Laboratório de Internet e Saúde forma primeira turma

Publicada em
 
 
 

Isabela Martins

"Nosso objetivo é formar novos Leandros para dar voz na internet às reivindicações e problemas das comunidades de baixa renda", explicou o coordenador do Laboratório Internet, Saúde e Sociedade (Laiss), do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP), André Pereira, na cerimônia de formatura da primeira turma de Iniciação à Informática, composta de 29 moradores de Manguinhos. Em sua fala, André se referia a Leandro dos Santos, 18 anos e sem acesso à internet, que acompanhou a visita do então presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, às obras do PAC, em Manguinhos, em 2009. Utilizando um telefone celular, Leandro conversou com o presidente e o governador do Estado do Rio, Sergio Cabral, sem que eles soubessem que estavam sendo filmados. Postado no Youtube, o vídeo teve mais de 750 mil acessos.

laiss_formatura_dentro.jpgO Laiss foi criado há cerca de dois anos com o objetivo de promover a saúde por meio do acesso à informação, e, assim, contribuir com a inclusão digital. O nosso sonho sempre foi trabalhar o tema inclusão digital, uma vez que o excluído digital tem poucas chances de sucesso na vida. Hoje, a internet é o principal veículo de difusão de informação, comentou André Pereira, coordenador do Laiss.

Para a chefe do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP), Emília Correia, o momento é de celebração. Foi com grande alegria que acolhemos este projeto no Centro de Saúde, promovendo mais esta inclusão para a nossa comunidade de Manguinhos. Gostaria de agradecer ao André Pereira e à Cristina Guilam (pesquisadora da ENSP) pela confiança e pela forma como se envolveram com o projeto, ressaltou Emília.

Para Antônio Barros Silva, um dos 29 alunos formados pelo curso de Introdução à Informática, frequentar o curso foi um passo importante para a sua formação. Eu queria parabenizar a Escola pela iniciativa. Antes, eu não sabia desligar o computador. Meu filho não tinha a paciência que os professores tiveram para nos explicar. Agora, perdemos o medo e ganhamos conhecimento, destacou.

Com o apoio da Faperj, o curso ganhou duas bolsas de estágio do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), e os estudantes de informática André Ricardo e Adriano, da Escola Nacional de Saúde Pública, agora darão apoio às aulas no Laiss.

O próximo curso acontecerá em breve. Em um único dia, cerca de 180 pessoas vieram se inscrever. Vamos abrir novas inscrições em agosto para a comunidade, com divulgação por intermédio dos agentes de saúde. Pelo visto, o sucesso continua, encerrou André.

laiss_formatura_final_dentro.jpg

Nenhum comentário para "Laboratório de Internet e Saúde forma primeira turma"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.