Pics-ENSP no caminho da implementação

Publicada em
 
 
 

Promover as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde no SUS (Pics) na rotina dos trabalhadores tem sido um exercício constante na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), com a nomeação de representantes nas vices-direções de Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento Institucional e Gestão. O objetivo é disseminar as práticas no âmbito institucional, motivando e dando acesso aos trabalhadores, alunos e colaboradores às práticas nos campos da pesquisa, capacitação/formação profissional e serviço.
 
Como parte das consequências desse incentivo, representantes da Escola participaram em peso da 1° Conferência de Promoção da Saúde, organizada pela FioPromoS, apresentando diversos projetos. Dos 34 trabalhos expostos no evento, 10 foram identificados como Pics. Além disso, um grupo de profissionais da Escola organizou a roda de conversa Práticas Integrativas e Complementares em Saúde e na Fiocruz, ocasião em que foram tratadas várias abordagens que subsidiaram o documento da Rede Fio-PromoS e teve participação da Marilene Cabral do Nascimento, da Universidade Federal Fluminense (UFF).
 
Durante a atividade, uma das organizadoras da iniciativa e também coordenadora de Ensino do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGS/ENSP), Inês Reis, ressaltou que o debate objetiva "discutir a introdução das Pics no Sistema Único de Saúde e, em particular, na Fiocruz . Também é importante que as pessoas se conhecessem, no âmbito de profissionais praticantes e ofertantes", admitiu. O sucesso da roda de conversa foi tanto que o tema ganhou nova visibilidade para apresentação no segundo dia do evento — remarcado para dia 2 de julho em virtude da forte chuva no mês de abril.
 
O servidor Carlos Xavier foi um dos representantes da ENSP na conferência. Para ele, que atua em ações de gestão e divulgação das práticas na instituição - com foco no ensino em saúde pública -, a Fiocruz está a caminho da implementação das Práticas Integrativas de uma forma mais consolidada. “Precisamos de ações multidisciplinares e multiprofissionais, a partir de uma ciência moderna e aberta’’, enfatiza Xavier, que apresentou um trabalho, em parceria com as autoras Antonia Lucia dos Santos e Vilma dos Santos, sobre Terapia do Reike com a Bioeletrografia Digital, cujo objetivo foi mapear antes e depois de uma prática integrativa comprovando, por métricas, as alterações realizadas por uma das Pics.
 
A presidente da Fiocruz, Nisía Trindade, em conversa aberta realizada no evento, ressaltou a importância da discussão sobre as práticas ocorridas na conferência como um ponto de partida. Segundo ela, as discussões promovidas devem servir de base para avaliar as ações. “É um tema que deverá amadurecer no FioPromoS, e, daí, virar uma proposta para toda Fiocruz’’ diz ela.
 
Pics na ENSP
 
Com planos para promover práticas saudáveis e sustentáveis, a coordenadora de Ensino do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGS/ENSP), Inês Reis, a chefe do Serviço de Gestão da Sustentabilidade da VDDIG, Flavia Ramos, e a assistente Letícia Gomes, da VDPI, se juntaram para oferecer e institucionalizar as práticas na Escola. O objetivo é formar, segundo Inês, um tripé de Pics na Escola, principalmente na atenção primária. “As vice-direções, em conjunto, estão fortalecendo as PICs para usuários, trabalhadores e discentes da ENSP. Temos várias iniciativas para usuários e trabalhadores, mas queremos ampliar para o discente, no caso do Centro de Saúde-Escola”, disse a representante que ratificou a parceria para a ampliação das práticas no Instituto Oswaldo Cruz (IOC) e na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), salientando a importância do fortalecimento das práticas na instituição.
 
"E todo esse esforço já vem dando resultado". É o que diz a Chefe do Serviço de Gestão da Sustentabilidade, Flavia Ramos, que vê as atividades crescendo cada vez mais no cotidiano dos trabalhadores da ENSP. “Essa demanda pode ser percebida pelo número constante de 15 a 20 pessoas nas práticas diárias ofertadas de meditação e também na procura por atendimento de reiki” ressalta ela, comemorando a grande procura das práticas no Dia do Meio Ambiente, onde a Escola disponibilizou diversas ações. “A atividade contou com o Espaço PICs oferecendo meditação, reiki e oficina de mandalas.  A procura por atendimento de reiki foi maior que o previsto, com os horários esgotados."


 
Para a assistente da Vice-Presidência de Pesquisa (VDPI) Letícia Gomes, colaboradora da prática de meditação no horário do almoço, os resultados nos praticantes regulares são perceptíveis. “Temos relatos de melhora de ansiedade, de relacionamento no trabalho e em casa, regularização de sono, mudança de atitude em relação a si mesmo (escolha de melhores alimentos, redução do hábito de fumar, escolha de relacionamentos/amizades).  Isso tudo acontece porque a prática regular faz com que o indivíduo passe a se colocar como prioridade, se conhecendo e se amando mais e, consequentemente, cuidando mais de si e de seu entorno” afirma ela lembrando que essas mudanças externas são reflexos da mudança interna.
 
A colaboradora espera que, futuramente, a Escola possa ter um local para atendimento regular, com as Práticas Integrativas e Complementares auxiliando cada vez mais no cuidado de pessoas. “Que a prevenção e o autocuidado sejam prioridade na vida de cada um”.

16ª CNS

Na 16ª CNS, relatorio foi encaminhado para aprovação da Comissão Organizadora, dentre os ítens encaminhados 12 tratavam das Práticas Integrativas e Complementates em Saúde (Pics). Veja, no campo anexo, o relatório geral e o documento específico sobre as Pics.
 
II CongrePICS e IV PICSNE
 
O II Congresso Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CongrePICS) e o IV Encontro Nordestino de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICSNE) acontecerão simultaneamente em Lagarto, Sergipe, com o tema “Práticas Integrativas e Complementares em Saúde: evidências para um cuidado solidário e integral no SUS”. A Abrasco é uma das apoiadoras do evento, através do Grupo Temático Racionalidades Médicas e Práticas Integrativas Complementares (GT RM-PICS).  
 
II CongrePICS e IV PICSNE
Data: De 14 a 17 de novembro
Local: Lagarto – Sergipe
 
 

 

Nenhum comentário para "Pics-ENSP no caminho da implementação"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.