Último dia de inscrições no curso internacional em saúde sobre avaliação participativa, gestão e translação do conhecimento

Publicada em
 
 
 

Com vistas a possibilitar maior aprofundamento teórico-metodológico em temas atuais do campo da avaliação em saúde numa perspectiva mundial; e ampliar a internacionalização da formação no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública por meio de parceiros qualificados, a ENSP está com inscrições abertas para o Curso Internacional de Avaliação Participativa, Gestão e Translação do Conhecimento até o dia 14 de fevereiro. Ao todo, estão sendo oferecidas 30 vagas para alunos de mestrado ou doutorado, profissionais de saúde e gestores familiarizados com metodologias de pesquisa e não familiarizados com avaliação. Além disso, serão considerados profissionais com experiência em avaliação que queiram atualizar ou revisar seus conceitos e prática em avaliação. Os alunos vinculados ao Programa da ENSP terão prioridade nas inscrições. 
 
 
O objetivo dessa formação é apresentar as bases da avaliação participativa em saúde, da gestão e translação do conhecimento, enfatizando as questões teórico-metodológicas que privilegiem as intervenções como sistema de ação, redes de atores envolvidos e contextos visando as boas práticas em avaliação e a melhoria dos sistemas de saúde. O curso acontecerá de 2 a 6 de março na ENSP e está sob a coordenação dos pesquisadores Marly Cruz, ENSP/Fiocruz, José Carlos Herrera, do Department of Strategy, Entrepreneurship and Sustainable Development, Kedge Business School, França, e Zulmira Hartz, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, da Universidade de Nova Lisboa, Portugal (IHMT/UNL). 
 
De acordo com Marly Cruz, esse curso é uma iniciativa de formação e cooperação entre a ENSP, o IHMT/UNL e o Kedge Business School, que também envolve como instituições parceiras a Fiocruz Pernambuco e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). “Esse curso tem como foco favorecer o fortalecimento da capacidade de avaliação, que, por sua vez, é o foco das agendas dos organismos de cooperação internacional, no contexto organizacional e comunitário, tendo em vista o propósito principal que é contribuir para qualificar os sistemas de saúde. Nesse sentido, o curso combina, dentro de uma abordagem pedagógica participativa, o uso de exercícios e estudos de caso com exposições dialogadas, enfatizando questões problematizadoras do campo”, detalhou a coordenadora.  
 
Marly, que é pesquisadora do Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais, do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Laser/Densp/ENSP), explicou que, com o curso, espera-se aprofundar o conhecimento sobre avaliação participativa em saúde, gestão e translação do conhecimento numa perspectiva internacional e fortalecer a parceria com as instituições para outros desdobramentos em termos de formação, pesquisa e cooperação técnica.
 
* imagem de capa: FreePik

Nenhum comentário para "Último dia de inscrições no curso internacional em saúde sobre avaliação participativa, gestão e translação do conhecimento"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.