1. Governança em Manguinhos: elementos para o debate

    Participação social. Território de exceção. Redes. Intersetorialidade. Violência. Desrespeito ao direito de ir e vir. Integração. Fortalecimento. Consolidação. Articulação. Mais do que palavras e intenções, a paulatina conquista da concretude de uma governança em Manguinhos norteou o terceiro e último encontro do Ciclo de Debates Participação e Tecnologia Social em Saúde, ocorrido no dia 15 de maio, no Museu da Vida (COC/Fiocruz). O evento foi realizado pela Coordenadoria de Cooperação Social da Presidência da Fiocruz, responsável pela linha Participação Social do PDTSP-Teias (VPPLR/Fiocruz), com o apoio da Assessoria de Cooperação Social da ENSP, e foi dividido em dois momentos: apresentação de experiências desenvolvidas no território de Manguinhos e um grande debate a partir da apreensão das abordagens anteriores.

  2. Debate: Redes e intersetorialidade em Manguinhos

    Governança em Manguinhos: redes e intersetorialidade é tema de debate na Fiocruz, a ser realizado no dia 15 de maio, no auditório do Museu da Vida, de 9 às 17 horas. Os objetivos do evento são construir com os atores sociais de Manguinhos e o público da Fiocruz reflexões sobre as experiências de participação social e de redes no território, articular estratégias com vistas à sua integração e ao seu fortalecimento, consolidar e ampliar os parceiros governamentais e não governamentais e visibilizar as propostas atuais. Aberto ao público, o evento conta com apoio da Assessoria de Cooperação Social da ENSP.

  3. ENSP promove ações em Manguinhos no sábado (5/5)

    Em uma grande ação coletiva, a ENSP vai mobilizar diferentes atores da área social e da assistência neste dia 5 de maio. Ao todo, três atividades estão agendadas para acontecer no território de Manguinhos. A primeira delas será o Dia D de mobilização nacional da Campanha de Vacinação contra Gripe, que também envolverá a Clínica da Família Victor Valla. Conjuntamente com esta ação, será realizada a Campanha Nacional contra a Hanseníase, ambas coordenadas pelo CSEGSF. Além disso, o encontro Leopoldo Bulhões: o Caminho da Paz reunirá moradores, organizações e entidades públicas para uma caminhada visando mostrar à sociedade que o território de Manguinhos não tem apenas violência ou espaços produtores de mazelas sociais. Todas as atividades estão abertas à ampla participação e terão início no período da manhã.

  4. ENSP promove ações em Manguinhos no sábado (5/5)

    Em uma grande ação coletiva, a ENSP vai mobilizar diferentes atores da área social e da assistência neste dia 5 de maio. Ao todo, três atividades estão agendadas para acontecer no território de Manguinhos. A primeira delas será o Dia D de mobilização nacional da Campanha de Vacinação contra Gripe, que também envolverá a Clínica da Família Victor Valla. Conjuntamente com esta ação, será realizada a Campanha Nacional contra a Hanseníase, ambas coordenadas pelo CSEGSF. Além disso, o encontro Leopoldo Bulhões: o Caminho da Paz reunirá moradores, organizações e entidades públicas para uma caminhada visando mostrar à sociedade que o território de Manguinhos não tem apenas violência ou espaços produtores de mazelas sociais. Todas as atividades estão abertas à ampla participação e terão início no período da manhã.

  5. Participação comunitária e controle social: história de lutas

    Pesquisadores, profissionais da saúde e moradores de Manguinhos se reuniram na segunda rodada do Ciclo de Debates Participação e tecnologia social em saúde, na terça-feira (17/4), para discutir políticas públicas para a saúde, controle social e gestão participativa, da perspectiva nacional até a local. Em busca de uma melhor compreensão do atual estado da arte no que tange à participação comunitária e ao controle social numa perspectiva macro, Kátia Souto, coordenadora do Departamento de Apoio à Gestão Estratégica e Participativa da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (Segep) do Ministério da Saúde, fez um resgate histórico do processo de gestão participativa, com destaque para os conselhos de saúde, e dos marcos legais: “Há uma história de luta democrática, que inclui os anos da ditadura, que calou ou tentou calar muitas vozes, entre elas, as do campo da saúde pública".

