Saúde: encontro discute uso de tecnologias na educação

Publicada em
 
 
 

 
Centrado na temática da saúde e educação, será realizado, no Brasil, o Congresso Internacional Moodle Salud. Moodle é uma plataforma open source para gerenciamento aprendizado pela internet, muito utilizada por universidades, escolas, empresas e instituições para oferecer ensino a distância e agregar tecnologia web a seus cursos. O congresso é um evento da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), o Campus Virtual em Saúde Pública – Nodo Brasil, a Fiocruz e a Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS/MS). As inscrições de trabalho já estão abertas e podem ser feitas até o dia 28/9. O congresso ocorrerá em Recife (PE), de 13 a 15/11, paralelamente ao Fórum Global de Recursos Humanos.

O encontro é voltado para pessoas e instituições interessadas na educação alinhada ao projeto Moodle. Entre os seus principais objetivos, estão a reflexão sobre saberes e práticas pedagógicas, tecnológicas e o software livre associados à educação a distância; o compartilhamento de experiências do uso e desenvolvimento da plataforma Moodle no campo da saúde; e, ainda, a realização de uma oficina para a implementação da Rede Moodle no campo da saúde na região das Américas.

As analistas de sistema da Coordenação de Comunicação Institucional (CCI/ENSP) Ana Paula Mendonça e Rosane Mendes, assim como os profissionais da Educação a Distância da ENSP Maurício de Setta e Ana Paula Abreu Fialho Campos da Paz, compõem a comissão organizadora do evento. Na programação, estão previstas uma aula magna, a apresentação dos trabalhos inscritos e painéis temáticos sobre a relação do Moodle com a gestão acadêmica, com sua dimensão pedagógica em saúde e com a dimensão tecnológica.

Segundo a gerente de Projetos da Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação (VPEIC/Fiocruz) e coordenadora do Campus Virtual de Saúde Pública – Nodo Brasil (CVSP/Opas), Ana Furniel, o motivo de realizar o evento concomitantemente ao Fórum Global é a relação de seus temas. “O tema central do congresso é a formação de profissionais de saúde dentro de uma perspectiva da educação permanente, com uma aprendizagem em rede e tendo como modelos, já em prática, o CVSP, a UNA-SUS, a Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública, entre outros”, disse ela. Ana apontou, ainda, a importância da discussão da educação a distância nesse contexto de formação em rede e lembrou da vasta experiência da ENSP na área.
 
                                                                         
 
A vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, lembrou que os desafios para a formação de recursos humanos em saúde vêm mobilizando os países de América Latina e Caribe desde as origens da Opas, no início do século XX.  “As respostas por eles requeridas ganham, hoje, novos contornos com a possibilidade de uso compartilhado de tecnologias educacionais orientadas por projetos político-pedagógicos que visem à qualidade da formação e à busca da equidade em saúde. Essa é a proposta do CVSP/Opas e da utilização da plataforma Moodle, poderoso instrumento para que se alcancem tais objetivos”, explicou ela.
 
Nísia disse ainda que, nesse contexto, a realização do III Congresso Internacional do Moodle é uma oportunidade ímpar para os países envolvidos. “Para o Brasil, trata-se de um momento de especial importância, pois a temática dos recursos humanos em saúde está no centro da agenda política, não se restringindo apenas a uma discussão setorial. Ela é hoje pauta fundamental nas propostas de superação das iniquidades e na promoção do direito universal à saúde”, defendeu a vice-presidente. A Fundação, ressaltou ela, está integralmente comprometida com esse processo e pretende intensificar sua contribuição para o fortalecimento do CVSP/Opas. 
 
Evento recebe inscrição de trabalhos até 28/9

Os trabalhos inscritos devem ter relação com os seguintes eixos temáticos: Experiência pedagógica em Moodle; Desenvolvimento e interoperabilidade – Integração Moodle com os outros sistemas; Gestão acadêmica e Moodle; Desenho de ambientes em Moodle – Técnicas de desenho, acessibilidade e usabilidade para Moodle; Mobilidade: aplicação de Moodle para dispositivos móveis; e As redes sociais e ambientes colaborativos – Possíveis integrações de aprendizagem com partilhada.

 

Nenhum comentário para "Saúde: encontro discute uso de tecnologias na educação"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.