Conferência sobre Conselho de Saúde Sul-Americano encerra ciclo de palestras

Publicada em
 
 
 

Epi_ciclo_capa_esq_2009.jpgO ex-presidente da Fiocruz e atual coordenador do Observatório sobre Iniquidades em Saúde do Centro de Estudos de Políticas e Informação sobre Determinantes Sociais da Saúde (CEPI-DSS/ENSP), Paulo Buss, encerra o Ciclo de Palestras sobre Saúde Pública, Epidemiologia e Produção Científica, abordando Conselho de Saúde Sul-Americano (Unasul Saúde), às 15 horas, no Salão Internacional da ENSP. O evento, aberto ao público, é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia em Saúde Pública.

Por decisão dos chefes de Estado da Unasul (União das Nações Sul-Americanas), foi criado o Conselho de Saúde Sul-Americano (Unasul Saúde), integrado pelos 12 ministros da Saúde dos países-membros, durante a cúpula extraordinária da Unasul, realizada em dezembro de 2008, na Costa do Sauípe, na Bahia. Na ocasião, os dirigentes aprovaram a Agenda Sul-Americana de Saúde, a ser implementada nos próximos três anos.

Em sua palestra, na ENSP, Paulo Buss abordará o Unasul Saúde, que tem como principais objetivos estabelecer o escudo epidemiológico sul-americano para enfrentar, em conjunto, os principais problemas de saúde do continente, incluindo os processos endêmicos e epidêmicos. De acordo com as definições do Unasul Saúde, por escudo epidemiológico entende-se o conjunto de serviços públicos de vigilância epidemiológica, dotados de ferramentas e instrumentos técnico-científicos e gerenciais capazes de detectar precocemente surtos de doenças infecciosas, como a gripe suína, dengue e outras, mobilizando os recursos nacionais e subcontinentais de diversas fontes e naturezas para enfrentá-los adequadamente. Outra função do escudo também será a de se debruçar sobre situações dependentes de ações nacionais e regionais, como as doenças crônicas não transmissíveis, dentre elas câncer e problemas cardiovasculares, as que acometem mulheres e crianças, as decorrentes de violência e outras causas externas.

Além disso, o Unasul Saúde deverá desenvolver sistemas universais de saúde, alcançando toda população; dar acesso universal a medicamentos, entre outros insumos para a saúde, e desenvolver o complexo produtivo da saúde na América do Sul; promover a saúde e enfrentar, de forma conjunta, seus determinantes sociais; e desenvolver recursos humanos em saúde.

Ciclo de Palestras sobre Saúde Pública, Epidemiologia e Produção Científica

Durante toda a semana, a ENSP recebeu alunos do curso de mestrado de Epidemiologia em Saúde Pública, do convênio entre a Escola e a Administración Nacional de Laboratorios e Institutos de Salud (Anlis), da Argentina. O Seminário, que teve como foco todos os alunos dos cursos de pós-graduação da ENSP, foi especialmente voltado para os mestrandos estrangeiros. O objetivo desse encontro foi ambientar estes alunos nos projetos desenvolvidos na ENSP, e também propiciar maior aproximação com seus orientadores.

O Ciclo de Palestras teve início em 19 de outubro. Além de Paulo Buss, foram realizadas as palestras Aspectos históricos e filosóficos do conhecimento e práticas em Saúde Pública, apresentada pela pesquisadora do Demqs/ENSP, Elvira Maciel; Estrutura e preparação de um grande estudo multicêntrico longitudinal - o caso do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (Elsa), ministrada pela pesquisadora do Demqs/ENSP, Dora Chor, dia 20/10; a palestra Modelagem estatística em epidemiologia, feita pela também pesquisadora do Demqs/ENSP, Marilia Sá Carvalho, em 21/10. Para hoje, 22/10, está agendada a apresentação Produção Científica com o pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP), Carlos Coimbra Jr., no Auditório Térreo da ENSP.

Nenhum comentário para "Conferência sobre Conselho de Saúde Sul-Americano encerra ciclo de palestras"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.