Plano de Urbanização de Manguinhos é apresentado na Fiocruz

Publicada em
 
 
 

manguinhos_novo.jpgA apresentação do Plano de Urbanização de Manguinhos reuniu membros da Presidência da Fiocruz e representantes de diversas unidades da instituição na quinta-feira (29/03), na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz). O projeto foi apresentado pelo arquiteto Jorge Mario Jáuregui e busca a geração de emprego e renda dentro da comunidade, além da construção do Parque Metropolitano de Manguinhos, que, segundo o palestrante, irá integrar as comunidades separadas pela linha do trem, na Rua Leopoldo Bulhões. A ENSP, por estar próxima à comunidade por causa do trabalho realizado pelo Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP/Fiocruz), pode exercer um papel de destaque nesse projeto.

O projeto ainda está em negociação com o Governo do Estado do Rio de Janeiro e é baseado nos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), um programa do Governo Federal brasileiro que engloba um conjunto de políticas econômicas, planejadas para os próximos quatro anos, e que tem como objetivo acelerar o crescimento econômico do Brasil, prevendo investimentos totais de R$ 503 bilhões. Junto com a apresentação do plano de urbanização, Jáuregui falou sobre o projeto Favela-Bairro realizado nas favelas do Rio de Janeiro. O programa trata da integração urbanística das favelas como condição para a integração de seus moradores na sociedade, além de fortalecer e ampliar as estruturas urbanísticas e também as sociais.

A principal meta do projeto é a construção do Parque Metropolitano de Manguinhos. Ao apresentar o Plano de Urbanização, Jáuregui lembrou de outras intervenções realizadas nas favelas cariocas, que visam o desenvolvimento local e contribuem para a geração de emprego e renda dentro das próprias comunidades. Esses projetos envolvem a introdução de centros profissionalizantes, centros de geração de trabalho e renda, centros culturais, creches, escolas, instalações desportivas, centros de saúde, praças, parques e espaços públicos. Além disso, propomos novos traçados para veículos e pedestres, e projetos para o recolhimento e tratamento do lixo.

Um dos pontos apresentados pelo arquiteto revela a necessidade de integração das comunidades ao redor do campus da Fiocruz. Jáuregui afirma que a linha de trem é um empecilho para essa articulação e, como solução para o problema, propõe que a linha férrea que corta a região de Manguinhos seja erguida. Uma outra possibilidade trata da criação de um parque semelhante ao Aterro do Flamengo na área paralela à ferrovia. Levantar a linha férrea também irá solucionar os problemas de acidentes e atropelamentos na linha do trem. Além do mais, irá poupar idosos e deficientes físicos do desgaste de atravessar a passarela.

O presidente da Fiocruz, Paulo Buss, o vice-presidente de Desenvolvimento Institucional e Gestão do Trabalho da Fiocruz, Paulo Gedelha, e os demais presentes se mostraram entusiasmados com o projeto. O presidente da Fiocruz falou sobre a importância e a ajuda que a Fiocruz pode dar ao projeto e Gadelha apontou a importância de ter as três esferas de governo mobilizadas. É muito importante que as três esferas de governo trabalhem em prol da urbanização de Manguinhos. Em resposta à violência na região, abrimos as portas da Fiocruz para todos. Esse é nosso papel, afirmou o vice-presidente.

José Leonídio Madureira, coordenador de Projetos Sociais da ENSP, enfatizou que esse processo deve estar marcado pelo protagonismo da sociedade civil e propôs a criação de um conselho que monitore as ações desenvolvidas. Afirmou, também, que pela experiência com o Projeto de Desenvolvimento Local, Integrado e Sustentável (DLIS) e por estar muito próximo à comunidade, através do Centro de Saúde, a ENSP pode exercer um papel de destaque nesse processo de urbanização da região. Como esse projeto é de longo prazo, temos que pensar na formulação de um conselho, que envolve as empresas e a sociedade para monitorar e dialogar com as esferas de governo.

Nenhum comentário para "Plano de Urbanização de Manguinhos é apresentado na Fiocruz "

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.