1. Material para servidor federal entra na fase de validação

    Visando atender e qualificar as demandas de saúde e trabalho dos servidores públicos federais, a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) firmaram acordo para elaborar um material de referência para a saúde desses trabalhadores. A cooperação, cujo objetivo foi subsidiar a implantação do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass), agora, em 2013, tem como meta a validação desse material em atividades periciais, de vigilância e promoção da saúde dos servidores. O Trabalho é desenvolvido na ENSP pelo Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, sob a coordenação dos pesquisadores Marco Menezes e Rita Mattos. A ação resultará na criação de um mestrado profissional para capacitar os profissionais do Siass.

  2. Parceria entre SGTES, Abrasco e Rede de Escolas prevê implantação de Agência Acreditadora e formação de sanitaristas

    A Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e a Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde firmam parceria para a implantação da Agência Acreditadora dos Cursos Lato Sensu em Saúde Pública e a formação, em nível de especialização, de trabalhadores de saúde para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS).

  3. Parceria entre SGTES, Abrasco e Rede de Escolas prevê implantação de Agência Acreditadora e formação de sanitaristas

    A Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e a Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde firmam parceria para a implantação da Agência Acreditadora dos Cursos Lato Sensu em Saúde Pública e a formação, em nível de especialização, de trabalhadores de saúde para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS).

  4. Ética em pesquisa: nova resolução é publicada

    Foi publicada, no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira (13/6), as novas diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Segundo o pesquisador da ENSP e coordenador pela Escola do Programa de Pós-Graduação em Bioética Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS), Sergio Rego, essa revisão da Resolução CNS Nº466, de dezembro de 2012, traz alguns avanços, mas também muitos retrocessos. O texto, aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), do Conselho Nacional de Saúde, foi concluído em dezembro do ano passado, depois de ser submetido a fóruns, plenárias e passar por consulta pública para a consolidação das propostas de mudanças até chegar à sua versão final. Confira as definições, disponíveis on-line, na página eletrônica da Conep.

  5. Pesquisador participa de programa sobre segurança do paciente

    No dia 11/6, Walter Mendes, pesquisador da ENSP e representante da Fiocruz no Comitê de Implementação do Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), participou do programa do Canal Saúde Sala de Convidados, que debateu as ações e metas do PNSP. O programa foi transmitido ao vivo e recebeu diversas perguntas dos telespectadores. O vídeo está disponível online e pode ser acessado na página eletrônica do Canal Saúde e em seu canal no YouTube.

  6. Eventos adversos e erros: pesquisador explora o tema

    Discutir estratégias para o enfrentamento do problema de erros de medicação, com ênfase na atuação interdisciplinar e sistêmica para a sua prevenção. Esse foi o propósito do I Seminário sobre Erros Médicos, realizado no dia 22/5, no Rio de Janeiro. O encontro pretendeu ainda sensibilizar profissionais em relação às práticas seguras no uso de medicamentos. No evento, o pesquisador da ENSP Walter Mendes discutiu a questão dos Eventos adversos X Erros. O seminário foi realizado no âmbito da proposta de implementação de medidas previstas no Programa Nacional de Segurança do Paciente, do qual a ENSP participa, mais especificamente em seu comitê de implementação.

  7. Novo curso fortalece atores para decisões em saúde

    A ENSP acaba de lançar o Curso Nacional de Ativação para o Desenvolvimento da Prática do Controle Social no SUS, que conta com ferramentas inéditas. Além do material didático básico, foi desenvolvida a minissérie televisiva Saúde em cena, que retrata o cotidiano de um conselho municipal de saúde. Dividida em 12 capítulos, a produção está disponível em acesso aberto. Em breve, o material escrito também estará on-line. Fruto de um intenso trabalho de cooperação entre a ENSP e a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (Segep), do Ministério da Saúde, o curso, oferecido na modalidade a distância, integra o Programa de Apoio à Política Nacional de Educação Permanente para o Controle Social do SUS (QualiConselhos). Com 8 mil vagas abertas, é voltado para conselheiros municipais de saúde de todo o Brasil e responde a uma demanda da Segep.

  8. Teias completa três anos de atuação em Manguinhos

    É positivo o saldo da Iniciativa Teias Escola Manguinhos dos últimos três anos: 13 equipes de Saúde da Família, 5 equipes de Saúde Bucal, 1 equipe de Consultório na Rua, 1 Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), além de apoiadores institucionais e administrativos, totalizando cerca de 200 profissionais. Fruto de cooperação técnica entre a ENSP e o governo municipal do Rio de Janeiro (Subpav/SMSDC), que engloba, entre outras ações, a cogestão da saúde no território de Manguinhos, a iniciativa, desde a sua criação, assumiu a responsabilidade da gestão direta da Atenção Primária em Saúde à população de Manguinhos. Ela segue o modelo da Estratégia de Saúde da Família e busca construir um modelo participativo de gestão como caminho para a promoção da saúde, de ações intersetoriais e ambientes saudáveis.