Fiocruz destaca a tuberculose como prioridade na agenda

Publicada em
 
 
 

No evento alusivo ao Dia Mundial da Tuberculose, ocorrido na manhã de quarta-feira (26/3), no Plenário Barbosa Lima Sobrinho da Assembleia Legislativa do Estado (ALERJ), foi entregue o título de Benemérito do Estado do Rio de Janeiro à pesquisadora da ENSP Margareth Dalcolmo. Na abertura da solenidade, o deputado estadual Gilberto Palmares, presidente da Frente Parlamentar Estadual de Combate a Tuberculose, sinalizou a importância do evento: “É importante chamar atenção para esta doença terrível, mas é necessário também valorizar o trabalho de profissionais que lutam para controlar a doença. Sem eles, o número de mortes poderia ser muito maior”. O ativista Alexandre Milagres também foi agraciado.
 
Estiveram presentes diversas autoridades, ativistas e associações comunitárias. A solenidade teve a presença do Presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha; do Diretor da ENSP, Hermano Castro, e do chefe do Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF), Otávio Porto. Na condição de convidado da homenageada Margareth Dalcolmo, Gadelha destacou o tema da tuberculose como um dos desafios e prioridades na agenda da Fiocruz, citando a incorporação do CRPHF e destacando a instalação da Plataforma FioTB e o apoio às ações do Observatório Tuberculose Brasil (OTB/ENSP).
 
Como convidado, Carlos Basília, Coordenador de Advocacy, Comunicação e Mobilização do Observatório Tuberculose Brasil, fez um breve relato sobre as ações alusivas ao Dia Mundial TB e a atual conjuntura política e técnica, destacando os avanços e desafios do controle da tuberculose no Brasil. Basília entregou ao Presidente da Frente Parlamentar o “Relatório da Subcomissão Especial Destinada Analisar e Diagnosticar a Situação em que se encontram as Políticas de Governo relacionadas às Doenças Determinadas pela pobreza” (Comissão de Seguridade Social e Família), do Congresso Nacional.
 
Na oportunidade, foram também homenageadas com a Moção de Aplauso e Louvor, dez lideranças comunitárias do Fórum ONGs TB RJ, que desenvolvem trabalho voluntário em Tuberculose e Aids.
 
A Dra. Margareth Dalcomo é pneumologista clínica com experiência em protocolos de pesquisa e tratamento da tuberculose. É pesquisadora e ex-chefe do Centro de Referência Professor Hélio Fraga da Escola Nacional de Saúde Pública.
 
O Dr. Jorge Alexandre Sandes Milagres, é médico do Ministério da Saúde. Chefe do Serviço de Pneumologia e ex-Chefe do Setor de Endoscopia Respiratória do Hospital Municipal Raphael de Paula Souza (HMRPS) - Rio de Janeiro; coordenador do Programa de Controle do Tabagismo e coordenador do Programa de Controle da Tuberculose do Hospital Municipal Rafael de Paula Souza.
 
Fonte Observatório Tuberculose Brasil (OTB/ENSP) 

Nenhum comentário para "Fiocruz destaca a tuberculose como prioridade na agenda"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.