1. Regionalização e saúde em debate no suplemento do ‘Cadernos de Saúde Pública’

    Transformações do território são uma das vertentes de mudança do mundo capitalista na atualidade. Elas expressam alterações nas diferentes dimensões da relação Estado, economia e sociedade, como  estruturas e formas de produção; relações de trabalho; e participação política. É o que está em debate no suplemento do Cadernos de Saúde Pública de outubro, que entende que o desafio para a construção do social e de uma cultura de solidariedade no Brasil  encontra-se no reconhecimento dinâmico do que é universal e particular.
     

     

  2. Cecília Mianyo recebe Medália de Mérito Educacional Virgínia Schall da Fiocruz

    A Semana da Educação da Fiocruz teve início no Dia do Mestre, comemorado em 15/10, dedicada à entrega da Medalha de Mérito Educacional Virgínia Schall, do Prêmio Oswaldo Cruz de Teses de 2019, e a homenagens aos egressos de programas de doutorado da Fiocruz contemplados pelo Prêmio Capes de Tese. A primeira homenagem foi à professora Cecília Minayo, que recebeu a Medália de Mérito, somando-se a uma extensa série de títulos de reconhecimento a sua trajetória na área de saúde coletiva, particularmente em temas relacionados à violência e saúde. Confira.

  3. Biblioteca Virtual de Saúde dos Povos Indígenas lança banco de dados

    "A história da saúde indígena não começa agora. O movimento da reforma sanitária esteve em constante diálogo na construção do que se tornou tanto o SUS como o subsistema de saúde indígena. Estamos juntos com os povos indígenas escutando suas reivindicações e demandas e traduzindo essas necessidades na linguagem da Saúde Coletiva, na linguagem do SUS", afirmou a pesquisadora da ENSP e coordenadora do Grupo Temático Saúde Indígena da Abrasco, Ana Lúcia Pontes, em abril deste ano.

  4. ENSP sedia World Bioethics Day e promove debates

    No dia 14 de outubro, às 14h, a ENSP receberá o World Bioethics Day. A edição de 2019 discutirá a bioética na luta anti-racismo, o colonialismo brasileiro e a bioética feminista. O evento também homenageará Debora Diniz e a Jurema Werneck pela luta contra a opressão e toda e qualquer estratégia política que oprima a humanidade. A data foi estabelecida pela Unesco, em comemoração à aprovação da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, em 2005.

  5. ENSP sedia World Bioethics Day e promove debates

    No dia 14 de outubro, às 14h, a ENSP receberá o World Bioethics Day. A edição de 2019 discutirá a bioética na luta anti-racismo, o colonialismo brasileiro e a bioética feminista. O evento também homenageará Debora Diniz e a Jurema Werneck pela luta contra a opressão e toda e qualquer estratégia política que oprima a humanidade. A data foi estabelecida pela Unesco, em comemoração à aprovação da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, em 2005.

  6. Câncer de mama tem quase 60 mil novos casos em 2019

    Prevenção primária, diagnóstico precoce e mamografia são os três pilares da campanha Outubro Rosa deste ano lançada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) e o Ministério da Saúde. Dados apontam que o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando cerca de 25% dos cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados quase 60 mil novos casos em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres. No entanto, a mortalidade do câncer de mama no país é baixa em relação à média mundial. A ENSP tem diversos estudos sobre o tema. Confira.

  7. Brumadinho: Desastre da Vale provoca sobrecarga no sistema de saúde

    Oito meses após o desastre de Brumadinho (MG) os prognósticos mais uma vez se confirmam: os impactos gerados pela tragédia não se restringem a danos ambientais imediatos ou às mortes que tornaram o país campeão em número de vítimas fatais em um desastre. Já se registra uma sobrecarga do sistema de saúde local. Os pesquisadores do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde da Fiocruz (Cepedes/ENSP/Fiocruz), Carlos Machado e Mariano Andrade, analisaram o cenário.

  8. ENSP sedia World Bioethics Day e promove debates

    No dia 14 de outubro, às 14h, a ENSP receberá o World Bioethics Day. A edição de 2019 discutirá a bioética na luta anti-racismo, o colonialismo brasileiro e a bioética feminista. O evento também homenageará Debora Diniz e a Jurema Werneck pela luta contra a opressão e toda e qualquer estratégia política que oprima a humanidade. A data foi estabelecida pela Unesco, em comemoração à aprovação da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, em 2005.