Saúde é importante para o país crescer

Publicada em
 
 
 

Em matéria sobre a limitação dos gastos em saúde, publicada no Portal UOL Notícias, na área Ciência e Saúde, a pesquisadora da ENSP, Isabela Santos comentou que reduzir o investimento em saúde pode agravar os problemas financeiros do país. "Sociedades que investem em saúde conseguem sair da crise melhor que as que não investem. O principal foco neste momento deveria ser ir contra a PEC porque isso vai deixar o ministério com menos recursos. Na crise, as pessoas precisam ainda mais de saúde pública. Sem emprego, as pessoas não pagam convênios. E sem saúde não trabalham para melhorar a economia", diz a pesquisadora.
 
O ex-Ministro da Saúde e também pesquisador da Escola, José Gomes Temporão, também opinou dizendo que a limitação dos gastos não vai acarretar apenas na morte do sistema, “mas de colocar a população em risco. Com o corte de recursos, o governo teria que dizer quantas pessoas vão morrer. Não estamos falando de números e sim de vidas. Sem dinheiro, o tempo para conseguir uma cirurgia, ou mesmo o tratamento para câncer vai aumentar." Temporão apontou ainda que uma saída para ter mais dinheiro para a Saúde sem aumento de impostos para toda a população seria sobretaxar produtos que causam doenças como refrigerantes e cigarros. 
 
Confira a reportagem: 
 

Nenhum comentário para "Saúde é importante para o país crescer"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.