1. Casos de Tuberculose nos presídios fluminenses sobem 73% em três anos

    Tosse com secreção por mais de três semanas, febre noturna e emagrecimento sem justificativa. Esses são os principais sintomas da tuberculose, doença que acomete 67 pessoas a cada 100 mil habitantes no Estado do Rio de Janeiro. No entanto, quando se trata da população carcerária fluminense, o número é ainda mais assustador: foram registrados 1.578 doentes a cada 100 mil pessoas privadas de liberdade somente no ano passado.

  2. Casos de Tuberculose nos presídios fluminenses sobem 73% em três anos

    Tosse com secreção por mais de três semanas, febre noturna e emagrecimento sem justificativa. Esses são os principais sintomas da tuberculose, doença que acomete 67 pessoas a cada 100 mil habitantes no Estado do Rio de Janeiro. No entanto, quando se trata da população carcerária fluminense, o número é ainda mais assustador: foram registrados 1.578 doentes a cada 100 mil pessoas privadas de liberdade somente no ano passado.

  3. 'Vidas ilegítimas ou quando a própria norma é violação': estudo da ENSP enfoca o aborto na América Latina

    Para refletir sobre os valores e princípios que formam as normas sobre aborto na América Latina, a aluna de doutorado da ENSP, Ana Cristina González Vélez, desenvolveu sua tese sob orientação do pesquisador Sergio Rego. Ela é ativista na questão do aborto há mais de dez anos, acompanhando o debate pela liberalização e a contramobilização em diferentes países, que também visa avançar na implementação das leis existentes e redução do aborto inseguro. A professora Arantza Campos, da Universidad del Pais Vasco, foi coorientadora do trabalho.  

  4. ENSP debate o uso medicinal da maconha nesta sexta-feira (10/8)

    A ENSP/Fiocruz, em parceria com a AbraCannabis, promoverá, em 10 de agosto, o debate Processo de nacionalização da maconha medicinal. Na ocasião, serão apresentados dois projetos de lei sobre a legalização e o uso medicinal da cannabis. A atividade, que possui caráter acadêmico e científico, contará com a participação do deputado federal do PSOL, Jean Wyllys, e do deputado estadual do PT, Paulo Teixeira. O delegado de Polícia Civil, Orlando Zaccone, será o coordenador do evento. 

  5. Pesquisador da ENSP lança publicação sobre patologização e medicalização da vida

    Com o objetivo de alertar que a patologização e medicalização da vida trata-se de uma invasão em nosso cotidiano, inescapável, o pesquisador da ENSP e coordenador do Laboratório de Atenção Psicossocial da ENSP, Paulo Amarante, organizou – em parceria com Ana Maria Fernandes Pitta e Walter Ferreira de Oliveira - o livro Patologização e medicalização da vida: epistemologia e política. A publicação, que reúne 11 artigos de diferentes especialistas da área, foi lançada durante o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva.

  6. Estamos vivendo retrocessos, apesar da Lei Maria da Penha

    Violência física, psicológica, sexual, moral, homicídio, violência obstétrica e institucional estão no topo do ranking de denúncias de agressões às mulheres. Essa é uma séria questão de saúde pública na medida em que viola os direitos humanos e causa graves danos à saúde física e mental da vítima e também de sua família. Apesar da Lei Maria da Penha já ter 12 anos, a média diária de denúncias de agressões às mulheres só cresce. 

  7. ENSP debate o uso medicinal da maconha nesta sexta-feira (10/8)

    A ENSP/Fiocruz, em parceria com a AbraCannabis, promoverá, em 10 de agosto, o debate Processo de nacionalização da maconha medicinal. Na ocasião, serão apresentados dois projetos de lei sobre a legalização e o uso medicinal da cannabis. A atividade, que possui caráter acadêmico e científico, contará com a participação do deputado federal do PSOL, Jean Wyllys, e do deputado estadual do PT, Paulo Teixeira. O delegado de Polícia Civil, Orlando Zaccone, será o coordenador do evento. 

  8. STF analisa descriminalização do aborto com participação de pesquisadores da ENSP

    "A autonomia das mulheres deve ser respeitada, e elas precisam ser protegidas e apoiadas", defendeu o pesquisador da ENSP e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva, Sergio Rego, durante audiência pública no Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a ADPF 442, que busca a legalização do aborto até a 12ª semana de gestação. Além de Sergio Rego, que participou como representante da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), estiveram presentes à audiência a pesquisadora da ENSP Mariza Theme e o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão, o médico do IFF Marcos Dias, a professora do PPGBIOS Debora Diniz e outros.

  9. Colonialismo: a face sombria da modernidade que perpetua um padrão mundial de poder

    "O projeto colonial moderno eurocêntrico surge como um novo modelo de poder global, lançando seus domínios a diversos campos da vida em comum", disse a pesquisadora da ENSP, Roberta Gondim, na mesa-redonda Diálogos entre o pensamento decolonial e a saúde coletiva - desafios para a construção de uma nova agenda para o enfrentamento de iniquidade em saúde durante o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva (Abrascão 2018).