Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica prorroga inscrições

Publicada em
 
 
 

Médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas de todo o país estão sendo convocados a participar do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab), que oferece 3,7 mil vagas de trabalho e prorrogou as inscrições para 12/02. O Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério da Educação e gestores municipais, oferece uma oportunidade de emprego que ainda pode ser parâmetro para a residência médica, caso seja do interesse do profissional. Os médicos que tiverem uma boa avaliação de desempenho receberão pontuação adicional de 10% na nota nos exames de residência médica que porventura vierem a prestar. Além disso, os profissionais vão reforçar os recursos humanos da atenção básica em municípios com carência.

Estão sendo oferecidas 2 mil vagas para médicos, mil para enfermeiros e 700 para cirurgiões-dentistas. O Provab é mais um dos programas do Ministério da Saúde que visa ampliar a assistência principalmente aos usuários do SUS que ainda têm dificuldades para acessar serviços e profissionais de saúde. Além disso, o programa oferece aos profissionais participantes a oportunidade de conhecer diferentes realidades e exercer a profissão onde a população mais necessita, fortalecendo a dimensão de relevância social de sua atuação., analisa o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Inscrições O processo seletivo está dividido em duas fases: a de habilitação e a de seleção. A fase de habilitação vai até o dia 12 de fevereiro, e as inscrições devem ser efetuadas via internet. Poderão se inscrever médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas que tenham concluído a graduação e tenham registro profissional no respectivo conselho de classe no início das atividades profissionais. Os candidatos deverão indicar, em ordem de preferência, as seis localidades em que desejam atuar.

Ao preencher o formulário eletrônico, o candidato deverá anexar arquivo contendo cópia do diploma de graduação ou certificado de conclusão de curso e cópia de documento de identificação com foto, conforme determina o edital que traz a descrição detalhada do processo. Candidatos que encontrarem dificuldades técnicas para realizar a inscrição podem tirar suas dúvidas pelo endereço nti.dab@saude.gov.br.

Terão preferência os candidatos que tiverem se graduado em instituição de ensino superior que for entidade supervisora do município da vaga pretendida, tiverem nascido ou atuarem no mesmo estado da vaga pretendida e sejam maiores de idade. Também será considerada a ordem de inscrição.

Saiba mais sobre o programa na página do Ministério da Saúde.