Pesquisadoras da Escola Politécnica recebem Prêmio Victor Valla

Publicada em
 
 
 

Um trabalho sobre educação popular na Atenção Básica produzido por professoras-pesquisadoras da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) ganhou o Prêmio Victor Valla de Educação Popular em Saúde, durante o 11º Congresso Internacional da Rede Unida, realizado de 10 a 13 de abril, em Fortaleza (CE).
 
De autoria das professoras-pesquisadoras Vera Joana Bornstein, Márcia Raposo Lopes, Ingrid D’avilla Freire Pereira e Cristina Massadar Morel, o trabalho A qualificação em educação popular na transformação de práticas de Atenção Básica, apresenta a reflexão sobre a proposta e os resultados iniciais do curso de Educação Popular em Saúde, que faz parte do Programa de Qualificação em Educação Popular em Saúde, de caráter nacional, que está inserido na Política Nacional de Educação Popular em Saúde (PNEP-SUS), aprovada recentemente pelo Conselho Nacional de Saúde. Segundo as pesquisadoras, a proposta tem um caráter inovador, pois as ações de Educação Popular em Saúde existiam normalmente à margem das instituições.
 
O Prêmio Victor Valla de Educação Popular em Saúde é organizado pela Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, com o objetivo de valorizar as práticas de Educação Popular em Saúde que preservam os princípios da integralidade e humanização desenvolvidas no âmbito da gestão, participação, formação, educação e cuidado em saúde. Concorrem ao prêmio iniciativas inéditas de caráter público, sem fins lucrativos, embasadas nos princípios da Educação Popular e articuladas ao Sistema Único de Saúde (SUS) nas seguintes categorias: textos artísticos, produções audiovisuais e musicais, narrativas e relatos, e pesquisas e sistematizações.

Nenhum comentário para "Pesquisadoras da Escola Politécnica recebem Prêmio Victor Valla"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.