Pesquisador da ENSP fala sobre o PL do Veneno

Publicada em
 
 
 

O pesquisador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), Luiz Cláudio Meirelles, participou, no dia 4 de julho, do programa Sala de Convidados, do Canal Saúde/Fiocruz. O programa tratou do Projeto de Lei 6.299/2002, que flexibiliza o controle sobre os agrotóxicos no país. Meirelles alertou para o interesse finaceiro do setor. Segundo ele, existe um pequeno grupo de grandes empresas (oligopólios) contolando esse mercado - financiando campanhas eleitorais e atuando junto a bancada ruralista - muito expressivo atualmente no congresso nacional, empurrando o Projeto de Lei para frente, apesar de toda incoerência e retrocesso que ele significa. "O PL foi discutido na Câmara sim, mas se olharmos a fundo nenhuma das emendas que citavam a saúde e meio ambiente foram incluidas, todas foram excluídas. Não houve debate. No momento em que a sociedade brasileira e todas as suas representações e setores estão dizendo que isso é inadmissível por conta do perigo que vai significar para a população", lamentou o pesquisador.

Além de Luiz Cláudio Meirelles estiveram presentes no programa e a pesquisadora da Fiocruz e vice-coordenadora do GT de Agrotóxicos da Fundação, Aline Gurgel; e a a toxicologista da Unidade Técnica de Exposição Ocupacional, Ambiental e Câncer do Instituto Nacional de Câncer (Inca), Márcia Sarpa.

Assista o programa na íntegra.

Nenhum comentário para "Pesquisador da ENSP fala sobre o PL do Veneno"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.