1. Artigo avalia estrutura das farmácias hospitalares do RJ

    O serviço de farmácia hospitalar é responsável por diversas atividades com forte impacto na assistência à saúde. As variadas necessidades dos pacientes requerem que as mesmas desempenhem uma série de atividades de modo organizado. As funções do farmacêutico hospitalar, por sua vez, exigem comprometimento com os resultados dos seus serviços e não somente com o fornecimento de medicamentos. Com o intuito de avaliar os serviços de farmácia de seis hospitais estaduais do Rio de Janeiro, as pesquisadoras do Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP Cláudia Garcia Serpa Osório-de-Castro e Maria Auxiliadora Oliveira, em parceira com pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e da Faculdade de Farmácia da UFF, realizaram uma pesquisa, cujo resultado demonstra que o armazenamento é atualmente um dos piores problemas destes locais.

  2. Atividade destaca importância da higienização das mãos

    Na segunda-feira (5/5), o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) promoveu um dia especial com atividades de conscientização sobre a importância da higienização das mãos, na sala de espera da unidade. É que nesta data, a Organização Mundial da Saúde (OMS) instituiu o Dia Mundial de Higienização das Mãos, com foco principalmente nos profissionais de saúde. O dia 5/5 associa o quinto dia do quinto mês aos cinco momentos da higiene das mãos.

  3. ENSP promove mais uma edição do Ciclo de Debates

    De 5 a 9 de maio, a Escola Nacional de Saúde Pública realiza a nona edição do Ciclo de Debates - Conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família. Em 2014, a atividade contará com cinco mesas de discussão, além da tradicional formatura do curso de Residência Profissional em Saúde da Família (turma 2012). Os temas envolvem as políticas e os princípios estratégicos que norteiam as ações de atenção básica no país. As palestras do Ciclo de Debates ocorrem sempre às 9 horas, no auditório térreo da ENSP, e são abertas a todos os interessados. 

  4. Clínica Victor Valla e Centro de Saúde realizam ações de saúde

    No sábado, 5 de abril, o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) e a Clínica da Família Victor Valla realizarão atividades de promoção e prevenção da saúde. O evento faz parte da campanha proposta pela Prefeitura do Rio de Janeiro que acontecerá nesta data em diversas Unidades Básicas de Saúde. Durante todo o dia as unidades oferecerão a coleta de preventivo ginecológico para pessoas cadastradas que estejam com o exame papnicolau atrasado.

  5. Tuberculose: OMS reforça ações de prevenção e controle

    No Dia Mundial da Tuberculose (24/3), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a parceria Stop TB promovem a campanha "Reach the 3 million". O Tema da ação de 2014 visa chegar nas 3 milhões de pessoas que ainda não recebem o tratamento que necessitam e incentivar, por meio de abordagens inovadoras, garantias de acesso ao diagnóstico, tratamento e cura da tuberculose. Durante a semana (24 a 27/3), a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) promoverá ações de conscientização acerca da doença infecciosa, com participação no lançamento da campanha nacional do Ministério da Saúde, divulgação de pesquisas, homenagens e a realização de mais uma edição da Mostra ENSP de Mobilização nacional na luta conta a tuberculose, promovida pelo Centro de Referência Professor Hélio Fraga.

  6. Centro de Saúde promove atividades educativas na sala de espera

    O Núcleo de Ações em Espaços Coletivos (Naecos) do Saúde do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria da ENSP vem realizando diversas de atividades educativas, que visam o promover o uso diferenciado da sala de espera. O objetivo das ações é estimular os frequentadores desses espaços públicos a desenvolverem atividades educativas e promotoras de saúde. Dentre as atividades, está a realização, a cada quinze dias, de oficinas de artesanato com uso de material reciclado. As oficinas são voltadas para o público presente na sala de espera, que inclui moradores das comunidades do entorno da Fiocruz e trabalhadores da ENSP.

  7. Dia da Não-Violência: evento alerta para diversas formas de abuso

    Na quarta-feira, 30 de janeiro, o Grupo de Educação e Promoção da Saúde do Centro de Saúde Escola Germano Silval Faria (CSEGSF/ENSP) promoveu um encontro no Dia Internacional da Não-Violência. A atividade apresentou um balanço das políticas públicas no Complexo de Manguinhos, com destaque à Agência de Comunicação Comunitária, responsável pela elaboração do jornal e blog Fala Manguinhos, além de um debate sobre a violência contra a mulher. A iniciativa teve como objetivo sensibilizar usuários e profissionais para uma Cultura da Paz e seus benefícios para a saúde. Estiveram presentes no local Jorge Luiz da Costa Silva, do Conselho Comunitário de Manguinhos, Simone Quintela, da Agência de Comunicação Comunitária, e Rita de Cássia da Costa Vasconcelos, do Grupo Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman (Dihs).

  8. ENSP forma mais de 50 profissionais para atuar no SUS

    O campo da saúde pública e a formação do sanitarista foi o tema da palestra realizada no âmbito da formatura do curso mais tradicional da ENSP e que faz parte da sua grade curricular há 58 anos: a especialização em Saúde Pública. Na ocasião, 52 profissionais receberam o título de especialista em Saúde Pública e estão capacitados para atuar no Sistema Único de Saúde (SUS). Para o professor do curso e pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da Escola, José Inácio Jardim Motta, é importante que os alunos compreendam que a saúde é também uma prática social. A palestra contou, ainda, com a participação da coordenadora da Secretaria Executiva da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública, Tania Celeste Matos Nunes.

  9. Novo espaço na ENSP promove aleitamento materno

    Com a intenção de oferecer mais conforto, acolhida e carinho às mães com bebês pequenos que frequentam o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, foi inaugurada a Sala de Apoio à Amamentação. O espaço é destinado às mulheres que amamentam, irão amamentar ou precisam de auxílio. Nele será oferecido apoio e suporte profissional sobre as dúvidas ou problemas relacionados à amamentação. Antes de sua inauguração, a agente comunitária de saúde Norma de Souza animou os participantes com a apresentação de uma paródia de amamentação da música Vida de Empreguete, que fala da importância do leite materno. Na ocasião, a chefe do Centro de Saúde, Emilia Correia, lembrou que essa iniciativa vem sendo sonhada há quatro anos e sua realização somente foi possível por meio da colaboração de muitos trabalhadores do Centro de Saúde e de diversos parceiros, como o Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) e o Banco de Leite Humano (BLH).

  10. ENSP inaugura sala de apoio à amamentação

    O Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF) inaugura, no dia 14 de dezembro, a Sala de Apoio à Amamentação. O local será um espaço acolhedor, destinado a todas as mulheres que amamentam, que irão amamentar ou precisam de auxílio, e também oferecerá apoio e suporte profissional quanto às dúvidas ou problemas relacionados à amamentação. A inauguração está marcada para às 14 horas, no Centro de Saúde Escola da ENSP, e terá presença do Ministro de Saúde Pública e Bem-Estar Social do Paraguai, Antonio Barrios, que estará em visita à Fiocruz, e do diretor da ENSP, Hermano Castro.