Curso de especialização em Saúde do Trabalhador chega ao município de São Paulo

Publicada em
 
 
 

Após atuar na qualificação de profissionais em 16 municípios do Estado de São Paulo, a Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP chegou ao principal centro financeiro, corporativo e mercantil do país. As inscrições para o curso a distância na cidade de São Paulo estão abertas até o dia 9 de maio, e o edital está disponível na página da Educação a Distância da ENSP. A iniciativa é uma parceria da Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz com a Escola Municipal de Saúde de São Paulo, da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, visando à formação de profissionais para apoiar a implementação das ações de saúde do trabalhador no SUS, com ênfase na Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast). São oferecidas 260 vagas.
 
O curso de especialização na modalidade EAD faz parte de uma iniciativa de implementação do Projeto de Educação Permanente em Saúde do Trabalhador na capital. As vagas foram propostas pela Área Técnica de Saúde do Trabalhador ao Gabinete do Secretário Municipal de Saúde de São Paulo, que as aprovou com base na Portaria GM/MS 2728, de 11 de novembro de 2011, com a participação direta das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.
 
Seu objetivo é qualificar profissionais do SUS que atuam na Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP) e no Departamento de Saúde do Servidor, da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (DESS/SEMPLA), para identificar, propor e implementar soluções para problemas concretos, considerando a relevância do papel do trabalho como um dos determinantes do processo saúde-doença.
 
A edição do curso na capital de SP terá uma novidade: a participação da Rede São Paulo Saudável, uma TV Corporativa da SMS-SP que tem como foco a educação em saúde, meio ambiente, cidadania e, também, treinamento e atualização dos profissionais da saúde. Segundo a coordenadora do curso de especialização na Fiocruz, Rita Mattos, a TV pode auxiliar a realização de diversos debates sobre os temas da especialização. “Utilizaremos essa rede para a implementação de alguns debates, oficinas de metodologia de pesquisa, além de nos possibilitar a participação de especialistas em saúde do trabalhador para dialogar com os alunos”, admitiu.
 
Sobre a realização do curso em todo o Estado de São Paulo, a coordenadora destacou a possibilidade de conhecer a realidade da região.
 
“Esse curso na capital termina a primeira fase da nossa parceria com o Estado de São Paulo. A sua implementação havia sido pensada para a região da Amazônia Legal, mas, ao conhecermos o interior de São Paulo, percebemos que também existiam áreas carentes no campo saúde, trabalho e ambiente que necessitavam de maior qualificação aqui no Sudeste. Essa formação globalizada na região nos deu a oportunidade de ‘empoderar’ o Estado de SP nas ações de saúde do trabalhador. Isso significa que as coordenações foram regionais, assim como a sua tutoria e orientação. Esse método fez com que os Centros Regionais de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) criassem um elo de ligação com os próprios municípios e o estado. Eles passaram a ter uma nova forma de integração por meio do curso e isso favorece a formação da Renast em SP. Fecharemos esse processo de formação na principal cidade do país com chave de ouro”.

Acesse o edital.

Nenhum comentário para "Curso de especialização em Saúde do Trabalhador chega ao município de São Paulo"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.