1. Atenção Primária: Rede divulga contribuição para formulação de agenda estratégica

    A Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde (APS) da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) divulgou um documento em que expressa a sua posição frente ao contexto de necessidades históricas do SUS e da Estratégia Saúde da Família, agravado nos dois  últimos anos com a ruptura democrática no país. Essa é a contribuição da Rede para a formulação de uma agenda política estratégica para a APS no SUS. A pesquisadora da ENSP, Ligia Giovanella, é integrante do comitê gestor da Rede de Pesquisa.

  2. Federalismo e gestão governamental em debate na ENSP

    A Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, em parceria com a ENSP/Fiocruz, promoveu o evento Federalismo, gestão governamental e processo decisório no cenário atual: desafios para o SUS. A atividade buscou discutir elementos centrais do Sistema Único de Saúde no âmbito da governança em saúde, tendo como eixo norteador as eleições de 2018. As apresentações estão disponíveis no Canal da ENSP no Youtube.

  3. Curso sobre teoria e boas práticas em aleitamento materno está com inscrições abertas

    Estão abertas as inscrições para o Curso de Qualificação Profissional Aleitamento Materno: teorias e boas práticas para atuação dos profissionais. O curso objetiva capacitar os profissionais de Saúde de nível superior que atuam na atenção à saúde da mulher, da criança e da família no desenvolvimento de ações promotoras do aleitamento materno. As inscrições devem ser feitas na Plataforma Siga.

  4. Federalismo e gestão governamental em debate na ENSP

    A Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, em parceria com a ENSP/Fiocruz, promoveu o evento Federalismo, gestão governamental e processo decisório no cenário atual: desafios para o SUS. A atividade buscou discutir elementos centrais do Sistema Único de Saúde no âmbito da governança em saúde, tendo como eixo norteador as eleições de 2018. As apresentações estão disponíveis no Canal da ENSP no Youtube.

  5. Curso de atenção à saúde de pessoas em situação de rua: inscrições abertas para tutores

    Estão abertas as inscrições para tutores do curso de Atenção Integral à Saúde de Pessoas em Situação de Rua (com ênfase nas equipes do Consultório na Rua - eCR). Ao todo, estão sendo ofertadas 20 vagas, 8 delas para aproveitamento imediato e 12 para eventual convocação a partir das necessidades do curso. A qualificação profissional é oferecida em nível de formação continuada (para nível básico e superior), na modalidade a distância com encontros presenciais. 

  6. Transexualidade é retirada da lista de doenças mentais da Organização Mundial da Saúde

    A OMS retirou a transexualidade da lista de doenças mentais e comportamentais. O anúncio foi feito no lançamento da nova Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID 11). A transexualidade ainda está presente na CID, mas agora em uma nova categoria, denominada saúde sexual. Segundo o doutorando da ENSP, Luiz Montenegro, com a nova CID a transexualidade deixa de ser considerada um transtorno mental e isso contribuirá para a diminuição do estigma junto à população.

  7. Transexualidade é retirada da lista de doenças mentais da Organização Mundial da Saúde

    A OMS retirou a transexualidade da lista de doenças mentais e comportamentais. O anúncio foi feito no lançamento da nova Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID 11). A transexualidade ainda está presente na CID, mas agora em uma nova categoria, denominada saúde sexual. Segundo o doutorando da ENSP, Luiz Montenegro, com a nova CID a transexualidade deixa de ser considerada um transtorno mental e isso contribuirá para a diminuição do estigma junto à população.

  8. Cresce cobertura vacinal contra gripe, mas gestantes e crianças continuam com índice de imunizaçã abaixo da meta

    Mesmo com o aumento dos casos de gripe neste ano em comparação com o ano passado, a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe não atingiu a meta do Ministério da Saúde, que era vacinar, pelo menos, 90% do público-alvo. Gestantes e crianças continuam com o menor índice de vacinação do país com cobertura 73,2% e 73,4 respectivamente.

  9. Transexualidade é retirada da lista de doenças mentais da Organização Mundial da Saúde

    A OMS retirou a transexualidade da lista de doenças mentais e comportamentais. O anúncio foi feito no lançamento da nova Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID 11). A transexualidade ainda está presente na CID, mas agora em uma nova categoria, denominada saúde sexual. Segundo o doutorando da ENSP, Luiz Montenegro, com a nova CID a transexualidade deixa de ser considerada um transtorno mental e isso contribuirá para a diminuição do estigma junto à população.