Protestos, celebrações e homenagens marcaram os 50 anos do Centro de Saúde

Publicada em
 
 
 

Promover saúde, cuidar da população, na integralidade da atenção, e desenvolver ensino, pesquisa e tecnologia em saúde pública são atributos do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria há exatos 50 anos. Na semana de 28 a 31 de agosto, durante a celebração do seu quinquagésimo aniversário, usuários, moradores, trabalhadores e estudantes foram presenteados com ações de cidadania, acesso à justiça, exposições e homenagens a ex-chefes e servidores aposentados. Mesmo diante do contexto de ataque às políticas públicas, desmonte do Sistema Único de Saúde e violência no território, houve tempo para enaltecer o trabalho desenvolvido com 45 mil moradores de Manguinhos. A Coordenação de Comunicação Institucional (CCI/ENSP), por meio de seu Núcleo Audiovisual, diponibilizará, em breve, uma vídeo-reportagem sobre as atividades comemorativas aos 50 anos do Centro de Saúde.

Leia também: Centro de Saúde comemora 50 anos de ação no território de Manguinhos.


 
A mesa de encerramento foi composta do diretor da ENSP, Hermano Castro, acompanhado do vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, Marco Menezes, e da chefe do Centro de Saúde Escola, Eliane Vianna. O vice-presidente da instituição dimensionou a representatividade do CSEGSF/ENSP para a Fiocruz.
 
“O cinquentenário do Centro de Saúde é um momento marcante para a instituição. O trabalho desenvolvido pelos profissionais daqui possibilita o olho no olho, e nos faz sentir o calor humano. O melhor reconhecimento desses 50 anos de atuação é olhar para a plateia e reconhecer a população de Manguinhos aqui”, destacou Menezes.
 
O diretor da ENSP, que prestou homenagem aos 50 anos do CSEGSF entregando flores para a atual chefe Eliane Vianna, afirmou estar alegre por identificar a Escola pujante, atuando em várias frentes e sempre ao lado da população local. Hermano admitiu que possuir um Centro de Saúde integrado a uma Escola Nacional de Saúde Pública traz ganhos para todos. Após parabenizar o reconhecimento aos ex-chefes e aos servidores aposentados do CSEGSF, anunciou: “É bom envelhecer nesta Escola; é bom envelhecer no Centro de Saúde.”
 
Momento de resistência e celebração
 
“Foi uma semana de muitas emoções, ações de justiça, apresentações daquilo que fazemos, mas também de protesto e resistência contra a proposta de reformulação da PNAB, a perda de direitos e do progressivo desfinanciamento da saúde, da educação, da pesquisa e da assistência social. O Centro de Saúde é um lugar de muito aprendizado, e agradeço a todos os setores, grupos, coordenações e diferentes equipes que fazem do Centro de Saúde Escola Germano Sinval faria tudo aquilo que ele é e representa para a Fiocruz. Que a gente possa continuar com essa energia”, enalteceu Eliane.
 
Homenagens
 
A cerimônia de encerramento dos 50 anos do Centro de Saúde Escola da ENSP reservou homenagens aos ex-chefes da unidade. Foram agraciados:
 
Antônio Sérgio Almeida Fonseca
Else Bartoldy Gribel
Emilia Maria de Andrade Correia  
Fernando Leitão
Hugo Coelho Barbosa Tomassini
Luiz Augusto da Gama Malcher (in memoriam)
Marcos Besserman Vianna
Maria Cristina Botelho de Figueiredo
Maria de Fátima Lobato Tavares
Tizuco Shiraiwa
 
Aposentados pelo CSEGSF (in memoriam)
 
Carlos Alberto da Costa Silva
Luiz de Franca Almeida da Silva                             
Maria Emília Leopoldo
Nivaldo da Conceição Nascimento 

Servidores aposentados

 

Nenhum comentário para "Protestos, celebrações e homenagens marcaram os 50 anos do Centro de Saúde"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.