Ensino da ENSP vence categorias do Prêmio C&T

Publicada em
 
 
 

Sete alunos da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) foram vencedores na edição 2012/2013 do Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o Sistema Único de Saúde (SUS). Iniciativa do Ministério da Saúde, a premiação teve um total de 460 trabalhos inscritos nas categorias Tese de Doutorado, Dissertação de Mestrado, Trabalho Científico Publicado e Monografia de Especialização ou Residência, restando apenas 23 finalistas. 

Na categoria Mestrado, foi premiada, em primeiro lugar, a dissertação Colegiados de gestão regional no Estado do Rio de Janeiro: atores, estratégias e negociação intergovernamental, de Renata Pestana Vianna. A aluna cursou o mestrado no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública, na área de concentração de Planejamento e Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde, tendo concluído o curso em 2012 sob orientação da professora Luciana Lima.

 
O curso de pós-graduação em Saúde Pública que Renata participou, na área de concentração Políticas, Planejamento, Gestão e Práticas em Saúde, objetiva a formação de profissionais para o exercício de atividades de docência e pesquisa em saúde, com capacidade de analisar e avaliar criticamente as políticas, sistemas, programas, serviços e tecnologias de saúde, desenvolver estratégias de intervenção e subsidiar a discussão de modelos de gestão e de atenção em saúde. A coordenação da pós de Saúde Pública fica a cargo do professor Nilson do Rosário, e a coordenadora da referida área de concentração é a professora Cristiani Vieira Machado.
 
Já na categoria Monografia,  Stefânia Santos Soares também ficou em primeiro lugar com o trabalho O papel da AB no atendimento às urgências - um olhar sobre as políticas. Ela cursou Residência Multiprofissional em Saúde da Família e a especialização em Gestão da Atenção Básica, ambas na ENSP, concluídas em 2012 e 2013. Esse trabalho também esteve sob a orientação da professora Luciana Lima. 
 
O curso de especialização em Gestão da Atenção Básica nos moldes da Residência, mais conhecido como R3, do qual a aluna participou, é voltado para egressos da Residência Saúde da Família da ENSP. O curso atua para o fortalecimento da Atenção Básica nas três instâncias de gestão do Sistema Único de Saúde – federal, estadual e municipal –, enfocando suas respectivas atribuições, papéis e responsabilidades, em respeito ao Pacto Federativo Brasileiro. A Residência em Saúde da Família é coordenada pela professora Maria Alice Pessanha, e a Residência em Gestão da Atenção Básica, pelos professores Helena Seidl, Roberta Gondim e Gustavo Matta.
 
Outros alunos do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP tiveram suas pesquisas reconhecidas e ganharam menção honrosa pelos seus trabalhos, como Claudia de Brito, hoje pesquisadora do Departamento de Planejamento em Saúde (Daps), foi contemplada pela tese de doutorado Adesão e persistência à terapia endócrina para o câncer de mama, fatores preditores e resultados relacionados, sob orientação da professora Margareth Portela.

Também foram referenciados: a dissertação Análise espacial da mortalidade de idosos 
por doenças crônicas no município do Rio de Janeiro, do aluno Davi da Silveira Barroso Alves, na categoria mestrado; a monografia Práticas de Educação Permanente implementadas nos serviços de saúde no Brasil, a luz dos preceitos políticos e conceitos de Educação Permanente em Saúde, de autoria de Fabiana Dias do Nascimento, sob orientação do professor Inácio Jardim Mota; a tese As Múltiplas facetas da interação entre pesquisa e o processo de formulação de política pública e ou intervenção em saúde pública, de Maria Aparecida Patroclo, orientada pela professora Ligia Giovanella; e Miriam Ventura, da Universidade Federal do RJ, com a tese O processo decisório judicial e a assessoria técnica: a argumentação jurídica e médico-sanitária na garantia do direito à assistência terapêutica no Sistema Único de Saúde, com orientação da professora Vera Pepe.

Os resultados do Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS, cuja cerimônia de premiação ocorreu no dia 3/12, corresponde às edições 2012 e 2013. No total, foram R$135 mil em prêmios.

 

1 comentário para "Ensino da ENSP vence categorias do Prêmio C&T"

Uma pessoa comentou esta matéria. Comente você também!

  1. ELIZABETH ARTMANN

    Parabéns a todos os alunos e orientadores com muito orgulho pelos prêmios de Incentivo à Ciência e TYecnologia para o SUSA que reptresentam o reconhecimento de nossa produção e caoacidade propositiva para o SUS! Elizabeth Artmann Pesquisadora e professora permantente do programa de Saúde Púlbica Chefe do DAPS/ENSP

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.