Cursos de Pós-Graduação da ENSP formaram 50% mais alunos em 2009

Publicada em
 
 
 

55anos_formatura_pos_alunos_capa.jpgCento e oitenta e seis novos doutores e mestres se formaram nos cursos de Pós-Graduação Stricto sensu da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca em 2009. Com um significativo aumento de mais de 50% comparado ao ano anterior, a ENSP fortalece, a cada ano, sua missão qualificando profissionais para atuar nas diversas esferas do sistema de saúde do país. A solenidade de formatura, realizada na sexta-feira (25/09), seguida de um coquetel na Tenda da Saúde, encerrou as atividades da semana de comemoração dos 55 anos a ENSP.

No discurso de abertura, o diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, falou do orgulho da Escola em enriquecer cada vez mais a capacidade do país no campo da saúde pública. Hoje, a ENSP também é fruto do que foi produzido durante os 40 anos da Pós-Graduação. Formamos alunos engajados e capacitados, que passam um período produtivo se beneficiando do conhecimento científico, do convívio e da oportunidade do debate com profissionais da Escola. Por outro lado, nos renovamos, fortalecemos e aprendemos a cada dia com as contribuições dos nossos alunos. Com isso, nos sentimos permanentemente vivos e desafiados a continuar e melhorar cada vez mais, afirmou.

Os 186 formandos de 2009 estão divididos em oito cursos stricto sensu da ENSP: 42 alunos do doutorado em Saúde Pública; 79 do mestrado em Saúde pública; seis do mestrado profissional em Política e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde; nove do mestrado profissional em Vigilância em Saúde e Avaliação de Programas de Controle de Processos Endêmicos; 27 do mestrado profissional em Saúde Pública Vigilância em Saúde; seis do mestrado profissional em Gestão de Tecnologias em Saúde; um do doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente; e 16 do mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente.

55anos_formatura_pos_mesa.jpgAlém de Antônio Ivo, a mesa da cerimônia de formatura foi composta com os vice-diretores de Pós-Graduação, Maria Helena Mendonça; de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico, Margareth Portela; e de Escola de Governo, Marcelo Rasga Moreira; com a coordenadora de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP, Maria Cristina Guilam; pelo coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, Sergio Koifman; e pelo coordenador do Programa de Epidemiologia em Saúde Pública, Francisco Inácio Bastos.

Cristina Guilam, coordenadora de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP, lembrou da milésima dissertação de mestrado do Programa de Saúde Pública apresentada em julho de 2009, cuja autora também estava entre os formando. Temos orgulho em formar alunos com o espírito voltado para a ética e o engajamento. Esses números expressivos mostram o momento de maturidade do nosso programa, comentou.

Sergio Koifman, por sua vez, destacou que, em um curto período de tempo, o Programa de Saúde Pública e Meio Ambiente - aprovado pela Capes em 2005 e iniciado em 2006 acaba de formar seu primeiro aluno de doutorado e já está entre os cinco programas de maior produção científica na área. Em nome de todos os coordenadores da Pós-Graduação da Escola, Koifman fez uma homenagem especial à pesquisadora Célia Leitão, do Departamento de Ciências Sociais (DCS/ENSP), por sua constante participação e contribuição nesse processo.

55anos_formatura_alunos_certificado.jpgA oradora das turmas, Isabele Campos Costa, aluna do Mestrado Acadêmico em Saúde Pública, expôs um grande panorama histórico sobre a saúde brasileira e ressaltou que ainda há muito a ser feito para melhorar a saúde no país. Em seguida, os alunos fizeram uma homenagem ao pesquisador da Escola e patrono das turmas, Miguel Murat Vasconcellos, que faleceu recentemente. Maria Helena Mendonça, agradeceu a confiança por ter sido escolhida como madrinha das turmas e acrescentou que os cursos da Escola são resultados da necessidade de qualificar cada vez mais profissionais para atender às demandas do Sistema Único de Saúde. No encerramento da cerimônia, os formandos entregaram placas aos professores homenageados e logo depois receberam os seus certificados de conclusão.

Coquetel na Tenda da Saúde encerra aniversário da Escola

A comemoração da semana de aniversário dos 55 anos da ENSP terminou na sexta-feira (25/09) com um coquetel na Tenda da Saúde logo após a cerimônia de formatura. Profissionais, alunos e convidados participaram da festa ao som do grupo DNA do samba, composto de parentes de nomes importantes do samba, como Noca da Portela e Dona Ivone Lara. No repertório, músicas de artistas consagrados como Martinho da Vila e Zeca Pagodinho.

Festa_55anos_centro_2009.jpgPara o aluno de doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente Marco Aurélio Pereira Horta, a festa cumpriu seu objetivo em promover uma confraternização. "Achei muito interessante como as questões da fome e da miséria foram abordadas durante a semana. A organização foi excelente, todos os eventos começaram na hora e, pela quantidade de pessoas que compareceram à cerimônia, podemos deduzir que a semana de aniversário foi um sucesso".

Atividades como dança sênior, shows musicais, apresentações teatrais e recitais de poesia foram realizadas ao longo da semana. A consultora em dependência química Maria Antônia Silva Costa, do Centro de Saúde Escola, falou da alegria que contagia a Escola na época de seu aniversário. "Todos os dias, no Centro de Saúde Escola, nós lidamos com diversos problemas, como miséria, fome, falta de oportunidade no mercado de trabalho, problemas sociais etc. É ótimo ter um evento tão alegre e que pode proporcionar felicidade aos usuários do Centro de Saúde Escola que passam por aqui", explicou.

Confira as imagens da formatura e da festa na galeria de fotos.

Nenhum comentário para "Cursos de Pós-Graduação da ENSP formaram 50% mais alunos em 2009"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.