1. 'Não existe limite seguro para exposição ao benzeno', aponta parecer técnico

    A ENSP acaba de instituir um grupo de trabalho para acompanhamento e assessoria científica em casos de exposição ocupacional ou ambiental ao benzeno. A decisão, publicada em portaria nesta sexta-feira, 13/12, surgiu a partir de uma demanda da Câmara Municipal do Rio de Janeiro sobre a tentativa de instalação de um posto de gasolina ao lado de uma escola na Barra da Tijuca, que concentra aproximadamente 400 crianças e adolescentes, além de 150 funcionários. O parecer técnico elaborado pelo grupo de trabalho recomenda, de maneira veemente, que postos de revenda de combustível construídos em centro urbanos atendam a uma distância mínima de 300 metros de qualquer edificação.

  2. Aplicativo que mapeia zonas de risco para a população LGBT será lançado no Ceensp

    Idealizado a partir do projeto Resistência Arco-Íris, da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), em parceria com a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) e a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT), o aplicativo Dandarah propõe um ecossistema digital para facilitar à população LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais, homens trans e intersexos) se informar, denunciar, registrar, enfrentar e evitar diversas formas de violência às quais essa população está sujeita. O lançamento será neste 18 de dezembro, a partir das 13h, no Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos (Rua Leopoldo Bulhões 1.480, quarto andar) e contará com mesas temáticas sobre violência LGBTIfóbica, apresentação da metodologia e resultados do projeto e apresentações culturais.

  3. Aplicativo que mapeia zonas de risco para a população LGBT será lançado no Ceensp

    Idealizado a partir do projeto Resistência Arco-Íris, da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), em parceria com a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) e a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT), o aplicativo Dandarah propõe um ecossistema digital para facilitar à população LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais, homens trans e intersexos) se informar, denunciar, registrar, enfrentar e evitar diversas formas de violência às quais essa população está sujeita. O lançamento será neste 18 de dezembro, a partir das 13h, no Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos (Rua Leopoldo Bulhões 1.480, quarto andar) e contará com mesas temáticas sobre violência LGBTIfóbica, apresentação da metodologia e resultados do projeto e apresentações culturais.

  4. Estratégias de formação e pesquisa clínica em saúde pública encerram debates do III Colóquio

    O III Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública chega ao último dia debatendo as Estratégias e práticas de formação em saúde pública e a Pesquisa Clínica em Saúde Pública. O encontro, que acontece em 4/12, a partir das 9h, conta com apresentações de pesquisadores brasileiros, Cubanos, Paraguaios, Mexicanos, Uruguaios e Costa-riquenhos. Às 16h, acontecerá uma atividade cultural no encerramento do evento. O encontro, que é aberto aos interessados, está sendo transmitido ao vivo pelo canal do EAD no youtube. Em breve, todas as apresentações estarão disponíveis.

  5. Inscrições abertas para Mestrado Profissional em APS com ênfase na Estratégia de Saúde da Família

    Estão abertas, até 11 de novembro, as inscrições para o Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde com ênfase na Estratégia de Saúde da Família. A finalidade do curso é fomentar a produção de novos conhecimentos e inovação na APS nos diversos municípios brasileiros, integrando parcerias entre instituições acadêmicas, gestão e serviços de saúde. Acesse o Portal de Ensino da ENSP e confira o edital. As inscrições devem ser feitas na Plataforma Sigass.

  6. Atenção Primária à Saúde: evento internacional discutiu do global ao local

    De 23 a 25 de outubro, a ENSP, por iniciativa do Grupo de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde, realizou o Seminário Internacional Atenção Primária à Saúde: do global ao local. O objetivo do evento foi discutir temas atuais da APS no Brasil e no Rio de Janeiro, além de apresentar experiências internacionais nesse campo e compartilhar resultados de estudos com estudantes, profissionais, gestores, professores e pesquisadores da área. 

  7. Inscrições abertas para Mestrado Profissional em APS com ênfase na Estratégia de Saúde da Família

    Estão abertas, até 11 de novembro, as inscrições para o Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde com ênfase na Estratégia de Saúde da Família. A finalidade do curso é fomentar a produção de novos conhecimentos e inovação na APS nos diversos municípios brasileiros, integrando parcerias entre instituições acadêmicas, gestão e serviços de saúde. Acesse o Portal de Ensino da ENSP e confira o edital. As inscrições devem ser feitas na Plataforma Sigass.

  8. Atividades de sexta-feira encerram Seminário Internacional de APS

    Encerrando o Seminário Internacional Atenção Primária à Saúde: do global ao local, o terceiro e último dia de debates promoverá discussões acerca da APS na cidade do Rio de Janeiro e o SUS no contexto do atual cenário municipal. As apresentações serão transmitidas on-line e acontecerão a partir das 9h, no auditório do Centro de Documentação e História da Saúde (COC/Fiocruz). Em breve, a cobertura completa do encontro, assim como suas apresentações, estarão disponíveis no Informe ENSP. Acompanhe.