Centro de Saúde empossa novo Conselho Gestor

Publicada em
 
 
 

Tatiane Vargas

Seguindo os preceitos de participação e controle social na garantia dos direitos no Sistema Único de Saúde, importantes instrumentos conquistados através da reforma sanitária, o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria da ENSP dará posse, nesta quinta-feira (28/4), aos 12 membros que compõem o seu Conselho Gestor Deliberativo. O conselho, que conta com gestores, profissionais e usuários, atuará junto ao Centro de Saúde trazendo para a Escola as necessidades e fragilidades da comunidade de Manguinhos, permitindo assim a realização de uma gestão mais participativa em busca de soluções para os problemas locais. A posse acontecerá na sala 410 da ENSP a partir das 13h30.

A atividade contará ainda com uma palestra da analista de Gestão em Saúde da ENSP Janete Romeiro, que apresentará o planejamento do Centro de Saúde para 2011. Ao final da solenidade, será oferecido um coffee break com os alimentos vivos da associação Terrapia.

CSEGSF_pacientes.jpgDe acordo com a chefe do Centro de Saúde Escola, Emilia Correia, instituir um Conselho Gestor é algo que faz muita diferença dentro do serviço prestado pela unidade de saúde, permitindo o atendimento das necessidades específicas das pessoas daquele território. Ainda de acordo com ela, o Centro de Saúde já possuiu um conselho gestor voltado para a terceira idade. Este conselho decidiu sobre a inclusão do perfil de um médico geriatra para o CSEGSF no concurso público da Fiocruz, indicando que esta representação mudou o caminho do serviço prestado e mostrou sua voz decisória no planejamento das atividades da unidade.

cerimonia_posse_conselho_cs_boneco_emiliPotencializaremos esforços para a resolução de problemas em Manguinhos, decidindo as ações a serem tomadas pelo Centro de Saúde por meio deste Conselho Gestor, explicou Emília. Segundo a chefe, no novo contexto de ampliação das equipes de saúde da família, através da iniciativa Teias - Escola Manguinhos, o Centro de Saúde passará a ser uma unidade de saúde de referência no território, com papel formador, promovedor, cuidador e controlador, trabalhando junto com a comunidade de Manguinhos.

Sobre a constituição do Conselho Gestor

A constituição do Conselho Gestor Deliberativo foi decidida por meio de assembleias de servidores do Centro de Saúde, com representação de forma paritária. Três membros são representantes da gestão, três representam os trabalhadores da saúde e seis são representantes dos usuários. Na representação da gestão, a chefe do Centro de Saúde Escola, Emilia Correia, integrará o conselho como membro nato. O segundo membro, indicado pela direção da ENSP, é o vice-diretor de Desenvolvimento Institucional e Gestão, Francisco Braga, e o terceiro é o docente da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Carlos Eduardo Aguilera, tutor da residência médica em Saúde da Família e Comunidade realizada no CSEGSF. Dos três componentes de trabalhadores, a assembleia decidiu por dois servidores, Celina Boga e Marcos Besserman, e um membro indicado pelo Sindicato dos Trabalhadores da Fiocruz (Asfoc), Gilberto Lessa.

Os membros do conselho que representam a comunidade foram escolhidos ao longo das diversas discussões do Fórum Social de Manguinhos. Fazem parte desse grupo jovens, negros, mulheres, portadores de doenças crônicas, idosos, além de uma organização social com relevância na comunidade de Manguinhos. Os conselheiros são Darcília Alves, Valmir dos Santos Souza, Guilherme Hadasha, André Luiz Deodoro. O segmento dos idosos será representado por Antônio Menezes, eleito pelos integrantes do Programa de Atenção à Saúde do Idoso (Pasi), trabalho que o Centro de Saúde desenvolve há dez anos. Por fim, Elisabeth Campos será a representante da organização social Espaço Casa Viva no conselho.

O Conselho Gestor Deliberativo tem dois anos de vigência e se encontrará em reuniões mensais. A chefe do Centro de Saúde apontou que as ações do Conselho Gestor serão norteadas pelas necessidades da comunidade. Somente ouvindo a comunidade e qualificando essa escuta é que trabalharemos de maneira a solucionar os problemas locais. E nada é mais qualificado que termos representantes da comunidade dentro de um conselho que, de fato, possa tomar decisões, explicou Emilia. Por fim, ela disse que será realizado um curso de capacitação para os conselheiros da comunidade com o intuito de qualificá-los nos temas relacionados às políticas de saúde brasileira e de participação social.

Nenhum comentário para "Centro de Saúde empossa novo Conselho Gestor "

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.