Corumbá terá pós-graduação em Saúde do Trabalhador

Publicada em
 
 
 

saude_trabalhador_lateral.jpgA parceria firmada entre a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), a Prefeitura de Corumbá, o Ministério da Saúde e a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, para a realização do curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, ganhou destaque no jornal Diário Online, de Corumbá. A reportagem revela que a iniciativa integra o planejamento do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Corumbá, com duração de dois anos e meio.

Leia o texto

Corumbá terá pós em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana


Uma parceria entre a Prefeitura de Corumbá, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Ministério da Saúde e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) vai permitir a formação de 20 profissionais de nível superior da área de saúde por meio do curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. A aula inaugural ocorre às 8 horas do próximo dia 24 no Campus Pantanal da UFMS.

A pós-graduação está sendo oferecida pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fiocruz, com apoio da área técnica de Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde. A iniciativa integra o planejamento do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Corumbá, com duração de dois anos e meio, totalizando 520 horas de carga, e vai atender também aos profissionais de Ladário.

A coordenadora do órgão, Beatriz Assad, explicou que os 20 participantes passaram por um processo seletivo desencadeado no ano passado e o curso será importante para oferecer capacitação para o planejamento, a organização e a avaliação das ações na área de saúde do trabalhador na perspectiva de integrar teoria e prática por meio da discussão, da reflexão e da pesquisa para o enfrentamento dos problemas de Saúde/Trabalho/Ambiente.

Beatriz lembrou ainda que a pós-graduação terá participação de profissionais como médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, veterinários, biólogos, técnicos do Cerest, além de outros trabalhadores da área de saúde que, prioritariamente, desenvolvem atividades em Saúde do Trabalhador, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) ou em outras instituições prestadoras de serviço, ensino e pesquisa.

Em Corumbá, a especialização está sendo coordenada pela técnica Ana Cecília Demarqui Machado, da Fiocruz. Conforme ela, as aulas serão na modalidade a distância, mas com momentos presenciais, incluindo palestras de profissionais renomados na área. O material didático será entregue aos alunos a partir das 14 horas do dia 21 no Cerest, localizado na Rua Ladário, anexo à Estação de Transbordo.

Nenhum comentário para "Corumbá terá pós-graduação em Saúde do Trabalhador"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.