1. ENSP e Johns Hopkins estabelecem parceira para intercâmbio docente e discente

    Considerada a melhor Escola de Saúde Pública do mundo, a Bloomberg School of Public Health da Johns Hopkins University, em Baltimore - EUA, recebeu em visita oficial o vice-diretor de Escola de Governo da ENSP, Frederico Peres. À convite da Universidade Americana, Frederico Peres se reuniu com chefes de diversos departamentos da Bloomberg School of Public Health, e também com o vice-diretor da Escola, Stephen J. Gange. Na ocasião foram discutidas áreas de interesse comum de cooperação entre as Escolas, em especial a colaboração em pesquisas, o intercâmbio docente e discente, a oferta conjunta de cursos de curta duração, além da realização de seminários.

  2. Cesteh deverá manter o certificado internacional de acreditação

    Entre os dias 10 e 11 de novembro, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) recebeu a visita de representantes da Joint Commission International (JCI), organização de acreditação com maior experiência no mundo em avaliação de serviços, para pleitear a manutenção do certificado de qualidade internacional de serviços laboratoriais e ambulatoriais. Para o chefe do Centro, Antonio Sergio Fonseca, o sucesso do processo, independente do resultado final, se deve inteiramente aos cerca de 100 trabalhadores que se mobilizaram incansavelmente desde a primeira avaliação, em 2011, para que todos os padrões exigidos pelas instituições avaliadoras fossem alcançados. "A acreditação é um processo que requer muita dedicação, atenção e intensão, e, por isso, poderemos conseguir novamente a certificação, pois durante todo tempo estivemos juntos em prol do nosso objetivo", destacou.

  3. Milhares de crianças receberam vacinas no Fiocruz pra Você, no último sábado

    Cerca de 5 mil pessoas visitaram a Fundação, no Rio de Janeiro, na 21ª edição do Fiocruz pra Você, que ocorreu no sábado (8/11). O evento, que integra a 35° Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil, lançada pelo Ministério da Saúde (MS), transformou a instituição em um dos principais postos de vacinação do Brasil: 2.550 foram vacinadas contra as doenças em Manguinhos. Este ano, a meta do MS era imunizar cerca de 13 milhões de crianças em todo o país.

  4. ENSP integra Fórum de Direito e Saúde da Emerj

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) tornou-se membro do Fórum Permanente de Direito e Saúde, estruturado pela Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj). Esse novo espaço ratifica uma parceria que ocorre desde 2002 entre as duas Escolas nos campos do direito e da saúde, além de ser um ambiente de formação e excelência em diversas áreas do saber jurídico. A ENSP será representada pelos pesquisadores Maria Helena Barros e Paulo Amarante. A primeira atividade do Fórum já está marcada para o dia 13 de novembro, às 9 horas, na palestra Direitos Humanos, Diversidade Cultural e Trabalho: uma nova dimensão do campo da saúde mental, a ser proferida por Paulo Amarante.

  5. Brasil propõe ação conjunta ao Brics para produção de medicamentos contra TB

    Em consonância com os novos desafios globais para o controle da tuberculose, durante o encontro de representantes de Ministérios da Saúde dos Brics, na 45º Conferencia Mundial de Saúde Pulmonar, em Barcelona (Espanha), o Brasil propôs aos membros do grupo (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) a compra conjunta de matéria-prima para a produção de medicamentos de primeira linha para o controle da tuberculose nos países de média e baixa renda. Uma ação como esta pode garantir o acesso universal ao tratamento gratuito para os pacientes desses locais, contribuindo para o controle da doença no mundo.

  6. Tuberculose: declaração de Barcelona reafirma luta contra doença

    Parlamentares e líderes políticos de cinco continentes assinaram a Declaração de Barcelona de Tuberculose, que se compromete a trabalhar para uma ação continuada, além de articular investimentos significativos na luta contra a doença. A declaração foi o resultado da reunião inaugural TB Global, realizada em conjunto com a 45ª Conferência Mundial sobre Saúde Pulmonar, em Barcelona. O coordenador técnico do Observatório TB Brasil - composto por diversas unidades da Fiocruz, entre elas a ENSP -, Carlos Basília, esteve presente ao evento e apontou que uma Cúpula Global reuniu representantes no intuito de estimular a vontade política necessária para enfrentar a tuberculose e criar uma visão clara sobre o papel dos parlamentares na luta contra a epidemia. Além da declaração, a Cúpula também resultou na criação de uma rede Global de abrangência dos parlamentares que irão conduzir esses esforços.

  7. Mestrado voltado para controle da tuberculose segue com inscrições abertas

    Continuam abertas, até o dia 3 de novembro, as inscrições para o mestrado profissional em Epidemiologia e Controle da Tuberculose. O novo curso, desenvolvido a partir do consórcio entre ENSP, Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães (CPqAM) e Fiocruz, visa formar gestores e profissionais de saúde para o fomento de pesquisa, ensino e desenvolvimento tecnológico no que diz respeito à vigilância e controle da tuberculose, além de outras micobacterioses de interesse sanitário. As inscrições devem ser feitas na Plataforma Siga Fiocruz.

  8. Conselho da Opas aprova ações para acesso universal à saúde

    Representantes dos ministérios da Saúde dos países das Américas definiram uma série de ações para avançar na garantia do acesso e da cobertura universal à saúde. A estratégia foi aprovada no 53º Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS), realizado na última semana em Washington, nos Estados Unidos. As medidas abrangem temas como: prioridade para grupos em situação vulnerável, melhoria da atenção primária e da organização, gestão e eficiência dos serviços de saúde.

  9. Rede de Escolas: Agência de Acreditação é instalada

    Fruto de um esforço coletivo entre a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, a Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública e a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), com apoio da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS), foi oficialmente instalada a Agência de Acreditação Pedagógica dos Cursos Lato Sensu em Saúde Pública/Coletiva (AAP). A cerimônia aconteceu durante as comemorações dos 35 anos da Abrasco, na sede da OPAS/OMS, em Brasília. Segundo a coordenadora da Secretaria Executiva da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública, Rosa Souza, a instalação da Agência é um avanço para a qualidade dos processos formativos profissionais neste campo.

  10. Oficina requalifica trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde

    Com o objetivo de refletir sobre o processo de trabalho do Agente Comunitário de Saúde (ACS) no cadastramento das famílias para o balizamento do conceito e tipologias de famílias, além de conceitos das variáveis mais relevantes e identificação das facilidades e dificuldades durante o cadastro, foi realizada um oficina visando a requalificação do trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família (ESF), no dia 18 de setembro, na Biblioteca Parque de Manguinhos.