ENSP oferece mais de 5 mil vagas em cursos na modalidade a distância

Publicada em
 
 
 

Art_ead_ticeduc_capa_esq_2010.jpgCerca de cinco mil vagas estão disponíveis nos cursos oferecidos pela Educação a Distância da ENSP/Fiocruz. Estão com inscrições abertas os cursos de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa, voltado para seis estados das regiões centro-oeste, sudeste e sul; o Curso de Qualificação de Gestores do SUS II, destinado exclusivamente para os estados de Alagoa, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Pernambuco, Sergipe, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Paraná; e o de Teoria e Prática dos Conselhos Tutelares e dos Direitos da Criança e do Adolescente, de abrangência nacional. Para os dois últimos, as inscrições encerram nesta quarta-feira, 5 de janeiro. A EAD da ENSP é uma iniciativa estratégica de formação profissional em saúde integrada a seu processo de trabalho, que visa colaborar para a construção e consolidação de um SUS cada vez mais produtor de equidade social e de qualidade de saúde.

Com um total de 1.625 vagas, o Curso Teoria e Prática dos Conselhos Tutelares e dos Direitos da Criança e do Adolescente é voltado para conselheiros tutelares e conselheiros dos direitos em atividade e profissionais que atuem na rede de atendimento à crianças e ao adolescentes. Seu objetivo é desenvolver competências conceituais, comunicativas, interpessoais e políticas para reconhecer na legislação disponível os mecanismos para zelar e garantir a promoção dos direitos da criança e do adolescente. Suas inscrições estão abertas até amanhã, 5/1.

Dentre as vagas, 70% delas estão reservadas para os conselheiros tutelares e dos direitos e 30% aos profissionais que atuam na rede de atendimento à crianças e ao adolescentes. Vale lembrar que este curso é integralmente financiado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH/Presidência da República). Confira aqui o edital.

Já o Curso Nacional de Qualificação de Gestores do SUS, está com inscrições abertas, também até o dia 5/1, para a segunda oferta de vagas para alunos dos estados de Alagoa, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Pernambuco, Sergipe, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Paraná. Ao todo são 3334 vagas, distribuídas entre: a região Sul (Paraná 416), região Nordeste (Alagoas 202, Bahia 379, Ceará 311, Maranhão 217, Paraíba 207, Pernambuco 366, Piauí 185, Rio Grande do Norte 224, e Sergipe 194), região Centro Oeste (Mato Grosso 182, e Mato Grosso do Sul 219), e região Sudeste (Espírito Santo 232).

O objetivo deste aperfeiçoamento é proporcionar o desenvolvimento de capacidades para a gestão dos diferentes níveis do SUS. Seu público alvo são profissionais de nível superior ou de nível médio, que atuem na área da saúde desempenhando funções na gestão dos serviços e sistemas de saúde, em áreas como Redes de Atenção à Saúde: Atenção Oncológica, Hemorredes, Urgência e Emergência, Laboratórios Públicos e outras; Regulação, Controle, Avaliação e Auditoria; Vigilâncias em Saúde (epidemiológica, sanitária, saúde do trabalhador e ambiental); Comunicação social, assessoria jurídica, engenharia e arquitetura hospitalar e engenharia clínica, entre outras. Confira aqui o edital com mais informações.

O outro curso que também está com inscrições abertas é o de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. As inscrições podem ser feitas atéo dia 4/2. Para este curso de aperfeiçoamento, estão disponíveis 146 vagas, distribuídas entre os estados: Goiás (18), Espírito Santo (29), Minas Gerais (36), Rio de Janeiro (41), Paraná (16) e o Rio Grande do Sul (6). Esta formação visa capacitar profissionais do setor da saúde, de nível superior, que atuam na rede do SUS em todos os níveis de gestão, porém preferencialmente na atenção básica, para a operacionalização de atividades que visam à prevenção de perdas, a manutenção e a recuperação da capacidade funcional da população idosa.

Ele também visa formar profissionais para o controle dos fatores que interferem no estado de saúde dessa população, fortalecendo assim, a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa, aprovada pela Portaria nº 2.528, de 19/10/2006. Seu foco está nos profissionais de nível superior que trabalham no SUS envolvidos ou interessados em desenvolver ações voltadas para a população idosa. Leia aqui o edital na íntegra.