ENSP contemplada nos principais editais de produção científica para o Rio de Janeiro

Publicada em
 
 
 

PJC_CNE_dentro_esq_2009.jpgRepetindo os anos anteriores, a ENSP volta a ter pesquisadores indicados pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) como cientistas de ponta do estado. A Fundação divulgou a lista que destaca os pesquisadores contemplados nos programas Cientista e Jovem Cientista do Nosso Estado. Adauto Araújo (Densp/ENSP), Dora Chor (Demqs/ENSP), Cristiani Vieira Machado (Daps/ENSP), Luciana Dias de Lima (Daps/ENSP) e Monica Siqueira Malta (DCS/ENSP) foram os citados pela Faperj.

O edital Cientista do Nosso Estado (132 bolsas) foi lançado com o Jovem Cientista do Nosso Estado (120 bolsas) no dia 18 de junho, destinando R$ 18 milhões para pesquisadores fluminenses com produção científica de alta qualidade e nível de doutorado. Dos 252 contemplados, 23 são da Fundação Oswaldo Cruz. Segundo a vice-diretora de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da ENSP, o resultado representa um título para a Escola. "É o reconhecimento do nosso capital humano, do valor do nosso corpo de pesquisadores", disse.

Em 2007, a Escola teve dez pesquisadores contemplados - Adauto Araújo (Densp/ENSP), Cláudio Jose Struchiner (Densp/ENSP), Dora Chor (Demqs/ENSP), Francisco José Roma Paumgartten (DCB/ENSP), Maria Cecília de Souza Minayo (Claves/ENSP), Maria do Carmo Leal (Demqs/ENSP), Marília Sá Carvalho (Demqs/ENSP), Sergio Koifman (Demqs/ENSP), Simone Gonçalves de Assis (Claves/ENSP), Mônica Martins (Daps/ENSP) e Rosalina Jorge Koifman (Demqs/ENSP).

Já em 2008, dos 22 premiados da Fiocruz, oito estão ligados à ENSP: Carlos Coimbra Junior (Densp), Josino Costa Moreira (Cesteh), Maria Alicia Ugá (Daps), Marilia Sá Carvalho (Demqs), Ricardo Ventura dos Santos (Densp), Simone Gonçalves de Assis (Claves), além de Claudio Struchiner (Densp, atualmente no Procc/Fiocruz) e Francisco Inácio Bastos, coordenador do programa de Pós-Graduação em Epidemiologia em Saúde Pública da Escola.

Os resultados obtidos nos últimos três anos nos editais Faperj refletem a importância da pesquisa realizada na Escola, resultado do investimento da atual gestão junto à Vice-Direção de Pesquisa. Embora os prêmios sejam individuais, os pesquisadores contemplados entendem que a escolha representa o reconhecimento de toda a equipe envolvida e da capacidade técnica em desenvolver seus projetos.

Cientistas do Nosso Estado
Adauto José Gonçalves de Araujo
Origem e evolução das doenças parasitárias - infecções parasitárias no Velho Mundo e sua influência na América colonial

Dóra Chor
Obesidade e diabetes tipo 2: diferentes aspectos investigados em estudos de coorte de funcionários públicos: estudo longitudinal da saúde do adulto (ELSA) e estudo pró-saúde

Jovens Cientistas do Nosso Estado
Cristiani Vieira Machado
A política nacional de saúde e o contexto estadual: uma análise da implementação de políticas federais prioritárias no estado do Rio de Janeiro

Luciana Dias de Lima
Avaliação do processo de regionalização do Sistema Único de Saúde no estado do Rio de Janeiro

Monica Siqueira Malta
HIV/AIDS em um contexto de acesso gratuito e universal à terapia antirretroviral de alta potência: prevenção & tratamento

Nenhum comentário para "ENSP contemplada nos principais editais de produção científica para o Rio de Janeiro"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.