ENSP debate a crise na saúde do município do Rio de Janeiro nesta terça-feira (10/4)

Publicada em
 
 
 

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, no dia 10 de abril, o debate A crise na saúde do município do Rio de Janeiro: onde estamos e para onde vamos? O evento dá seguimento à discussão inciada em novembro de 2017, ocasião em que o município sofria com demissões, salários atrasados, falta de insumos, medicamentos, exames complementares e a ausência de contratos de manutenção e limpeza na área de saúde. Sob a coordenação do Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, o evento contará com a participação do secretário municipal de saúde do RJ, Marco Antonio de Mattos, do representante do Tribunal de Contas do município do Rio de Janeiro, Ricardo Levorato, e do vereador da Comissão de Saúde da Câmara Municipal do Rio e professor colaborador da ENSP, Paulo Pinheiro.

O debate está marcado para as 9 horas, no auditório térreo da ENSP, é aberto aos interessados e não necessita de inscrição prévia. Dedicada há mais de seis décadas à formação profissional em saúde, pesquisa, desenvolvimento tecnológico, formulação de políticas públicas e prestação de serviços de referência em saúde, a Escola não poderia ficar imune à crise da saúde no RJ. Demissões, salários atrasados, falta de insumos, medicamentos, exames complementares e a ausência de contratos de manutenção e limpeza são alguns dos exemplos que expõem a situação vivida pelos cariocas.
 

 

Nenhum comentário para "ENSP debate a crise na saúde do município do Rio de Janeiro nesta terça-feira (10/4)"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.