Editores científicos da saúde coletiva se reúnem no Ceará

Publicada em
 
 
 

A pesquisadora Maria Cecília Minayo e a integrante da Vice-Direção da Escola de Governo em Saúde, Rosa Souza, participam do Encontro de Editores Científicos da Saúde Coletiva, promovido pela Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) em parceria com o Núcleo de Estudos de Saúde Pública da Universidade de Brasília (Nesp/UnB). O evento acontece de 20 a 22 de setembro na sede da ESP-CE e reúne pesquisadores, editores científicos e membros da comunidade acadêmica brasileira.

O objetivo principal do encontro é ampliar as oportunidades para publicação de trabalhos científicos dos programas de pós-graduação do campo da saúde coletiva em todas as regiões do país, com foco nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Além disso, também visa elaborar estratégias para o fortalecimento mútuo entre os novos periódicos científicos do campo da saúde coletiva no Brasil e discutir tecnologias para divulgação científica.

 

Destaques da programação

 

A abertura do evento, marcada para as 9 horas do dia 21/9, no auditório Ciro Gomes, na sede da ESP-CE, terá a presença de várias autoridades. Entre elas, Odorico Monteiro de Andrade, da Secretaria de Gestão Estratégica Participativa do Ministério da Saúde; José Arruda Bastos, secretário de Saúde do Estado; Ivana Barreto, superintendente da ESP-CE; Maria Fátima de Sousa, coordenadora do Nesp/UnB; e Rosa Souza, pesquisadora da ENSP/Fiocruz e integrante da Vice-Direção de Escola de Governo em Saúde e da equipe técnica da Rede Nacional de Escolas de Saúde Pública, coordenada pela ENSP.

 

Oficinas e sessões dialogadas movimentarão a programação do evento. No dia 20, ocorrerá a Oficina Periódicos Eletrônicos em OJS/SEER. No dia 21, o tema Como fortalecer novos periódicos científicos no campo da saúde coletiva? será a base de um diálogo aberto, das 10 às 12 horas, com Maria Cecília de Souza Minayo, editora-chefe da revista Ciência & Saúde Coletiva. No mesmo dia, a partir das 14 horas, haverá uma sessão dialogada sobre o Estado da arte dos periódicos brasileiros no campo da saúde coletiva. Outro destaque do segundo dia do evento, com o tema Como obter financiamentos para os novos periódicos científicos?, ocorrerá às 15h45.

 

No dia 22/9, o evento será aberto às 8h30 com a sessão dialogada sobre Os caminhos da indexação dos periódicos científicos. Em seguida, às 11 horas, terá início a sessão dialogada Como profissionalizar os editores científicos. Depois do intervalo do almoço, a partir das 14 horas, está programada a plenária final. Na ocasião, o tema A construção dos ciclos de vida das revistas científicas no Brasil: desafios a superar e estratégias a serem seguidas. Quais os caminhos? conduzirá os debates.

 

Cadernos ESP

 

Ao longo dos seus 19 anos, a Escola de Saúde Pública do Ceará tem contribuído para a promoção da saúde no estado por meio de formações, capacitações, ensino e pesquisa. Em 2005, a ESP-CE inaugurou uma nova vertente do seu trabalho em saúde ao lançar a revista de divulgação científica Cadernos ESP.

 

De periodicidade semestral, a Cadernos ESP publica artigos originais e inéditos, de natureza científica, e apresenta resultados de pesquisas relevantes para a saúde pública, de interesse regional e internacional, visando à redução das desigualdades em saúde no Brasil.

 

Convidada

 

Uma das convidadas do encontro, a pesquisadora Maria Cecília Minayo é graduada em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em Ciências Sociais pela State University of New York. É mestre em Antropologia Social pela UFRJ e doutora em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz. Atualmente, é editora científica da revista Ciência & Saúde da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva e pesquisadora titular da ENSP/Fiocruz.

 

Sua experiência na área de saúde coletiva dá ênfase nos temas de violência e saúde, causas externas, violência, saúde coletiva, saúde e sociedade e avaliação. Em sua trajetória, já orientou 56 alunos de mestrado e doutorado e, até o momento, publicou 113 artigos, 37 livros sozinha ou em grupo e 96 capítulos de livros.