1. Artigo que avalia Ambiente Virtual de Aprendizagem recebe prêmio internacional

    Com uma estratégia inovadora, o artigo Assessment of the use of online communities to integrate educational processes development teams: an experience in popular health education in Brazil foi premiado na Conferência Internacional e-Learning 2014, em Lisboa, Portugal. Escrito pelos pesquisadores da ENSP Elomar Barilli, Stenio de Freitas Barreto, Carla Moura e Marco Antonio Menezes, ele trata do levantamento e análise quanti-qualitativa do uso de Ambientes Virtuais no Programa de Qualificação em Educação Popular em Saúde - uma iniciativa da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (Sgep/MS), em parceria com a ENSP e a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz).

  2. Hélio Fraga comemora 30 anos nesta quarta-feira (17/12)

    Nesta quarta-feira 17/12, o Centro de Referência Professor Hélio Fraga da ENSP celebrará seu trigésimo aniversário com a palestra Controlando a tuberculose no século XXI: novas tecnologias, novos riscos e os persistentes determinantes sociais. A aula, que também marca o início do Mestrado Profissional em Epidemiologia e Controle da Tuberculose, será ministrada pelo professor titular do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA) Mauricio Barreto e acontece às 10 horas, no auditório do CRPHF/ENSP. A atividade será acompanhada da exposição Manguinhos revelado: um lugar para a ciência. O evento é aberto aos interessados.

  3. Publicação sobre acesso a medicamentos será lançada nesta segunda-feira (15/12)

    Nesta segunda-feira (15/12) haverá o lançamento do livro Acesso a medicamentos - Direito ou Utopia?, do vice-presidente de Inovação e Produção da Fiocruz e ex-diretor da ENSP, Jorge Bermudez. O lançamento será às 19h, na Blooks Livraria, situada no espaço Itaú de Cinema. Inicialmente submetida à apreciação como dissertação à Academia de Medicina do Rio de Janeiro (AMRJ) para ingresso como membro titular em 2013, a publicação debate o acesso aos medicamentos de maneira conceitual, como um desafio global, elaborando conceitos próprios e discutindo as estratégias internacionais e nacionais que vêm sendo adotadas nesse campo, os acontecimentos dos últimos 15 anos e o papel da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesse embate, em nível mundial.

  4. Políticas efetivas de controle do tabaco reduzem número de fumantes

    O Ministério da Saúde, a Fiocruz e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançaram, na quarta-feira (10/12), o primeiro volume da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). A pesquisa apontou uma redução expressiva do número de fumantes. Ao comparar os dados da PNS, o Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde (Cetab/ENSP) observou que o percentual de fumantes adultos de 18 anos ou mais diminuiu. A Pesquisa Especial de Tabagismo (PETab), de 2008, indicava o percentual de 18,2% de fumantes adultos. Esse número caiu para 14,7% na análise da Pesquisa Nacional de Saúde. Para a coordenadora do Cetab, Valeska Figueiredo, a queda é resultado, principalmente, do avanço das políticas de controle do tabaco.

  5. LTM/ENSP compartilha resultados de pesquisa sobre PAC Favelas

    No dia 15 de dezembro, às 13h30, o Laboratório Territorial de Manguinhos (LTM) realizará o seminário de pesquisa Territórios em Movimento: Avaliação participativa do PAC Favelas – RJ na perspectiva da promoção da sáude e da justiça. O evento é organizado como atividade final de compartilhamento do conhecimento e informação e tem por objetivo sistematizar os resultados e elaborar um relatório final do projeto Políticas Públicas, Moradia, Saneamento e Mobilidade: uma análise participativa do PAC na perspectiva da promoção da saúde e da justiça ambiental, apoiado pelo edital CNPq/Ministério das Cidades de 2012. A atividade, marcada para o auditório da EPSJV/Fiocruz, é aberta aos interessados e não necessita de inscrição.

  6. HIV/Aids: estratégias devem ser voltadas para redução das vulnerabilidades

    O dia 1º de dezembro marca a luta internacional contra a Aids. No Brasil, a doença atinge 734 mil pessoas, de acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. O país chega a 2014 com 29% a mais de pessoas em tratamento com antirretrovirais pelo SUS, na comparação com 2013. Isso representa cerca de 400 mil pessoas em terapia com estes medicamentos, somente este ano. Segundo a pesquisadora do Departamento de Ciências Sociais da ENSP Monica Malta a estratégia de tratamento como prevenção foi considerada pela Revista Science a descoberta do ano em 2011. No entanto, é uma estratégia controversa e que tem sido criticada por Organizações Não Governamentais, ativistas pelos direitos humanos e pesquisadores, por incluir pontos positivos e negativos. 

  7. Programas de controle de processos endêmicos são tema de publicação

    A trilogia sobre avaliação em saúde agora está completa: depois dos títulos sobre análise da implantação de programas, de 1997, e sobre avaliação de programas e sistemas de saúde, de 2005, a Editora Fiocruz lança Avaliação em Saúde: dos modelos teóricos à prática da avaliação de programas de controle de processos endêmicos. Organizada pela médica Elizabeth Moreira dos Santos e pela psicóloga Marly Marques da Cruz, ambas pesquisadoras do Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas da Escola Nacional de Saúde Pública (Laser/Densp/ENSP), a nova coletânea vem preencher uma lacuna importante no âmbito dos programas voltados para o controle dos processos endêmicos.

  8. ENSP e Johns Hopkins estabelecem parceira para intercâmbio docente e discente

    Considerada a melhor Escola de Saúde Pública do mundo, a Bloomberg School of Public Health da Johns Hopkins University, em Baltimore - EUA, recebeu em visita oficial o vice-diretor de Escola de Governo da ENSP, Frederico Peres. À convite da Universidade Americana, Frederico Peres se reuniu com chefes de diversos departamentos da Bloomberg School of Public Health, e também com o vice-diretor da Escola, Stephen J. Gange. Na ocasião foram discutidas áreas de interesse comum de cooperação entre as Escolas, em especial a colaboração em pesquisas, o intercâmbio docente e discente, a oferta conjunta de cursos de curta duração, além da realização de seminários.

  9. Cesteh deverá manter o certificado internacional de acreditação

    Entre os dias 10 e 11 de novembro, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) recebeu a visita de representantes da Joint Commission International (JCI), organização de acreditação com maior experiência no mundo em avaliação de serviços, para pleitear a manutenção do certificado de qualidade internacional de serviços laboratoriais e ambulatoriais. Para o chefe do Centro, Antonio Sergio Fonseca, o sucesso do processo, independente do resultado final, se deve inteiramente aos cerca de 100 trabalhadores que se mobilizaram incansavelmente desde a primeira avaliação, em 2011, para que todos os padrões exigidos pelas instituições avaliadoras fossem alcançados. "A acreditação é um processo que requer muita dedicação, atenção e intensão, e, por isso, poderemos conseguir novamente a certificação, pois durante todo tempo estivemos juntos em prol do nosso objetivo", destacou.

  10. Milhares de crianças receberam vacinas no Fiocruz pra Você, no último sábado

    Cerca de 5 mil pessoas visitaram a Fundação, no Rio de Janeiro, na 21ª edição do Fiocruz pra Você, que ocorreu no sábado (8/11). O evento, que integra a 35° Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil, lançada pelo Ministério da Saúde (MS), transformou a instituição em um dos principais postos de vacinação do Brasil: 2.550 foram vacinadas contra as doenças em Manguinhos. Este ano, a meta do MS era imunizar cerca de 13 milhões de crianças em todo o país.