Seminário avalia projeto de educação para enfermagem

Publicada em
 
 
 

O Projeto de Profissionalização de Trabalhadores da Área de Enfermagem (Profae) é o alvo do Seminário Internacional da Educação Profissional em Saúde - Avaliação do Profae e Perspectivas, que acontece em Salvador (BA). A coordenadora nacional do Curso de Formação Pedagógica em Educação Profissional na Área da Saúde - Enfermagem da ENSP, Valéria Morgana Penzin Goulart, chefe de gabinete da Direção da Escola, participa do evento, organizado pela Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES/MS). O Seminário tem o objetivo de avaliar o Profae a partir de um conjunto de reflexões e das experiências do Projeto, implantado pelo Ministério da Saúde em 2000.

Segundo Valéria Morgana, o Profae é uma estratégia massiva de qualificação profissional com a intenção de promover a melhoria da qualidade do atendimento ambulatorial e hospitalar no Brasil. "A avaliação do projeto requer um conjunto de reflexões sobre a forma que ele assumiu, e sua execução dentro de um ambiente de gestão tão particular quanto o Sistema Único de Saúde. Ao mesmo tempo, o projeto colocou desafios que vão além da área da saúde, notadamente no campo da educação profissional e da empregabilidade", revela Valéria.

A função da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz) é implementar a proposta de formação pedagógica, elaborando o Curso de Formação Pedagógica em Educação Profissional na Área da Saúde - Enfermagem, que teve início em agosto de 2001.

"As principais ações, nesse sentido, visavam formar instituições capacitadas a promover cursos de formação e condições de regulação dos aparelhos formadores", afirma a coordenadora. Escolas Técnicas do SUS, Rede de Núcleos de Apoio Docente, Sistema de Acompanhamento de Sinais do Mercado do Trabalhador em Enfermagem (Samets) são algumas iniciativas que promovem a qualificação da formação e capacitação profissional em saúde.

Secretários, governadores, prefeitos e representantes de várias instituições vão discutir e levantar subsídios que contribuam na formulação do projeto de financiamento externo para a expansão da oferta da educação profissional para outras áreas do setor saúde. Pretendem, ainda, apresentar a percepção crítica e proposições de especialistas internacionais e nacionais em educação profissional a partir da experiência Profae.

Alguns dos assuntos a serem debatidos em mesas-redondas, oficinas e painéis incluem temas como Prática e Estágio na Formação Profissional na Área da Saúde, Formação Técnica para Trabalhadores das Áreas de Vigilância Epidemiológica, Ambiental e Sanitária, Formação Pós Técnica Bases Legais e Perspectivas, O Profae e as parcerias Internacionais e Percepção Crítica e Proposições de Especialistas sobre a execução do Profae.

Nenhum comentário para "Seminário avalia projeto de educação para enfermagem"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.