1. Mestrado voltado para controle da tuberculose segue com inscrições abertas

    Continuam abertas, até o dia 3 de novembro, as inscrições para o mestrado profissional em Epidemiologia e Controle da Tuberculose. O novo curso, desenvolvido a partir do consórcio entre ENSP, Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães (CPqAM) e Fiocruz, visa formar gestores e profissionais de saúde para o fomento de pesquisa, ensino e desenvolvimento tecnológico no que diz respeito à vigilância e controle da tuberculose, além de outras micobacterioses de interesse sanitário. As inscrições devem ser feitas na Plataforma Siga Fiocruz.

  2. 'Investimento na atenção ao parto fortalece sistemas de saúde'

    Durante a mesa que discutiu a Assistência ao parto no mundo, realizada durante a Ecos da 9th International Research Conference - Normal é natural: da pesquisa à ação, a presidente do Royal College of Midwives, no Reino Unido, Lesley Page, destacou que o parto e o nascimento são um dos poucos momentos capazes de despertar sentimentos ímpares a todos os povos. Para ela, investir na saúde materna e do bebê traz uma vantagem enorme para os governos e a ciência. "Precisamos de estratégias e investimentos porque, além de salvar a vida de mulheres e crianças, essa ação fortalece sistemas de saúde e melhora a economia dos países".

  3. ENSP ministra treinamento em ameaças biológicas em Curitiba

    Num mundo globalizado, ameaças de bioterrorismo e de surtos de doenças transmissíveis colocam todos os países em alerta, inclusive o Brasil, principalmente em tempos de grandes eventos de massa, quando a circulação de pessoas aumenta consideravelmente. Por isso, o país está buscando melhorar a sua capacidade de enfrentamento de situações de crise e a Fiocruz, como instituição de referência do Ministério da Saúde, assumiu um papel importante de formação de pessoal qualificado.

  4. Conselho da Opas aprova ações para acesso universal à saúde

    Representantes dos ministérios da Saúde dos países das Américas definiram uma série de ações para avançar na garantia do acesso e da cobertura universal à saúde. A estratégia foi aprovada no 53º Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS), realizado na última semana em Washington, nos Estados Unidos. As medidas abrangem temas como: prioridade para grupos em situação vulnerável, melhoria da atenção primária e da organização, gestão e eficiência dos serviços de saúde.

  5. Escola capacita profissionais para prevenção de desastres naturais

    A capacitação de 110 agentes de saúde e de endemias em Petrópolis visando a prevenção de destastres na região ganhou destaque no Portal de Notícias G1, na segunda-feira, 6 de outubro. Com objetivo de fomentar, articular e mobilizar práticas educativas, além de executar ações de prevenção e primeiras respostas a desastres naturais, o curso de capacitação para Agentes Locais em Desastres Naturais: Defesa Civil e Saúde na Redução de Riscos é uma parceria entre a Fiocruz (ENSP, EPSJV e IOC), a UFF, a UFRJ e a Defesa Civil do Rio de Janeiro. A iniciativa é fruto do trabalho do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes/Fiocruz), coordenado pelo pesquisador da ENSP Carlos Machado de Freitas.

  6. Oficina requalifica trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde

    Com o objetivo de refletir sobre o processo de trabalho do Agente Comunitário de Saúde (ACS) no cadastramento das famílias para o balizamento do conceito e tipologias de famílias, além de conceitos das variáveis mais relevantes e identificação das facilidades e dificuldades durante o cadastro, foi realizada um oficina visando a requalificação do trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família (ESF), no dia 18 de setembro, na Biblioteca Parque de Manguinhos.

  7. Escola promove mutirão na luta contra a Hanseníase

    No dia 11 de setembro, aconteceu o mutirão de Hanseníase na Clínica da Família Victor Valla e no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, ambos da ENSP. Profissionais das equipes da Estratégia de Saúde da Família realizaram atendimento das crianças identificadas por autoimagem como possível caso de hanseníase, com assistência do Ambulatório Souza Araújo (ASA/IOC/Fiocruz) e da Liga de Hanseníase. Neste dia apenas os casos realmente suspeitos de hanseníase foram encaminhados ao Ambulatório Souza Araújo (ASA).

  8. Epivix debate os temas mais importantes da saúde no Brasil

    O penúltimo dia (9/9) do 9º Congresso Brasileiro de Epidemiologia começou falando de diabetes, Maria Inês Schmidt proferiu, pela manhã, a conferência ‘A epidemia do diabetes – um desastre em câmara lenta?’. Nas Mesas Redondas os temas foram Saúde urbana, Cesáreas e nascimento pre termo, Populações e doenças negligenciadas, Metas do plano para controle das Doenças Crônicas não Transmissíveis no Brasil e no Mundo, Desigualdades em saúde no Brasil: Métodos e Evidência, Mudanças climáticas, Carga global de morbidade psiquiátrica e ainda Metodologias de pesquisa para HIV-DST em populações de difícil acesso: Impacto destes estudos na política nacional.

  9. Governo propõe criação de Instituto de Saúde Indígena

    A proposta de um novo modelo de gestão da saúde indígena pretende dar mais agilidade aos processos administrativos e às contratações de profissionais que atuam junto aos povos indígenas. O Instituto Nacional de Saúde Indígena (INSI), projeto idealizado pelo Ministério da Saúde - em parceria com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - ficará responsável pela execução das ações que integram a Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas (PNASPI) definida pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde.

  10. Profissionais de saúde participarão de oficina sobre hanseníase

    Na quinta-feira, dia 28 de agosto, profissionais de nível superior da área de saúde e profissionais do Território Integrado de Atenção à Saúde (Teias) - Escola Manguinhos realizam uma oficina de Hanseníase, no auditório do Museu da Vida, na Fundação Oswaldo Cruz. A atividade ocorrerá das 13h30 às 17h e terá palestras a respeito dos sinais e sintomas da doença, além de apresentar um panorama desse agravo no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro. Confira a programação abaixo.