1. NAF/ENSP celebra 20 anos de atuação como Centro Colaborador da Opas/OMS

    O Departamento de Política de Medicamentos e Assistência Farmacêutica da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, completa em 2018, 20 anos de credenciamento como Centro Colaborador da Organização Pan Americana da Saúde e da Organização Mundial da Saúde em Políticas Farmacêuticas. Como parte da celebração destes 20 anos de trajetória, o NAF realizará, no dia 27 de novembro, um seminário comemorativo. Na ocasião será lançado o novo site do NAF e um livreto sobre a história do departamento.

  2. 'Saúde é Meu Lugar': evento apresentará mostra de vivências nos territórios

    Um grande público, um palco simples e o trabalho na saúde em destaque: assim vai ser a mostra de vivências nos territórios Saúde É Meu Lugar - Narrativas 2018, marcada para o dia 26 de novembro, na Tenda da CiênciaA mostra marca o encerramento do primeiro ciclo do projeto Saúde É Meu Lugar, que nos últimos dois anos promoveu 30 mostras presenciais envolvendo mais de 4 mil pessoas em todo o país, além de manter uma mostra online que conta atualmente com cerca de 1,5 mil experiências inscritas.

  3. ENSP lança Núcleo de Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde em Encontro de Saberes

    A ENSP/Fiocruz realizará, de 26 a 28 de novembro, o Encontro de Saberes: Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória. O encontro marcará o lançamento do Núcleo de Ecologias. Segundo o coordenador do Núcleo, Marcelo Firpo, o principal objetivo do NEEPES é o desenvolvimento conceitual e metodológico na articulação de três campos de conhecimento em torno das lutas sociais por saúde e justiça das populações excluídas das cidades, campos e florestas. 

  4. Febre amarela: risco se aproxima e Ministério alerta para a vacinação

    A população que mora em áreas recomendadas para a vacina da febre amarela deve buscar a vacinação antes do início do verão, período de maior risco de transmissão da doença. O alerta do Ministério da Saúde se dá porque áreas recém-afetadas e com grande contingente populacional, como as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Minas Gerias e São Paulo, ainda possuem um quantitativo elevado de pessoas não vacinadas, ou seja, que estão sob risco de adoecer. A doença tem alta letalidade, em torno de 40%, o que torna a situação mais grave.

  5. Pesquisadora da ENSP fala sobre projetos de formação profissional na Escola Politécnica em Saúde

    A assessora da Coordenação de Desenvolvimento Educacional e Educação a Distância da ENSP, Milta Torres participou do Seminário Internacional da Escola Politécnica em Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/ENSP) e discutiu a formação de trabalhadores para um sistema de saúde público e universal. Em sua apresentação, Milta fez um resgate histórico para falar dos projetos de formação profissional na área da saúde.  

  6. ENSP reunirá seu Conselho Consultivo na terça-feira (6/11)

    A segunda reunião do Conselho Consultivo da ENSP acontecerá no dia 6 de novembro, a partir das 9h. Entre os temas a serem debatidos estão o balanço da conjuntura política e perspectivas para a Saúde Pública brasileira; as diretrizes para a formação, investigação e inovação diante do desmonte dos serviços públicos na educação, na ciência e na formação em saúde; além de informes gerais, definição do calendário de reuniões de 2019, e a aprovação da ata da primeira reunião.

  7. Ministério da Saúde atualiza casos de sarampo

    O Ministério da Saúde atualizou, na quarta-feira (31/10), as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação do sarampo no país. Até o dia 29 de outubro, foram confirmados 2.564 casos. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo: no Amazonas são 2.126 casos confirmados e 7.611 em investigação, e em Roraima, são 345 casos confirmados e 50 em investigação.

  8. ENSP reunirá seu Conselho Consultivo na terça-feira (6/11)

    A segunda reunião do Conselho Consultivo da ENSP acontecerá no dia 6 de novembro, a partir das 9h. Entre os temas a serem debatidos estão o balanço da conjuntura política e perspectivas para a Saúde Pública brasileira; as diretrizes para a formação, investigação e inovação diante do desmonte dos serviços públicos na educação, na ciência e na formação em saúde; além de informes gerais, definição do calendário de reuniões de 2019, e a aprovação da ata da primeira reunião.

  9. Países de todo o mundo assinam Declaração de Astana, que traça caminho para alcançar cobertura universal de saúde

    Países de todo o mundo assinaram na quinta-feira, 25 de outubro de 2018, a Declaração de Astana, prometendo fortalecer seus sistemas de atenção primária de saúde como um passo essencial para alcançar a cobertura universal de saúde. O documento reafirma a histórica Declaração de Alma-Ata de 1978 - primeira vez que líderes mundiais se comprometeram com o tema.

  10. Fiocruz promove Seminário internacional 30 anos do SUS

    Há exatos 30 anos nascia o Sistema Único de Saúde (SUS), a maior política social que o Brasil já conheceu. Na mesma época,  uma unidade construída quatro anos antes na Fundação Oswaldo Cruz dava um passo que buscava expandir para o campo específico da educação os princípios que orientaram a construção do SUS: era criado o curso técnico de nível médio em saúde da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV).