Abrascão 2018: pesquisador da ENSP representa o GT Saúde Mental

Publicada em
 
 
 

Paulo Amarante é um dos pioneiros do movimento brasileiro de reforma psiquiátrica. Foi representante eleito do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial na Comissão Intersetorial de Saúde Mental do Conselho Nacional de Saúde. É Mestre em Medicina Social, Doutor em Saúde Pública com Estágio de Doutorado em Trieste, na Itália, sob supervisão de Franco Rotelli. Fez estágio de Pós-doutorado em Imola, também na Itália, sob a supervisão de Ernesto Veturini.

É Doutor Honoris Causa da Universidade Popular das Madres da Plaza de Mayo. É autor e organizador de vários livros, dentre eles "Teoria e Crítica em Saúde Mental - Textos Selecinados", "Loucos pela vida", etc. Foi Presidente Nacional da Associação Brasileira de Saúde Mental - Abrasme e atualmente coordena o Grupo Temático Saúde Mental da Abrasco do qual é Vice-Presidente. É Professor e Pesquisador Titular e Coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz - ENSP/Fiocruz.

Acompanhe nas mídias da Abrasco a Série Comissão Científica do Abrascão 2018 que vai mostrar os participantes do grupo responsável pela construção de toda a programação científica do 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva e ainda pela seleção dos trabalhos submetidos ao congresso.

Não deixe de participar do Abrascão 2018. Inscreva-se aqui.
 

 

Nenhum comentário para "Abrascão 2018: pesquisador da ENSP representa o GT Saúde Mental"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.