Livro discute uso das TICs no ensino a distância

Publicada em
 
 
 

Foi lançado recentemente o livro As Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Desenvolvimento de Profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. A obra é uma importante referência para a formação em Educação a Distância (EAD). O livro traz os avanços obtidos na prática do ensino a distância voltado ao desenvolvimento profissional de trabalhadores para o SUS. Disponível na internet, a obra conta com artigos da coordenadora geral de EAD da ENSP, Lúcia Dupret, e dos profissionais da equipe da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), Vinicius Araújo de Oliveira e Lina Sandra Barreto Brasil.

 

O artigo escrito pela coordenadora geral de Educação a Distância da ENSP, Lúcia Dupret, "Apropriação das TIC na formação de trabalhadores do SUS: a experiência da Fiocruz", aponta que a iniciativa de EAD na Escola nasceu como uma ação estratégica de formação e qualificação em saúde, dirigida  aos profissionais e instituições envolvidos na gestão de sistemas e serviços de saúde, atuando em nível de pós-graduação lato sensu. Segundo Lúcia, a EAD/ENSP vem, ao longo de sua trajetória, produzindo algumas reflexões a respeito da apropriação das TICs e da modalidade de EAD.

 

“Essas reflexões, para além da execução de cursos, fazem parte do cotidiano da EAD-ENSP/Fiocruz e pretendem contribuir para o enfrentamento de seus principais desafios: um modelo de formação centrado no sujeito da aprendizagem; expansão da EAD com qualidade pedagógica; acompanhamento e avaliação dos Programas de Formação; e ampliação do Acesso/Inclusão Digital”, explicou Lúcia Dupret.

 

O artigo "Repensando a educação permanente em Saúde na sociedade da informação: a experiência da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde", assinado pelos profissionais da equipe da UNA-SUS, Vinicius Araújo de Oliveira e Lina Sandra Barreto Brasil, afirma que o Ministério da Saúde encontrou na formação continuada em larga  escala dos trabalhadores do SUS, por meio da modalidade da Educação a Distância (EAD) em rede e do compartilhamento de recursos educacionais, a opção adequada às exigências de formação profissional imposta  pela ampliação da cobertura de atenção básica em todo o país.

 

Para isso, segundo os autores, criou o Sistema UNA-SUS em 2008, com o objetivo de oferecer educação permanente a todos os trabalhadores de saúde do país. “Esse artigo apresenta um resgate histórico da construção do Sistema UNA-SUS, retomando os motivos para sua criação, analisando o contexto da educação em saúde na sociedade da informação, discutindo sobre suas diretrizes e estratégias de implantação e articulação institucional e apresentando alguns dos resultados alcançados”, descreveram os autores.

 

O livro está disponível na internet e pode ser acessado na íntegra aqui.