1. Cecília Mianyo recebe Medália de Mérito Educacional Virgínia Schall da Fiocruz

    A Semana da Educação da Fiocruz teve início no Dia do Mestre, comemorado em 15/10, dedicada à entrega da Medalha de Mérito Educacional Virgínia Schall, do Prêmio Oswaldo Cruz de Teses de 2019, e a homenagens aos egressos de programas de doutorado da Fiocruz contemplados pelo Prêmio Capes de Tese. A primeira homenagem foi à professora Cecília Minayo, que recebeu a Medália de Mérito, somando-se a uma extensa série de títulos de reconhecimento a sua trajetória na área de saúde coletiva, particularmente em temas relacionados à violência e saúde. Confira.

  2. Biblioteca Virtual de Saúde dos Povos Indígenas lança banco de dados

    "A história da saúde indígena não começa agora. O movimento da reforma sanitária esteve em constante diálogo na construção do que se tornou tanto o SUS como o subsistema de saúde indígena. Estamos juntos com os povos indígenas escutando suas reivindicações e demandas e traduzindo essas necessidades na linguagem da Saúde Coletiva, na linguagem do SUS", afirmou a pesquisadora da ENSP e coordenadora do Grupo Temático Saúde Indígena da Abrasco, Ana Lúcia Pontes, em abril deste ano.

  3. ENSP sedia World Bioethics Day e promove debates

    No dia 14 de outubro, às 14h, a ENSP receberá o World Bioethics Day. A edição de 2019 discutirá a bioética na luta anti-racismo, o colonialismo brasileiro e a bioética feminista. O evento também homenageará Debora Diniz e a Jurema Werneck pela luta contra a opressão e toda e qualquer estratégia política que oprima a humanidade. A data foi estabelecida pela Unesco, em comemoração à aprovação da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, em 2005.

  4. ENSP sedia World Bioethics Day e promove debates

    No dia 14 de outubro, às 14h, a ENSP receberá o World Bioethics Day. A edição de 2019 discutirá a bioética na luta anti-racismo, o colonialismo brasileiro e a bioética feminista. O evento também homenageará Debora Diniz e a Jurema Werneck pela luta contra a opressão e toda e qualquer estratégia política que oprima a humanidade. A data foi estabelecida pela Unesco, em comemoração à aprovação da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, em 2005.

  5. Câncer de mama tem quase 60 mil novos casos em 2019

    Prevenção primária, diagnóstico precoce e mamografia são os três pilares da campanha Outubro Rosa deste ano lançada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) e o Ministério da Saúde. Dados apontam que o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando cerca de 25% dos cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados quase 60 mil novos casos em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres. No entanto, a mortalidade do câncer de mama no país é baixa em relação à média mundial. A ENSP tem diversos estudos sobre o tema. Confira.

  6. Brumadinho: Desastre da Vale provoca sobrecarga no sistema de saúde

    Oito meses após o desastre de Brumadinho (MG) os prognósticos mais uma vez se confirmam: os impactos gerados pela tragédia não se restringem a danos ambientais imediatos ou às mortes que tornaram o país campeão em número de vítimas fatais em um desastre. Já se registra uma sobrecarga do sistema de saúde local. Os pesquisadores do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde da Fiocruz (Cepedes/ENSP/Fiocruz), Carlos Machado e Mariano Andrade, analisaram o cenário.

  7. ENSP sedia World Bioethics Day e promove debates

    No dia 14 de outubro, às 14h, a ENSP receberá o World Bioethics Day. A edição de 2019 discutirá a bioética na luta anti-racismo, o colonialismo brasileiro e a bioética feminista. O evento também homenageará Debora Diniz e a Jurema Werneck pela luta contra a opressão e toda e qualquer estratégia política que oprima a humanidade. A data foi estabelecida pela Unesco, em comemoração à aprovação da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, em 2005.

  8. País vive retrocessos na luta contra benzeno

    Na data em que se comemora o Dia Nacional de Luta contra a Exposição ao Benzeno, a ENSP chama atenção para mais um processo de desmonte na vastidão de retrocessos que o país está vivendo. Apesar de saber que o benzeno é uma substância cancerígena e o que benzenismo - intoxicação por benzeno – pode ser fatal, o governo federal, recentemente, extinguiu dezenas de comissões tripartites, entre elas a Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz). Veja mais iniciativas da Escola sobre o benzeno e a saúde dos trabalhadores.

  9. Integração entre gestão e pesquisa a partir da avaliação participativa da Vigilância Alimentar e Nutricional em MG

    No dia 29 de Agosto de 2019, na sede da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES - MG), realizou-se a reunião de validação de resultados e pactuação de estratégias de disseminação da pesquisa “Avaliação Participativa da Vigilância Alimentar e Nutricional (VAN) na Atenção Primária à Saúde (APS) em Minas Gerais”, estudo realizado entre 2017-2018, coordenado pela pesquisadoras Marly Cruz e Santuzza Vitorino, do  Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais (Laser/ENSP/Fiocruz).
     

  10. Comissão da Opas lança relatório sobre Equidade e Desigualdades em Saúde nas Américas

    Nas últimas décadas, a saúde na Região das Américas melhorou drasticamente, mas muitas pessoas estão sendo deixadas para trás. A Opas criou a Comissão sobre Equidade e Desigualdades em Saúde nas Américas para analisar o impacto dos fatores que influenciam a saúde e, ao mesmo tempo, propor ações para melhorar as desigualdades nessa área. Nesta quarta-feira, 2 de outubto, foi lançado o relatório sobre Equidade e Desigualdades em Saúde nas Américas, com a participação do coordenador do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), Paulo Buss.