sucos industrializados diariamente. 

  6. Benzeno: reportagem destaca ações judiciais a trabalhadores expostos

    A edição de domingo (24/5) do jornal O Globo traz reportagem sobre estudos e ações na justiça que denunciam exposição de trabalhadores a substância cancerígena. A contaminação ocorrida por benzeno é destaque no texto, através de estudos realizados pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Na ENSP, o trabalho desenvolvido pelo Cesteh Avaliação da exposição ocupacional ao benzeno em postos de combustíveis do município do Rio de Janeiro: uma abordagem integrada para as ações de vigilância em saúde é ressaltado nas falas do pesquisador Marco Menezes.

  7. Artigo relata falta de qualidade na assistência à saúde

    Membro titular da Comissão de Saúde da Câmara Municipal do Rio de Janeiro e gestor convidado da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), Paulo Pinheiro publicou artigo no jornal O Globo, desta terça-feira (19/5), sobre a falta de qualidade no atendimento público e privado na saúde. Na opinião do especialista, o serviço privado de saúde, que fora estimulado pelo Estado brasileiro ao longo de três décadas, não melhorou a saúde do brasileiro: "o cidadão está mais satisfeito? Mais tranquilo? Não é preciso ser nenhum especialista para afirmar que ninguém está feliz. As pesquisas de opinião revelam que o problema número um do brasileiro ainda é a saúde. A marcação de consultas e exames nos serviços privados pode levar muitos meses. As filas das emergências dos hospitais privados já não diferem tanto das dos hospitais públicos", disse o pesquisador. Confira o artigo na íntegra.

  8. Imprensa repercute pesquisa sobre o Perfil da Enfermagem

    A Fundação Oswaldo Cruz, por meio da Escola Nacional de Saúde Pública, e o Conselho Federal de Enfermagem lançaram no início de maio (mês da enfermagem) a pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil. O mais amplo levantamento sobre uma categoria profissional da América Latina teve repercussão em diversos veículos de comunicação do país e aponta uma situação de desgaste entre os profissionais, concentração regional, tendência à masculinização e subsalários. Veja as reportagens.

  9. Mesotelioma já provocou mais de 3 mil mortes no país

    O pesquisador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP Francisco Pedra concedeu entrevista à Rádio Nacional, no dia 24/4, em reportagem que abordou a proibição do uso de amianto no estado do Mato Grosso. Conforme explicou o pesquisador, a fibra é causadora do mesotelioma, um câncer que ocorre nas membranas de revestimento dos órgãos humanos, e da asbestose pulmonar. Pedra informou que entre 1980 e 2010, no Brasil, ocorreram 3 mil e 700 mortes por mesotelioma.