Baixa cobertura vacinal na Radis de janeiro

Publicada em
 
 
 

A edição de janeiro de 2019 da Revista Radis (nº196) alerta para a baixa cobertura vacinal alcançada para as principais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação e a possibilidade de retorno de doenças comuns no passado, como o sarampo e a poliomielite (paralisia infantil). A reportagem assinada por Luiz Felipe Stevanim menciona a expressão de preocupação do personagem Zé Gotinha nas peças publicitárias divulgadas pelo Ministério da Saúde, em outubro de 2016, e enumera, com base em documento da Abrasco, alguns fatores como o contexto de fragilidade política e econômica; a falsa sensação de segurança em relação às doenças; o crescente movimento anti-vacinas, com divulgação de informações falsas; e questões operacionais dos serviços de saúde para a baixa adesão. Confira também o novo visual e as novas funcionalidades do site da Radis.

Leia também na edição de janeiro reportagens sobre o avanço das infecções provocadas por fungos, a epidemia de sífilis e a nova gestão do Conselho Nacional de Saúde. Na entrevista, Maria de Lourdes de Sousa Maia, ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), em 1995, comente as ações de ampliação do calendário vacinal de quatro para 13 vacinas.

Nenhum comentário para "Baixa cobertura vacinal na Radis de janeiro"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.