  6. Participação comunitária: o que queremos com isso?

    Com o objetivo de aproximar e aprofundar as discussões sobre gestão participativa, participação social e tecnologias sociais, tendo como base o contexto do território de Manguinhos e sua relação com a conjuntura macropolítica do país, a Coordenadoria de Cooperação Social da Fiocruz, com o apoio da Assessoria de Cooperação Social da ENSP, por meio do Programa de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde Pública, realizará mais uma palestra do ciclo de debates Participação e Tecnologia Social em Saúde. Com o tema Participação comunitária: o que queremos com isso?, a palestra pretende debater a participação social em projetos e políticas. A atividade será realizada no dia 17 de abril, no salão internacional da ENSP, das 9 às 17 horas. O evento é aberto ao público e as inscrições podem ser realizadas previamente aqui ou na data da palestra, no local do evento. Também será transmitido pela internet, aqui.

  7. Participação comunitária: o que queremos com isso?

    Com o objetivo de aproximar e aprofundar as discussões sobre gestão participativa, participação social e tecnologias sociais, tendo como base o contexto do território de Manguinhos e sua relação com a conjuntura macropolítica do país, a Coordenadoria de Cooperação Social da Fiocruz, com o apoio da Assessoria de Cooperação Social da ENSP, por meio do Programa de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde Pública, realizará mais uma palestra do ciclo de debates Participação e Tecnologia Social em Saúde. Com o tema Participação comunitária: o que queremos com isso?, a palestra pretende debater a participação social em projetos e políticas. A atividade será realizada no dia 17 de abril, no salão internacional da ENSP, das 9 às 17 horas. O evento é aberto ao público e as inscrições podem ser realizadas previamente aqui ou na data da palestra, no local do evento. Também será transmitido pela internet, aqui.

  8. Centro de Saúde debate tuberculose em Manguinhos

    A taxa de tuberculose no Rio de Janeiro vem decaindo ao longo dos anos, mas ainda é bastante preocupante, pois atinge cerca de 40 pessoas a cada 100 mil habitantes. Na comunidade de Manguinhos a realidade é diferente, pois os números crescem, principalmente entre idosos e jovens com histórico de uso de drogas, particularmente crack. Para reverter esses números, o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria da ENSP (CSEGSF/ENSP) deu início a uma série de encontros que visam promover o debate e esclarecer moradores, profissionais e alunos das comunidades do entorno, buscando caminhos para o enfrentamento da tuberculose. O próximo encontro acontecerá nesta quarta-feira (28/3), na comunidade Mandela 2, no Espaço do Forró.

  9. Blog Participação Cidadã: controle social no território de Manguinhos

    Desenvolvido pela ENSP, o blog do projeto Participação Cidadã foi criado com o intuito de ampliar a gestão social e participativa nas políticas públicas no território de Manguinhos. O blog constitui-se um importante espaço de criação coletiva para a reflexão, informação, interação, mobilização, bem como a discussão dos determinantes sociais da saúde, tais como educação, cultura e renda.

  10. Rede Manguinhos: união entre público, privado e local

    Viabilizar soluções sustentáveis para o Complexo de Manguinhos, um dos bairros com menor Índice de Desenvolvimento Humano do município do Rio de Janeiro, é o foco do esforço coletivo envolvendo diferentes segmentos da sociedade - público, privado e local -, que resultou na Rede Manguinhos Sustentável, lançada em novembro no Centro Cultural Unisuam (CCULT). A iniciativa envolve atores sociais que têm um histórico de ações em prol do desenvolvimento local. Integram a corrente de parcerias: Unisuam, Lamsa, CVT-Correios (Faetec), Banco do Brasil, Instituto Ary Carvalho, PAC-Município, Supervia, Fiocruz, Correios, Casa Civil, governo do Estado, Usina da Cidadania, Finep e integrantes do Conselho Comunitário de Manguinhos.