1. Fiocruz discute importância da Atenção Primária à Saúde no combate à pandemia

    A importância da Atenção Primária à Saúde (APS) no combate à Covid-19 foi pauta de seminário online realizado no dia 17 de junho pela Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção à Saúde, a Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação e a Gerência Regional de Brasília da Fiocruz. Na ocasião foi apresentada, por gestores e pesquisadores da Fundação, a experiência da Fiocruz e os desafios para o fortalecimento do SUS frente à pandemia. 

  2. Qual o lugar das outras demandas de saúde no cenário da pandemia?

    Um dos desafios para os sistemas de saúde frente à pandemia é adequar rotina e emergência. Com o surgimento do novo coronavírus, mais da metade dos países que sofreram com a pandemia interromperam parcial ou completamente os serviços de tratamento de doenças como hipertensão, diabetes e câncer, segundo levantamento realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para fazer uma análise da situação, o Centro de Estudos Estratégicos (CEE/ENSP) entrevistou o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão, membro titular da Academia Brasileira de Medicina, e o ex-diretor do Instituto Nacional do Câncer e do Centro Colaborador da OMS para o Controle do Tabaco Luiz Antonio Santini. Confira!

  3. Profissionais de Saúde: inscrições abertas para curso on-line sobre coronavírus

    A Fiocruz acaba de lançar o curso à distância Covid-19: manejo da infecção causada pelo novo coronavírus. A formação é aberta, gratuita e autoinstrucional, modelo que considera uma ampla rede de trabalhadores que estão na linha de frente do combate à nova doença que está causando a pandemia mundial. O pesquisador da ENSP, André Perissè é responsável pela coordenação acadêmica do curso juntamente com Marília Santini, do INI/Fiocruz. A vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação da Fiocruz e também pesquisadora da Escola, Cristiani Vieira Machado, explica que a formação em escala é uma estratégia fundamental para responder à crise. As inscrições já estão abertas. Acesse.
     

  4. Profissionais de Saúde: inscrições abertas para curso on-line sobre coronavírus

    A Fiocruz acaba de lançar o curso à distância Covid-19: manejo da infecção causada pelo novo coronavírus. A formação é aberta, gratuita e autoinstrucional, modelo que considera uma ampla rede de trabalhadores que estão na linha de frente do combate à nova doença que está causando a pandemia mundial. O pesquisador da ENSP, André Perissè é responsável pela coordenação acadêmica do curso juntamente com Marília Santini, do INI/Fiocruz. A vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação da Fiocruz e também pesquisadora da Escola, Cristiani Vieira Machado, explica que a formação em escala é uma estratégia fundamental para responder à crise. As inscrições já estão abertas. Acesse.
     

  5. Websérie Na fila do SUS aborda precarização da saúde pública

    Filmada no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, a websérie Na fila do SUS estreou nesta segunda-feira (13/4), trazendo à tona um debate sobre a saúde pública antes e durante a pandemia da covid-19. A série foi produzida por meio de financiamento coletivo, com apoio da Asfoc/Fiocruz e de profissionais de saúde de todo Brasil.

  6. 'TB ainda é muito incidente, principalmente em populações vulneráveis', aponta pesquisador

    “No Brasil, todos os anos, morrem cerca de 4.500 pessoas por tuberculose. Esse número é maior que o de mortes na China por Covid-19, por exemplo”, destaca o chefe do Centro de Referência Professor Hélio Fraga da ENSP, Jesus Pais Ramos, neste 24 de março, data em que se faz referência ao Dia Mundial de Tuberculose. Neste momento de pandemia de coronavírus, a Organização Mundial de Saúde (OMS) ressalta a importância da continuidade em tratar das vítimas de TB: “As autoridades de Saúde devem manter o apoio aos serviços essenciais para a tuberculose, incluindo cuidados durante emergências, pois pessoas doentes com TB e Covid-19 poderão ter resultados piores no tratamento, sobretudo se a terapia para tuberculose for interrompida.”

  7. ENSP: compromisso com a integração latino-americana e o desenvolvimento sustentável

    A vice-diretora de Escola de Governo em Saúde da ENSP e coordenadora da Secretaria Técnica e Executiva da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública (RedEscola), Rosa Souza, esteve em Havana, Cuba, para o 12º Congresso Internacional de Educação Superior. Na ocasião, ela participou de um simpósio sobre direito social à saúde e um colóquio de educação e prática interprofissional. Rosa também apresentou a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, e discorreu sobre o que a ENSP e a Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública da América Latina (Resp-AL) realizaram em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).