Agroecologia em evidência na Fiocruz

Publicada em
 
 
 

Terminou no último sábado (24/11) o Encontro de Diálogos e Convergências Saúde e Agroecologia, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz em parceria com a Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), com a Associação Brasileira de Agroecologia (ABA) e com o Fórum de Comunidades Tradicionais de Angra, Paraty e Ubatuba (FCT). O encontro reuniu, no Quilombo do Campinho, em Paraty-RJ, cerca de 150 participantes, entre trabalhadores da Fiocruz, agricultores, representantes de povos e comunidades tradicionais e de organizações da sociedade civil.

O objetivo foi ampliar o intercâmbio entre as várias iniciativas da Fiocruz que trabalham na convergência entre saúde e agroecologia, bem como fortalecer a articulação da instituição com ANA e ABA e outras organizações e movimentos sociais que promovem a agroecologia nos diferentes estados onde a Fiocruz tem atuação.

"Essa é uma agenda estratégica importante para a Fiocruz, definida coletivamente pelos seus trabalhadores. A conjuntura que vivemos no Brasil e no contexto internacional é de retrocessos em conquistas sociais importantes, perdas de direitos. Este ano celebramos 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos da ONU, assim como da chamada ‘Revolução Verde’, e o que vemos é um cenário em que mais de 800 milhões de pessoas passam fome no mundo, com o Brasil voltando ao Mapa da Fome. Então a discussão da agroecologia é importantíssima hoje para pensar a questão da fome, da posse da terra, dos sistemas agroalimentares”, afirmou o vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz, Marco Menezes, durante a abertura do encontro.

Clique aqui e leia a matéria na íntegra. 

Nenhum comentário para "Agroecologia em evidência na Fiocruz"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.